Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Histórias inesquecíveis contadas por vocês nesse dia dos namorados!

Por  |  0 Comentários


Confira agora as quatro histórias selecionadas pela nossa equipe para homenagear os apaixonados de plantão neste dia tão especial!

Vocês contaram e nós ouvimos e guardamos cada palavra. Que tal conferir o resultado desse lindo projeto que reúne quatro casais com histórias totalmente diferentes, e que ao mesmo tempo têm o que há de mais especial em comum? Isso mesmo, o amor está no ar… E que ele assim, permaneça, não só no dia dos namorados como no resto do ano! Feliz dia!

Ana Paula e Mauro

Theo Barros FotógrafoNo dia 25 de maio de 2017, eu, Ana Paula, estava indo encontrar um amigo à noite quando sofri um grave acidente de carro no meio do caminho. O carro capotou e deu perda total, mas com a graça de Deus eu saí apenas com um arranhão na perna! Assim que o carro parou surgiu um motoqueiro, que me ajudou e me tirou de dentro do carro. Eu poderia ter morrido! Não só renasci, como encontrei o homem que seria o amor da minha vida e meu marido! Desde o minuto que nossos olhos se cruzaram ainda dentro daquele carro ele não saiu da minha cabeça. Meu amigo e irmão chegaram ao local e ele, Mauro, ficou lá o tempo todo. Como havia cismado com ele dei meu número de celular e conversamos algumas vezes até descobrir que morávamos no mesmo bairro quase a vida toda, praticamente na mesma rua, e nunca havíamos nos encontrado. Brincamos que eu tive quase que morrer para ele me encontrar! Nosso primeiro encontro se deu em setembro, e desde então não nos desgrudamos mais e nos casamos no dia 25 de maio deste ano em uma cerimônia intimista e linda na Chapada dos Veadeiros em Goiás!

Marcia e Luiz Antônio

Flaviu's FotografiaAnos 70. Numa rua tranquila da Tijuca, zona norte do Rio, um grupo de adolescentes conversa na calçada. Vivia-se em um tempo diferente: nada de cerveja, baladas, energéticos… O fim de semana era gasto em pique-bandeira, queimada, vôlei na rua, conversas animadas sobre as estrelas nos intervalos da brincadeira de “pera, uva, maçã”. Em um sábado de verão, a ideia de ouvir música (na vitrola) na casa de alguém. Logo um dos rapazes oferece sua casa para receber o grupo e é ovacionado com gritinhos animados.

Ele chega baixinho e pergunta para uma das meninas qual a sua música preferida. Ela responde: “If you leave me now” (do grupo Chicago, um hit do momento). Ele corre na frente e consegue um compact disc emprestado com uma vizinha. Assim que a turma se ajeitou pelo chão da sala escolhendo os discos que tocariam, o rapaz chamou a moça para dançar ao som de sua música preferida. Seus dedos brincaram atrevidos nos cabelos louros e longos dela, numa atitude de muita intimidade para a época. Não houve pedido de namoro, nunca. Foi como se sempre estivessem destinados um ao outro, naturalmente. Mas 4 anos depois, num jantar surpresa, o pedido, enfim, aconteceu. Mas já seria um pedido de casamento, que culminou com um emocionado sim na Igreja de N. Sra. da Candelária, para toda a vida. Eles só tinham 17 e 16 anos e estão honrando o compromisso há 41! E assim será para todo o sempre.

Mariana e Filipe

Foto Bill Rice Eu e o Filipe nos conhecemos em 2010 quando estudávamos inglês em uma escola na cidade de San Diego, na Califórnia. Ele paulista, na época com 24 anos, e eu carioca com 21. Depois de muitas piadas e brincadeiras de gírias das cidades, decidimos sair para uma festa em uma boate e de lá não nos desgrudamos mais. Rolou o primeiro beijo e de cara a sintonia foi extrema! A partir daí, resolvemos faltar algumas aulas e viajar pelos Estados Unidos. Passados alguns meses, com o fim do curso, cada um teve que voltar para a sua cidade de origem. Achamos que seria o fim. Mas o amor foi mais forte e durante 7 anos a ponte área foi nossa melhor amiga para que o relacionamento desse certo! E deu! Me formei em direito e Filipe se formou em engenharia. No réveillon de 2016 para 2017, na hora virada, Filipe me pediu em casamento. Alguns tempos depois decidimos que era a hora daquela menina carioca da gema se mudar de vez para São Paulo. A adaptação foi difícil no início mas nada que não fosse superado. Nas nossas férias anuais, decidimos visitar San Diego e nos casamos na praia em que nos conhecemos em 2010. Tivemos uma cerimônia íntima, fizemos nossos votos e nos emocionamos muito. Foi incrível ter um casamento em um destination wedding no exato lugar onde nossos olhares se cruzaram pela primeira vez. O pôr do sol estava incrível e as fotos de tirar o fôlego! Tivemos sorte de termos contratado um fotógrafo californiano que entendeu exatamente o que queríamos. Ficamos super à vontade e nos emocionamos toda vez que revemos as fotos do nosso dia. Hoje já completamos 8 anos juntos, sendo 1 ano de casados. Por fim, é muito gratificante saber que superamos cada obstáculo juntos. Superamos a distância, a saudade, o ciúme, a torcida contra. Superamos quem nunca acreditou que um namoro à distância daria certo.

Mauro e Renata

Foto LoveshakeO Amor é engraçado. Às vezes parece que segue um plano perfeito, outras parece algo delicado no meio do caos. Eu e Re nos conhecemos em um cenário improvável: um restaurante familiar barulhento. Ela estava com amigos. Eu esperando um amigo. Nossos olhares se cruzaram várias vezes. Mas só quando tocou Billie Jean do Michael Jackson é que a conversa surgiu. Abre parênteses: se esse foi o plano do Amor, poderia ter escolhido uma trilha menos agressiva, não é mesmo? Fecha parênteses. A grande verdade é que uma das músicas mais estranhas do Rei do Pop se transformou no gatilho para a nossa conversa. Depois de um papo trocamos telefones. E depois de mais papo começamos a namorar. E depois de muito mais papo noivamos, com direito a pedido de casamento no Facebook do refrigerante que ela é fã. No fim, o Amor tinha um plano e ele era perfeito. Tão perfeito que me inspirou a escrever um texto por dia, durante um ano, dizendo o porquê deveríamos casar. Esses textos viraram um livro que entreguei durante os votos de casamento. Bom, esse tal de Amor sabe fazer plano mesmo. O que ele planejou pra gente continua firme e forte depois de 8 meses de casados.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Uma apaixonada pelas palavras e seus efeitos. Carioca de natureza, jornalista por opção e escritora pelo coração. Acredita fielmente no amor, em todas as suas formas.