Gin: o queridinho do momento em festas e bares

Por  |  0 Comentários


É unanimidade: o Gin é o queridinho do momento! Além de ser uma bebida muito versátil e que permite inúmeras combinações, é bem refrescante e possui um baixo valor calórico.

Além de ser uma bebida muito versátil e que permite inúmeras combinações, é bem refrescante e possui um baixo valor calórico.

Para falar com propriedade sobre esse assunto, batemos um papo com alguns dos nossos especialistas preferidos quando o assunto é bons drinks: , Jigger e New Open Bar.

Começando pelo básico, o Gabriel Resende, gerente da New Open Bar, explica o motivo do Gin ter se tornado a bebida do momento. “É uma bebida refrescante, aromática e para todos os momentos. Os drinks à base de Gin podem ser elaborados com ingredientes simples como frutas secas e especiarias ou com insumos mais exclusivos com essências e espumas moleculares. Essa versatilidade conquistou seu espaço nos eventos e bares, tornando-se hoje uma das bebidas mais pedidas.”, explica.

Mas o Vando Cardoso, mixologista da Jigger, consultoria em serviços de coquetelaria de luxo, vai mais além, ele diz que o Gin sempre esteve presente na coquetelaria clássica. “ O Gin sempre esteve presente na coquetelaria clássica como no famoso Dry Martini e no Negroni (…) Essa ascensão do Gjn Tônica começou na Espanha, quando eles decidiram servi-lo na taça de vinho Borgonha. A ideia inicial era deixar o drink mais atraente, o que de fato conseguiram. Além de mais bonito, o G&T sofreu alterações na receita que foram cruciais para o seu sucesso”, explica.

Em meio a tantas opções, fica difícil saber qual comprar, quais combinações fazer… e para dificultar ainda mais, existem variações do Gin e o Marco Lobão, do Alquimia Bartender explicaram que são 5 os principais:

Clássico: seco e com sabor predominante do zimbro. Apresenta toques cítricos e picantes.

Cítrico: tem notas de laranja, tangerina, limão ou grapefruit.

Aromático: a presença de especiarias é bem forte. Pode ter notas de canela, coentro, cardamomo e noz-moscada.

Herbal: o forte dessa receita é o sabor de ervas como o tomilho, hortelã, alecrim e manjericão.

Floral: desenvolvido com aromas de flores e frutos como a Flor de Uva Verde, o Cassis, a Violeta e o Jasmin.


Leia mais

+ Os drinks originais de maior sucesso nos casamentos

bg-divisoria

+ Os mais badalados estilistas de Brasília

bg-divisoria

+ O que escrever no convite de casamento?

 


Quando falamos sobre a origem e produção dessa bebida, o mixologista Vando nos contou a história de alguns tipos clássicos.O Genever, por exemplo, foi criado pelos holandeses e é o pioneiro. Ele que deu origem a todos os outros tipos de Gin que já existem.

Já o London Dry Gin é o estilo mais conhecido e apreciado no mundo. Essa categoria foi a responsável por trazer a qualidade e personalidade ao mundo do Gin. “Ao contrário do que muitos imaginam, os Gins do estilo London Dry não precisam necessariamente ser fabricados em Londres. Esse título se refere ao estilo de produção. Para ser um London Dry autêntico,  o Gin precisa ser feito com destilado de álcool neutro, todos os botânicos de sua composição têm que ser naturais e o zimbro precisa estar em maior quantidade na receita”, explica.

Ele ainda complementa que o Distilled Gin é o estilo conhecido por sua complexidade de aromas e sabores, na maioria das vezes são classificados como Gins Super Premium. “Eles são sempre feitos a partir de um London Dry, porém em seu processo final recebem uma destilação extra com novos botânicos e muitas vezes frutas frescas, o que os tornam Gins únicos e inconfundíveis”, termina o mixologista.

E para finalizar os estilos de Gin, New Wave ou Collor Gin: a nova sensação do momento. “Ele possui cores mais vivas e é muito parecido com o Distilled Gin, porém em sua última destilação, recebe infusões de algum ingrediente que lhes confere uma cor característica, além de claro aroma e sabor único”, complementa Vando.

Sem dúvidas o Gin Tônica é a bebida clássica de todas as festas. Mas cada coquetelaria tem a sua especialidade, não é mesmo? E agora vamos conhecer os drinks preferidos de cada uma delas.


O Frida, uma versão do clássico Negroni. Um drink refrescante com notas cítricas e levemente amargas com uma boa presença aromática.

Frida

Drink Frida – Foto: Equipe

Jigger
A Jigger criou um coquetel com Gin, que com certeza não pode faltar em sua festa: o Noite de Núpcias.
É um coquetel que tem como base o tradicional Gin com um frutado intenso de frutas vermelhas, geléia de Malbec, limão siciliano, redução de cranberry e espuma de capim limão. Ele é servido em uma elegante taça coupe e finalizado com um spray de ervas aromáticas.

Jigger por www.fgoncalvesfotografia.com

Jigger por www.fgoncalvesfotografia.com

New Open Bar
Com uma carta repleta de receitas autorais, o drink mais pedido por aqui é feito à base de Gin, amora, água de coco e especiarias.

Foto: Equipe New Open Bar

Foto: Equipe New Open Bar

Agora que você já conhece os tipos e algumas receitas com Gin, que tal começar a criar alguns drinks aí na sua casa?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr