Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Lucerna: romance, cultura e esporte na Suíça central

Por  |  0 Comentários


Já imaginou passar a lua de mel na Suíça? Confira um roteiro completo de Lucerna, uma cidade de paisagem singular e (muitos!) atrativos

Para os casais em busca de um destino versátil e romântico, a Suíça é uma excelente opção. Cidades históricas que oferecem turismo esportivo e excelente mobilidade, além de alta gastronomia e cultura, têm sido cada vez mais procuradas pelos pombinhos que desejam ter uma lua de mel inesquecível.

Um dos maiores exemplos disso é Lucerna, oitava maior cidade do país. Localizada na parte central, ela possui com cerca de 80 mil habitantes e uma paisagem singular. Rodeada por lagos e montanhas, a arquitetura local permeia entre o contemporâneo e construções datadas de 1178.

Dona de uma vida noturna efervescente e luxuosos restaurantes e lojas, a cidade é cercada de história e tradições, funcionando como a porta de entrada para a região do Lago Lucerna.

Com temperatura amena no verão (em torno de 24ºC) e bem fria no inverno (quando os termômetros chegam a -2ºC), a região tem clima continental alpino, com média anual de 9,6°C.


Dona de uma atmosfera viva nas quatro estações, Lucerna pode ser visitada em qualquer época do ano. As atrações parecem não ter fim!


Anote na agenda:

  • Festivais de música: eles movimentam a cidade o ano inteiro. Destacamos o Festival de Blues, que em 2017 acontece entre os dias 11 a 19 de novembro
  • Mercados natalinos: em dezembro, a Lucerna se ilumina. Abrigando barracas decoradas, comerciantes oferecem artesanato local e produtos que são especialidade regional (como vinho quente, queijos, pães e chocolates), enquanto sons festivos de corais e bandas embalam os visitantes
  • Reveillon: no dia 1º de janeiro há a inesquecível queima de fogos às margens do Lago Lucerna. Vale a pena conhecer!
  • Carnaval: é considerada a “5ª estação do ano” em Lucerna. A festa acontece em fevereiro e, durante seis dias, figuras pitorescas desfilam pelas ruas da cidade trajando máscaras e fantasias

Lua de mel na Suíça: Chapel Bridge - Foto Divulgação

UMA VIAGEM NO TEMPO

Conhecer Lucerna é fazer uma viagem à idade média, quando o dia a dia da cidade era controlado por sinos e artesãos que trabalhavam nas ruas. É também relaxar na antiga vila de pescadores, enriquecer-se culturalmente com atrações conhecidas por todo o mundo e entender o que há por trás das fachadas que fascinam por suas história de magia e tradição.

Escolher a cidade como destino da lua de mel também significa ir às compras em suas diversas lojas e boutiques com produtos exclusivos. Um exemplo é a Bucherer, com seus famosos relógios Suíços, além de marcas mundialmente famosas que podem ser adquiridas sem grandes taxas tributárias.


Mais do que tudo, conhecer Lucerna é descobrir que, a cada ida, existe sempre uma nova razão pra voltar. Quem sabe para comemorar as bodas, alguns anos mais tarde?


MAS AFINAL, COMO CHEGAR A LUCERNA?

O acesso ideal é de trem (que sai a cada meia hora de Zurique e Berna), avião (a uma hora do aeroporto de Zurique ou Basileia) ou carro (rodovia A2 / A4).

PASSEIOS TURÍSTICOS IMPERDÍVEIS

Acolhedora e hospitaleira, Lucerna é palco de inúmeros festivais de música, arte e cultura, que envolvem todos os ritmos e tribos. O setor hoteleiro, composto por mais de 50 hotéis, comporta os visitantes de forma luxuosa, aconchegante e confortável durante os períodos festivos, seja no verão ou no inverno.

A cidade abriga diversos atrativos, como o monumento do Leão, um dos mais famosos do mundo, em memória aos soldados mortos durante a Revolução Francesa, ou o Museu Suíço do Transporte, que possui um vasto acervo com mais de 3 mil objetos e aborda a mobilidade dos transportes por ar, terra e água.

Lucerna também conta com um cinema com a maior tela do país, um planetário e outras dez galerias espalhadas por suas pequenas e aconchegantes ruas.

Sem dúvidas, uma parada obrigatória é o Museu Rosengart, onde estão reunidas obras de Pablo Picasso – amigo pessoal de Angela Rosengart, fundadora do museu – e Paul Klee. Lá ainda estão presentes telas de artistas impressionistas como Monet e modernos, como Kandinsky.

Lua de mel na Suíça: Jesuit Church - Foto Divulgação

Você também não pode deixar de conhecer:

  • Ponte da Capela: construída na primeira metade do século XIV
  • Torre D’Água: construção octogonal com mais 34m, foi construída em 1.300, compondo a fortificação da cidade
  • Igreja Jesuíta: construção datada de 1666, foi a primeira obra barroca sagrada da Suíça
  • Muralha Musegg: ela e suas torres fazem parte do círculo de fortificação estabelecido após 1386 na cidade
  • Museu de Arte de Lucerna: abriga exposições temporárias nacionais e internacionais e é um dos mais renomados de todo o país

DICAS PARA CASAIS RADICAIS

E para os recém-casados que desejam esquiar ou apenas ver neve, o Monte Titlis – com neve o ano todo – fica a apenas 40 minutos de trem ou de carro de Lucerna. A montanha se localiza no vilarejo de Engelberg.

A 3020 m de altitude, esqui e snowboard em mais de 80km de pistas de todos os níveis, motos de neve, snow park com atividades para todas as idades, tobogã e até um Iglu Village (opção de acomodação no meio da neve) são apenas algumas das atrações da montanha.

E aí, gostou da ideia de passar a lua de mel na Suíça? Confira em nosso site outros destinos imperdíveis!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr