Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Destination Wedding na Toscana: Fernando & Letizia

Por  |  0 Comentários


Do outro lado do mundo, o cerimonialista mineiro Paulo Rossi mostrou porque é tão bem conceituado no mercado de casamento. Com seus mais de 30 anos atuando no ramo, o cerimonialista realizou um casamento na Toscana, e provou que, independente da diferença de costumes e tradições, é possível realizar o casamento dos sonhos em qualquer país.

O casal Fernando e Letizia queria um casamento real e emocionante. Por isso, escolheram nada mais, nada menos do que o lugar onde se encontra o pôr-do-sol mais procurado pelos noivos: a Toscana! E para ter a garantia de que tudo seria perfeito e impecável, convidou o cerimonialista Paulo Rossi para ficar à frente de tudo! Ele contou todos os detalhes de como foi e nós estamos encantados!

Segundo o profissional, o mercado de casamentos vem crescendo de forma notável na Europa (e em muitos outros lugares) e, se tudo for organizado e pensado com tempo e carinho, o resultado sempre ficará incrível.

PASSO A PASSO:

Um casamento na Sicilia vai ter um costume diferente de um casamento da Toscana ou do Veneto, em Veneza os noivos muitas vezes entram juntos na igreja onde vai se realizar a cerimonia do casamento.

Por ser na Toscana, Paulo Rossi contou que foi necessário estudar bastante o local e os costumes antes de colocar a mão na massa. “Fiz uma pesquisa extensa, que me deu a bagagem necessária. Trabalhamos com a cerâmica rústica – muito comum em toda a Toscana – feita  de um barro, que adquire o tom de vermelho, depois que vai ao forno e suas aplicações de arabescos, flores e volutas, tudo feito no barro. Usamos o linho cru nas toalhas, guardanapos e caminhos de mesa. As flores da estação como peônias, lavandas, delfinos e muitas folhas e ervas aromáticas, complementaram a rusticidade desejada.”, explicou o profissional.

COSTUMES E TRADIÇÕES:

Para Paulo, um dos momentos mais encantadores e charmosos de um casamento italiano é a hora do famoso Auguri: no jantar, com todos os convidados sentados à mesa, os famosos discursos tomam conta do casório. Os votos de saúde, sucesso e vida longa ao casal são sempre lindos e não tem quem não se emocione!

Para este casamento em especial, junto com os noivos, o profissional contratou uma soprano e um tenor para cantarem árias de óperas durante o jantar, algumas em duetos e outras em solos, tudo à capela.

“É muito enriquecedor conhecer costumes e hábitos diferentes dos nossos, além de lidar com fornecedores  em outro idioma. Na Europa, os casamentos na maioria das vezes são mais simples, com menos convidados e sem tanta suntuosidade como no Brasil – a não ser os casamentos da realeza e dos milionários do mundo inteiro, que fazem dos países europeus o palco para suas cerimônias e festas.”

MANGIA CHE TE FA BENNE

Em relação a gastronomia, cada região da Itália tem sua própria tradição gastronômica e elas costumam ser respeitadas. Nos casamentos italianos, as opções vão desde o tradicional doce de massa folhada – recheado com creme e frutas frescas da estação – até as frutas glaçadas em açúcar ou chocolate, amêndoas e biscoitos.

Mesmo os costumes sendo bem diferentes dos casamentos brasileiros, o cerimonialista diz que não mudaria nada. Para ele, ao realizar um casamento em qualquer país é necessário – e faz parte do protocolo – seguir todos os preceitos e tradições de cada região. É possível fazer adaptações, que inclusive, muitas vezes são necessárias em função da logística, mas sem alterar os ritos e as tradições.

DICA DO CERIMONIALISTA:

“Deve se sempre fugir da chuva, da neve e do frio demasiado. Na Itália recomendo os  meses de abril, maio, parte de junho, setembro, outubro e parte de novembro, obvio que  isto vai depender muito da região escolhida. Na Europa, quanto mais ao norte mais frio pode ser encontrado”.

Um outro detalhe que Paulo Rossi faz questão de ressaltar, caso você também sonhe com um casamento fora do seu país, é a importância de contratar profissionais que possam se comunicar na língua do país escolhido ou pelo menos ser fluente em inglês. Nem sempre os gestos e expressões são suficientes para a comunicação correta, e os entendimento necessários na preparação de um evento.

DRINQUE ITALIANO DA VEZ:

Na Itália, um dos drinques mais queridinhos é o “Bellini”, que é uma mistura de prosecco com suco de pêssego, ou o já super famoso no Brasil, Aperol Spritz.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Letícia é jornalista, tradutora e leonina. Escrever é o que ela gosta de fazer! Passou anos morando nos Estados Unidos, onde estudou e trabalhou em alguns jornais e revistas. Voltou para o Brasil, pois não conseguia viver longe da família e dos amigos. Ela ama tudo relacionado à moda, gastronomia, cinema, decoração, viagens e festas de casamento, mas a sua grande paixão mesmo é uma Border Collie chamada Sophie.