IC TV – Casamento rústico-chique: Raquel & Luciano

Por  |  0 Comentários


Prontos para um vídeo de casamento cheio de emoção? Ele tem direito a trilha sonora de ponta, depoimento apaixonado do noivo e até cenas lindas do ensaio pré-wedding que eles fizeram. Aperte o play!

Quem sabe faz ao vivo, já diz o famoso bordão. E foi mais ou menos assim no casamento de Luciano João Grangheli Pires, 30, e Raquel Lemos Dottaviano, 31. Quase ao vivo, na verdade! O engenheiro preparou um vídeo surpresa para a noiva ver no dia do casamento, enquanto se arrumava com as madrinhas.

Uma surpresa que arrancou lágrimas não só da nutricionista, mas também dos convidados. Sim, por que eles viram tudo + o dia dos noivos e trechos da cerimônia no same day edit exibido ainda durante a festa.

Tudo com direito a uma trilha sonora daquelas que cresce junto com cada momento de emoção. Como sabemos que vocês irão nos perguntar qual o nome da música, já nos adiantamos: Lost stars, do Maroon 5. Uma ótima ideia para o vídeo de casamento!

Curiosidade: Raquel teve dois vestidos de noiva, um nunca usado. Ela já havia comprado um modelo quando encontrou a estilista no Instagram. Foi amor a primeira vista e ela não conseguiu resistir! Ao visitar o atelier, decidiu ter um vestido desenhado especialmente para ela.

Nós amamos o resultado! Apertem o play, confiram cada detalhe e depois vejam este casamento rústico-chique completo aqui no site.


Já se inscreveu no nosso canal no You Tube? Ele está cheio de novidades e todas as terças e quintas, às 15h, tem vídeo novo. Não fique de fora, quem se inscreve assiste primeiro!


Foto da capa: Natalia Freitas Fotografia
Vídeo: Ivan Oliveira Filmes

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


ic indica

avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.