Luciana Krizanowski: do hobby à consagração como wedding planner

Por  |  0 Comentários


Júlia Cerqueira

Formada em psicologia e psicanálise, Lu Krizanowski começou a fazer eventos como um hobby. Em pouco tempo a organização de festas, que antes eram apenas para amigos e família, se tornou seu grande amor. 

Hoje, há 11 anos na área de eventos, é um dos nomes grandes de casamentos no Paraná e no Brasil. Em um bate papo com Fabiano Niederauer, Lu conta um pouquinho da sua trajetória. Confira!

Lu, quando começou seu amor pelos eventos?

LK: Eu comecei de um hobby que virou uma profissão, sou formada em psicologia e em psicanálise.Sempre fui me envolvendo um pouco mais que o comum nas festas da família. Depois que tive filhos, dei uma paradinha na psicologia para curtir a maternidade mas sentia que podia fazer algo que conciliasse entre meus filhos pequenos e algo que me realizasse(…) Logo no começo, minha sogra pediu para organizar o aniversário de 50 anos do meu sogro. Eu não tinha know how nenhum mas me envolvi. Organizei tudo, contratei fornecedor e, claro foi um risco, pois não conhecia ninguém. Deu tudo certo e assim foi começando.

Você fez seu próprio casamento. Como foi essa experiência?

LK: Casei com o Fábio no civil em 2001, em 2006 estava tendo a Beatriz e pensei que estava faltando a festa do casamento. A Bia nasceu em março e eu casei em setembro. Em seis meses fui atrás de tudo e organizei tudo do meu casamento(…) Foi uma experiência muito boa(… )Foi aquele momento da concretização do sonho do meu casamento que me despertou o lado “eu vou realizar sonhos”!

O que você acha sobre a preparação dos profissionais de eventos?

LK: É difícil falar sobre o que vai formar o profissional de evento. Eu acho que é preciso ter talento em si, disciplina, paciência e estar apto a abraçar a noiva. Por que você vai lidar com sonhos e é muito delicado isso. Então não é um curso que vai te preparar como um ótimo profissional no mercado se você não amar o que faz(…) Quem faz evento tem que fazer por amor.

Como é a captação o desejo, do sonho da noiva primeiro atendimento para você se inspirar?

LK: Eu juntei um pouquinho da minha da minha base da psicologia com a minha base no design de interiores. Eu tenho um questionário com perguntas chaves que eu passo para a noiva. Ele me traça o perfil de como ela é: romântica chique, boho chique, romântica clássica(…) Isso me traz o material de início(…) No decorrer a gente troca muita referência mas essa analise forma o conceito da festa.

O produtor de casamento em Curitiba organiza o casamento como um todo: decora e organiza. Conte um pouco das atividades desse profissional.

LK: São serviços diferentes que se complementam(…) O maior desafio do produtor é traduzir os sonhos da noiva dentro da realidade e dentro do espaço que ela fechou e do que ela pode pagar (…)

Falando um pouquinho da IC Week, que é um dos maiores eventos do segmento no país, como é o seu processo de inspiração para montar o seu espaço no IC Week?

LK: […] Eu sempre monto nosso espaço ali no workshop como se fosse uma festa acontecendo… Nós temos a pick up do DJ, nos temos um lounge, a mesa de doces(…) E que eu acho importante, porque quando a noiva visualiza e visita o workshop ela quer se inspirar(…) Então a minha intenção é que nosso espaço ela consiga visualizar uma festa.

Falando um pouquinho sobre o pós casamento… Durante a festa pode acontecer a quebras e perdas. Como você lida com isso para não se tornar um problema no dia seguinte?

LK: A gente sabe que essas coisas podem acontecer, um tapete ser machado, uma peça ser quebrada… Quando recebemos o mobiliário vazemos uma verificação, fotografamos e avisamos qualquer avaria que possa ter por precaução. Um contrato bem feito do mobiliário também tem uma cláusula que fala dos possíveis danos e protege a noiva e os fornecedores de possíveis estresses.

Tem algum tipo de serviço ou fornecedor que você não abre mão de trabalhar com ele?

LK: Tem. São quatro itens que, quando a noiva fecha o contrato comigo, eu passo minha sugestão de indicação: flor, mobiliário, a parte de tecidos e fechamento estrutural e a parte de iluminação e som. São os quatro elementos que fecham a decoração para que não comprometam meu projeto e eu faça a entrega que a noiva aprovou.

Qual sua mensagem final para as noivas que estão querendo casar?

LK: A agenda de 2020 acabou! Então, em função de tudo isso que estamos vivendo hoje, as agendas dos profissionais ficou apertada. Então para noiva que quer casar: 2021 está aí! Todos os profissionais estão em casa, mas estão com projetos. Então a dica é:definir a data o quanto antes, buscar um bom profissional e começar esse planejamento garantindo a agenda dos profissionais envolvidos.

Quer ver a gravação dessa live e acompanhar na íntegra tudo o que foi falado? Assista agora!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr