Lua de mel na Austrália: Melbourne + Sydney

Por  |  0 Comentários


Lua de mel é um momento para relaxar, comemorar o amor a dois e – por que não? – visitar um país exótico, mas de cultura inovadora. Que tal a Austrália?

Se pensarmos na Austrália apenas como um país exótico, entraremos no enredo de uma história incompleta. O ar de exotismo está lá, é verdade – o país possui uma vida selvagem singular, que de tão especial só existe nos seus recantos moldados por uma natureza caprichosa, muitos deles ainda esperando, para serem descobertos.

Mas esse panorama, emoldurado por incomuns paisagens configuradas ao longo de milhares de anos, se completa com as recentes características do país. Trata-se de uma nação jovem, de cultura inovadora, com um povo sempre disposto a acolher e, orgulhoso, mostrar os contornos personalíssimos do país. Ideal para a lua de mel, não acha?

Para te conduzir pelos encantos da Austrália, a preparou um roteiro exclusivo por Melbourne e Sydney. Na semana que vem, traremos a cereja do bolo: dicas imperdíveis da Grande Barreira e de Outback, região mais remota do país. Fique ligado!

MELBOURNE

Nada de alugar carro, Melbourne é uma cidade para ser explorada a pé. Na área central, a melhor experiência é perder-se pelo emaranhado de ruelas para pedestres, como a Degraves Street, a Centre Place e a Flinders Lane, repletas de cafés, casas de chá, restaurantes, galerias de arte e antiquários.


Melbourne é particularmente generosa em áreas verdes. Não importa o caminho, ele sempre conduz a um parque, como o Jardim Botânico, com seu lago ornamental, e os Jardins Fitzroy, com sua estufa de flores multicoloridas


As avenidas, por sua vez, joias arquitetônicas da era vitoriana, como a Estação de Trens de Flinders Street e o Parlamento do Estado, construídas na Melbourne no século XIX, graças à riqueza gerada pela corrida do ouro. Outra opção é explorar o Rio Yarra pela novíssima Ponte Jim Stynes, que se ergue sinuosa quase no nível da água e é exclusiva para pedestres e ciclistas.

Austrália: Jardins Fitzroy - Foto

Os destaques da cidade

1. National Gallery of Victoria: este edifício icônico foi totalmente redesenhado para abrigar uma das mais impressionantes coleções do Hemisfério Sul. Além dos visitantes poderem desfrutar de duas galerias magníficas localizadas a uma curta caminhada de distância, este coração cultural possui mais arte australiana, em exposição permanente, do que qualquer outro local no mundo. Há coleções fantásticas de arte aborígine e outras que vão do período colonial até os dias atuais.

Austrália: National Gallery - Foto iStock/ Nils Versemann

2. Queen Victoria Market: os casais em lua de mel na Austrália podem facilmente passar o dia explorando os corredores do Queen Victoria Market. Esse imenso mercado, criado no século XIX, oferece de tudo – de frutas e verduras orgânicas a carne de canguru e crocodilo, de joias e casacos de pele a bumerangues e outros suvenires aborígenes. O passeio exige uma parada na praça de alimentação, pois nos cardápios há pães assados na hora, frutos do mar fresquinhos, curries indianos e muito mais.

Austrália: Queen Victoria Market - Foto iStock/ TkKurikawa

Onde comer?

1. Coda: seus delicados pratos são resultado de uma ousada fusão da gastronomia francesa com a vietnamita. A base é de arroz, legumes bem frescos e carne ou frutos do mar.

2. Cookie: ele serve os elaborados e saborosos pratos da culinária tailandesa, que são simultaneamente doces, salgados, ácidos e picantes. Com seu ambiente jovem e descontraído, é um dos restaurantes mais badalados de Melbourne.

3. Grossi Florentino: dedicado à gastronomia italiana, o Grossi Florentino se divide em dois restaurantes – o Grill, que tem um ar informal e segue as receitas tradicionais, e o Upstairs, mais sofisticado e dono de reinterpretações ousadas das antigas receitas toscanas.

Experiência certeira: Hotel Park Hyatt Melbourne

Com vistas para a St. Patrick Cathedral e os Jardins Fitzroy, o Park Hyatt Melbourne tem uma arquitetura e decoração que evidenciam uma combinação dos estilos moderno e vitoriano. Quartos espaçosos, com janelas amplas, oferecem tanto conforto quanto possível. No restaurante Radii, os hóspedes encontram uma gastronomia moderna premiada e feita de acordo com os princípios da rede: com qualidade, sustentabilidade e serviço de ponta.

SYDNEY

No final do século XVIII, os colonos britânicos não poderiam ter sido mais felizes na escolha do local para fundar Sydney: às margens de uma extensa baía do Pacífico, recortada em inúmeras enseadas. As águas são bem azuis e harmonizam com o verde do imenso jardim botânico à beira-mar – um dos tantos parques espalhados por Sydney.

Ao norte e ao sul da boca do porto, surgem praias para todos os gostos. Mas a natureza não é a única responsável pela bela paisagem. As intervenções humanas também são grandiloquentes. As construções que dão personalidade à cidade vão de históricos e pomposos casarões e prédios públicos da era vitoriana a maravilhas da engenharia contemporânea, como a Ponte do Porto de Sydney, a Opera House e a Torre de Sydney.

Austrália: Opera House - Foto: iStock/ Structuresxx

Não deixe de…

1. Visitar museus: a variedade e a qualidade dos museus de Sydney são extraordinárias. O Australian Museum, com suas ossadas de dinossauros, é uma verdadeira enciclopédia de história natural. Pelos cinco andares da Art Gallery of New South Wales, encontram-se obras de Rembrandt, Cézanne, Rodin, Monet, Van Gogh e Picasso. Para os atrevidos artistas australianos de hoje, como Patricia Piccinini, a grande vitrine é o Museum of Contemporary Art Australia. Ou seja, tem atração para todos os gostos!

Austrália: Art Gallery - Foto iStock/ HyunJung Jane Kim

2. Encantar-se pelas praias: algumas das melhores ondas da Austrália arrebentam nas areias claras de Sydney. No sul da cidade, o ponto favorito dos surfistas é a Praia de Bondi. No norte, a Praia Manly. A alguns quilômetros da metrópole, a cidade de Newcastle oferece tanto praias badaladas quanto paradisíacas. São tradicionais por toda a região costeira de Sydney as chamadas piscinas oceânicas, que foram construídas na areia ou na rocha e são alimentadas pelas ondas do mar.

Austrália: praia de Bondi - Foto

Onde comer?


Na maior e mais pulsante metrópole da Austrália, o cardápio de restaurantes, cafés, bares, museus, teatros, galerias de arte e boutiques parece não ter fim


1. Aria: ele é um bom exemplo da gastronomia contemporânea da Austrália. Entre as estrelas da casa estão o polvo de Fremantle e a perca de Cone Bay (um tipo de peixe). A vista é para a ponte e a Opera House.

2. Bentley: típico restaurante australiano, o Bentley serve uma boa variedade de carnes vermelhas. As mais apetitosas são as grelhadas sobre o calor do carvão. A carta de vinhos também é excepcional.

3. Quay: seus sabores são especiais graças aos ingredientes, todos orgânicos e frescos – desde os frutos do mar até as ervas condimentares. O Quay fica à beira do porto e, no jantar, a vista que se tem da Opera House toda iluminada.

Hospedagem com alto padrão de qualidade: Four Seasons Hotel Sydney

Das janelas do Four Seasons Hotel Sydney, podem-se ver os ferries cruzando a baía e admirar a Opera House e a Ponte do Porto de Sydney. O hotel tem 531 luxuosos quartos e suítes com vista para o famoso píer ou para a cidade. Enquanto o restaurante Pei Modern prepara pratos de nível internacional com os mais frescos produtos australianos, o bar Grain oferece drinks artesanais e sofisticados coquetéis.

Austrália: Four Seasons - Foto Divulgação

Gostou das dicas para uma viagem a dois na Austrália? Conta para a gente outros roteiros que você quer ver por aqui!


Créditos

1, 2 e 9-  |  3- iStock/ Nils Versemann  |  4-  iStock/ TkKurikawa  |  5, 6, 10, 11 e 12- Divulgação  |  7- iStock/ Structuresxx  |  8- iStock/ HyunJung Jane Kim

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Com 28 anos, a Teresa Perez é especialista em criar roteiros personalizados. Os programas são preparados de acordo com os interesses de cada casal. Telefones (11) 3799-4000 | (11) 3390-9000 | (61) 3217-2300.