Mariana Kuenerz ensina como escolher o vestido na Mostra IC Niterói

Por  |  0 Comentários


Antenada e elegante, a estilista Mariana Kuenerz dividiu com noivas e profissionais sua ótica sobre os bastidores da escolha do vestido. Quem não veio perdeu, fato! O conteúdo relevante e informativo transmitido de forma dinâmica já garantiu o replay do talk show na agenda do IC Week Rio.

Quem não veio também pode roubar algumas dicas em seu site, na seção Visual Style, onde ela orienta as noivas de acordo com cada biotipo.

Enquanto isso, dividimos aqui as melhores dicas sobre:

  1. ESTILO DE NOIVA
  2. FORMATO DE VESTIDO
  3. SILHUETAS

O QUE O VESTIDO DE NOIVA IDEAL PRECISA TER?

  • Refletir a personalidade DA NOIVA. Não tem que agradar a mãe ou amiga com algo que você não goste ou caiba ao seu biotipo
  • Valorizar os pontos fortes da silhueta e esconder os fracos
  • Estar de acordo com o tipo de cerimônia e local do casamento

QUAL ESTILO DE NOIVA VOCÊ É?

Primeiro é bom entender o que é estilo: a identidade e a personalidade da pessoa, suas preferências, valores, educação e hábitos. Por isso, definir bem o estilo da noiva é essencial para que o vestido reflita sua verdadeira identidade. Mariana descreveu cinco estilos de noiva. Encaixa-se em algum?

NOIVA NATURAL: prioriza o conforto, é despretensiosa, prática, dificilmente usa brilhos e babados, usa maquiagem clean e acessórios discretos. Não está muito preocupada com a moda. Tem profissões como paisagistas, fotógrafas, engenheiras, arquitetas. Usa tecidos confortáveis, leves, de fácil movimentação e que não amassam muito. Adora tecidos de fibra natural, como mousseline, crepe georgette e tule de seda pura. Não usa muita estampa e cores porque prefere cores neutras. Usa modelagem mais solta, saias mais esvoaçantes, nada muito justo e duro para não atrapalhar o movimento. Prioriza sapatos confortáveis e saltos não muito altos, como plataforma.

Lua de mel: África, Fernando de Noronha

NOIVA TRADICIONAL: é + vaidosa que a noiva natural. Passa imagem de conservadora, reservada. Gosta de peças atemporais e em tons neutros, como marinho, cinza e bege. Usa pouca estampa e quando usa prefere risca de giz, xadrez, pois. Adora looks monocromáticos. É sofisticada e refinada. Gosta de qualidade. Tem profissões como diplomatas, advogadas, executivas, telejornalistas. Gosta de materiais com qualidade, tecidos como zibeline, shantung, tafetá, organza, gazar e renda. Gosta de modelagem mais tradicional, corte princesa, saias mais volumosas, corpo estruturado. Sonha com casamentos em igrejas, mais à noite, formato princesa, tecidos encorpados, muita renda, mantilha, cauda.

Lua de mel: Paris, Londres

NOIVA ROMÂNTICA: é doce e gentil. Já é uma mulher mais feminina e mais sexy. Se preocupa em mostrar o corpo. É uma sexy sutil, tímida. Adora maquiagem, é muito vaidosa, tem sempre uma nécessaire na bolsa. É uma mulher que pode fazer a unha duas vezes por semana. Dá muita importância a imagem. Gosta de cores claras e médias. Adora estampa floral. Usa estampas leves em cores mais pasteis. Adora tricot e camisa de babados. Gosta de laço e flor. Têm profissões como pedagogas, terapeutas, chefs de cozinha. Tecidos fluidos, vaporosos e leves, como mousseline, georgette, tule e organza. Adora rendas. Gosta de modelagem marcando levemente o corpo.

Lua de mel: Itália, Veneza

NOIVA SEXY: Mulher glamorosa, que cultua muito o corpo. Veste-se para seduzir, preocupa com a opinião do homem. A silhueta é literalmente marcando o corpo. Adora cores vibrantes como o vermelho, pink, roxo, esmeralda e turquesa. Adora animal print. Gosta de ser notada onde ela estiver. Usa acessórios que chamem atenção, grandes e que fazem barulho. Usa maquiagem forte e está sempre maquiada. Têm profissões como modelo, cantora, celebridade. Curte tecidos como cetim, jersey e bordados com brilho. Gosta de modelagem marcando o corpo, Saia justa e sereia, fendas, transparências e grandes decotes.

Lua de mel: Miami

NOIVA MODERNA: é fashion, poderosa e superantenada. Está de olho nas últimas tendências. Quer estar sempre na moda. Adora contrastes, como branco e preto, pink e preto. Ama cores vivas e estampa com alto contraste. Têm profissões ligadas à moda, marketing, dermatologia. Gosta de tecidos com aplicações e textura e curte a modelagem que está na moda. Sapato colorido, adora ousar, vibra por coisa diferentes.

