Lua de Mel em Marrocos: Marrakech e Montanhas Atlas

Por  |  0 Comentários


Dicas para vivenciar momentos a dois em uma lua de mel em Marrocos

Lua de mel deve ser sinônimo de viagem inesquecível e a escolha do destino certo está intimamente ligada ao sucesso da experiência. Há destinos que podem surpreender os casais que procuram, juntos, se inspirar. A lua de mel em Marrocos é um desses lugares!

Marrocos, por exemplo, não decepciona quando falamos de autenticidade. A prova disso é o contraste único entre suas paisagens. Combinado o legado histórico e com suas heranças culturais. O país tem uma atmosfera mística e, ao mesmo tempo, cheia de charme.

É o caso de Marrakech e das Montanhas Atlas que, inseridos no mesmo roteiro, têm tudo – e mais um pouco – para proporcionar uma honeymoon perfeita!

Marrakech

No centro-sudoeste de Marrocos, a arquitetura de Marrakech estampa alguns dos cartões-postais mais famosos do país. Grandes palácios vermelhos e casarões que remetem ao clima das Mil e Uma Noites. A cidade, que leva o apelido de “Cidade Vermelha” por causa da coloração avermelhada das suas construções, também é Patrimônio Mundial da Unesco. E ostenta uma história repleta de riquezas que não se limitam apenas à arquitetura. Embora por lá o cenário roube a cena.

O destino é ainda dono de uma cultura vibrante, que pode ser observada nas ruas a partir de performances artísticas feitas por mágicos e encantadores de serpentes, responsáveis por trazer à tona muito das raízes locais. Os souks também chamam a atenção no destino, com suas barraquinhas de artesanatos expondo uma série de produtos confeccionados à mão e que tem tudo a ver com a identidade marroquina. Lá também é possível encontrar artigos de mobília e design, especiarias, joias e até tecidos.

A antiga Medina de Marrakech é daqueles passeios que não podem ficar de fora do roteiro, principalmente aos casais que buscam completa imersão na cultura da cidade. Monumentos históricos, museus e souks compõem a lista de principais atrações do bairro, com destaque para o Museu de Marrakech, que está instalado em um palácio do século 19 e é detentor de um acervo riquíssimo, com peças que variam de obras de arte, cerâmica a itens arqueológicos. Além da coleção histórica, o museu costuma receber diversos eventos culturais – concertos, peças de teatro, exibição de filmes e performances de dança tomam os palcos do local.

Uma visita ao centro histórico também é parada obrigatória para quem viaja ao destino pela primeira vez. Alguns pontos de interesse nessa parte da cidade são, no mínimo, imperdíveis, como as ruínas do Palácio Badii e o Palácio Bahia, as Mesquita Ben Youssef e Koutoubia, e a Praça Djemaa el Fna, em que encontram-se muitos artistas locais e até tendas gastronômicas ideais para provar os sabores autênticos da culinária local. Passeios mais tranquilos, com vistas verdes e lugares arborizados, também são boas pedidas para aproveitar na cidade. Os Jardins de Menara e o colorido Jardim Majorelle, espaço botânico que antigamente pertencia ao estilista francês Yves Saint Laurent, é um convite e tanto para relaxar em lugares mais tranquilos.

Montanhas Atlas

Marrocos também não desaponta no quesito natureza. A começar pelas Montanhas Atlas, que estendem-se pelo noroeste do continente africano por mais de 2 mil quilômetros. Essas cordilheiras ocupam uma grande área protegida do Parque Nacional de Toubkal.

Sua natureza diversificada estampa os cartões-postais do destino com rios, vales, áreas verdejantes, cachoeiras e uma fauna bem vasta. Nas encostas das montanhas também estão algumas aldeias. Elas permitem aos visitantes conhecerem de pertinho as tradições do destino estreitando o contato com o dia a dia dos moradores.

De alguns dos pontos mais altos dessa cadeia de montanhas, que tem picos nevados atingindo quase quatro mil metros de altitude, dá-se ainda para contemplar o Deserto do Saara. Para chegar a essa vista, os viajantes mais aventureiros precisam passar por trilhas e escaladas radicais. O trajeto todo é emoldurado por maravilhas naturais. Além de toda a diversão e adrenalina, os casais têm mais contato com a natureza intocada da região.

Os fãs de esportes ainda podem explorar o lugar  em passeios a cavalo ou percorrer os terrenos em circuitos de bike. Vale ainda reservar um tempo para subir o Vale de Tamadant em trilhas off road. Lá se tem vistas panorâmicas do pico Atlas e de Toubkal, o ponto mais alto da África do Norte.

Onde ficar

Marrakech

La Mamounia Marrakech

O hotel está a poucos passos de pontos de interesse da cidade, como a Praça Djemaa el Fna. Dos seus jardins, dá para contemplar vistas das Montanhas Atlas e da Mesquita Koutoubia. Nas acomodações, estilo clássico, sofisticação, conforto e charme são as principais marcas. A gastronomia do La Mamounia também é destaque. Isso por conta dos restaurantes Le Marocain, de cozinha marroquina moderna, o L’Italien Par Jean-Georges Restaurant e o L’Asiatique Par Jean-Georges Restaurant. Por fim, há ainda o Le Pavilion de la Piscine. Os hóspedes também têm à disposição os tratamentos de bem-estar. Proporcionados pelo Spirit of the Spa, que ainda conta com hammam e piscina indoor aquecida.

Montanhas Atlas

Kasbah Tamadot
O hotel foi projetado em meio às Montanhas Atlas, o que por si só já garante um visual surpreendente. No design e arquitetura, charme e sofisticação para evidenciar o estilo autêntico de Marrocos. A mobília e decoração clássica nos transportam para a cultura do país mesmo de dentro do hotel. As acomodações contam com número reduzido, são apenas 28. Todas emolduradas pelo panorama das cordilheiras e algumas com varanda e piscina particulares. A gastronomia, por exemplo, é marcada pelos sabores locais. Enquanto, para o bem-estar, os tratamentos do spa são convidativos para relaxar e revigorar as energias do corpo.



avatar

Com 28 anos, a Teresa Perez é especialista em criar roteiros personalizados. Os programas são preparados de acordo com os interesses de cada casal. Telefones (11) 3799-4000 | (11) 3390-9000 | (61) 3217-2300.