Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

IC Week Rio 2018: tendências e modismo com Roberto Cohen

Por  |  0 Comentários


No IC Week Rio 2018, o cerimonialista comandou um bate-papo descontraído e para lá de informativo sobre o assunto, focando em pontos onde surgem mais dúvidas. Veja!

São mais de 15 anos participando dos eventos da IC e, em 2018, não poderia ser diferente! marcou presença no IC Week Rio em um bate-papo descontraído e para lá de informativo (tanto para noivos, como para profissionais) a respeito de tradição, tendências e modismo, pois segundo ele, são os pontos onde surgem mais dúvidas.

O cerimonialista começou seu talk-show falando a respeito de luxo, já que costuma dizer que o essencial é invisível aos olhos. Cohen preocupa-se muito mais com uma festa caminhando bem do que saltando aos olhos. “É muito melhor para o convidado ser bem recebido… Devemos agradar o que sentem, e não o que veem”, relembrou. Por isso, na visão dele, o luxo tem que ser sentido e não visto.  “Ele tem que ser confortável, se não, não é luxuoso. É mais viável, por exemplo, servir uma cerveja para o público que está acostumado a degustar a bebida do que um champanhe só para fazer vista”.

Em um segundo momento, ele ressaltou o perfil dos noivos atuais – pessoas antenadas, modernas, que gostam de respostas rápidas e de festas que funcionam – e o fato de que, no fim das contas, os detalhes acabam sendo resolvidos por eles com base no resultado fotográfico. “Os casais não compram nenhum detalhe. Tudo o que se compra é pensado na foto, em como vai resultar depois”. O profissional também aproveitou para falar sobre a preocupação que os clientes têm com as referências, que hoje são enormes no mercado, e o fato de quererem incluir tendências apenas para sentirem que pertencem a algo. “As noivas têm que esquecer isso e fazer algo autoral, com a própria cara ou estilo, e que seja baseado no próprio DNA do casal”.

Apesar de acreditar que a tendência é a mídia quem dita – e que pode ser o último estágio da “cafonice”, já que é aquilo que todo mundo acaba tendo –, Roberto não deixou de ressaltar algumas que estão com uma grande inclinação no momento. Confira:

  • A decoração não precisa combinar nos mínimos detalhes – só tenham em mente que o exagero também é ruim
  • Para a cerimônia, apostem em jardim suspenso, além de passarelas subindo, flores descendo e nada de tapetes!
  • Já para a mesa de doces, utilizem muito além de prataria e cristais. Grafismos e acessórios baixos, valorizando o doce, estão com tudo!
  • Nunca escondam o bar!
  • Invistam em uma pista de dança com uma decoração diferenciada e bastante caprichada, porque é onde os noivos passam 70% da festa
  • Receber bem os convidados, com por exemplo bufês com serviços mais fluidos (como o self-service), é a pedida da vez

E vale lembrar, mais uma vez, que os modismos têm que fazer sentido para vocês, combinado? “O erro é quando a coisa não tem nada a ver com vocês e mesmo assim querem incluí-lo no casamento”, reiterou. E por falar em erros… Lá vai a dica essencial para evita-los mais uma vez: “pensem como convidados – o que gostariam de comer, beber, ouvir, ver… Além disso, contratem profissionais de verdade, e não curiosos”, finalizou.

TENDÊNCIAS QUE NUNCA SAEM DE MODA

  1. O buquê não pode aparecer mais do que a noiva. Então quanto mais chamativa a roupa, menos chamativo deverá ser o acessório
  2. Noivos: invistam em terno bons e bem acabados, pois sempre é útil posteriormente. O azul, assim como a gravata branca, tem perdurado não como moda, mas como forma de diferenciar o noivo dos demais convidados
  3. Altar com a família, com pais e irmão, nunca vai sair de moda. Afinal, é um altar biológico!
  4. Simetria é sempre uma boa pedida. É um luxo, uma tendência e algo que permanece, porque fotograficamente é sempre bonita

Acompanhe mais novidades sobre o IC Week Rio 2018 aqui no site!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


ic indica

avatar

Uma sagitariana que tem a alegria como dom. É carioca, jornalista, tem 20 poucos anos e adora ser chamada de Duda. Como uma amante incurável de sorrisos e amores, espera que seu grande dia seja repleto deles. E que, assim como ela, você se torne uma multiplicadora fiel dessa dupla!