Lua de mel: Istambul China

 FORMATOS DE VESTIDOS

  • Princesa
  • Linha A
  • Sereia
  • Reto
  • Império
  • Curto

TIPOS DE SILHUETAS

tipos de silhueta

SILHUETA AMPULHETA

A mulher ampulheta magra pode usar qualquer tipo de vestido. O interessante é justamente marcar a cintura e usar vestidos mais próximos ao corpo. O formato é ideal porque tem equilíbrio.

 

SILHUETA RETÂNGULO

Têm o quadril e o ombro mais equilibrado, mas não têm muita cintura. Então, precisa diminuir visualmente a cintura e chamar atenção para meio do corpo.

Truques + indicados:

  • Caimento suave e solto no corpo todo
  • Linha no centro do corpo
  • Usar “peplum” para disfarçar a ausência de cintura.
  • Não usar vestido com faixa na altura da cintura
  • Os vestidos com Formato Império são excelentes
  • Não usar tecidos que “colem no corpo”. O ideal são os mais fluidos como mousseline de seda, por exemplo
  • Blouse para disfarçar a ausência de cintura. Ótimo também para mulheres que têm um pouco de barriga
  • Usar drapeado na lateral na altura da cintura

 SILHUETA TRIÂNGULO

  • A maioria das brasileiras tem esse formato.
  • Diminuir visualmente os quadris
  • Chamar a atenção para o torso com detalhes
  • Aumentar visualmente os ombros
  • Caimento suave e solto abaixo da cintura
  • Linhas horizontais na parte de cima
  • Aumentar visualmente os ombros com decote com linhas que abrem
  • Não usar decote em V ou ombro só
  • Uso de detalhes no torso
  • Caimento suave e solto abaixo da cintura
  • Detalhes no torso e nos ombros
  • Tirar o foco do quadril
  • Excelente forma de equilibrar a silhueta minimizando o volume dos quadris
  • Os formatos de vestidos Princesa e Linha A são os mais indicados.
  • Não usar formato de vestido sereia!

SILHUETA TRIÂNGULO

  • Diminuir visualmente o torso
  • Chamar a atenção para a parte inferior do corpo
  • Detalhes abaixo da cintura
  • Caimento suave e solto no torso
  • Diminuir visualmente o ombro com linhas que fechem nos ombros (frente-única)
  • Chamar a atenção para a parte inferior do corpo
  • Detalhes abaixo da cintura, tecido grosso
  • Caimento solto para baixo da cintura
  • Nada marcando muito
  • Linhas que abrem o ombro
  • Detalhes do torso e nos ombros
  • Modelso mais blusados
  • Nunnca usar formato sereia 

| DÚVIDAS DAS NOIVAS |

Véu combina com todo vestido?

Depende do estilo do casamento, onde vai ser. Isso vai muito da noiva, garante. Se o vestido tiver informações demais é legal usar um véu mais simples. Vestido muito elaborado pede acessórios sutis. Precisa haver equilíbrio: vestido simples, véu detalhado e vice-versa. Ter um coerência no look final. Na dúvida, menos é mais.

Quanto tempo antes a noiva deve contratar a estilista?

Normalmente oito, seis meses antes. Mas também já fez vestido três semanas antes do casamento para uma noiva grávida. Tudo depende da agenda, dos materiais disponíveis e estilo do modelo. Como trabalha com rendas importadas da França, precisa de tempo hábil para encomendar o produto.

Muitos vestidos ficam um mês ou mais sendo bordados. E quando a entrega ela ainda completou dizendo que realmente noivas emagrecem muito, principalmente na semana do casamento e por isso prefere não entregar com um mês de antecedência, quanto mais perto melhor o ajuste.

Salto alto sempre?

Não necessariamente. O ideal é sempre pensar em adaptá-lo ao piso e estar confortável. Um salto que a noiva não aguenta ficar meia hora em cima precisa ser descartado ou ter na gaveta um plano B guardado para usar na festa. Muitas optam por entram com um sapato maravilhoso na cerimônia (e para fazer fotos legais no making of) e depois trocam por outro confortável. Outro ponto importante na hora de escolher o salto é pensar na altura do noivo. Mariana, particularmente, adora saltos!

Tendências para 2016/ 2017

Renda é clássica e não sai de moda. O que está ressurgindo são os plissados. Quando casou, há 10 anos, sua saia era mais seca e tinham plissados em formato de triângulos, que abriam dando movimento à peça. Tecidos leves, moussouline, georgette, tules… Tudo isso continua em alta!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr