IC Week RJ: mesa-redonda sobre fotografia de casamento

Por  |  0 Comentários


Os detalhes do bate-papo, sobre os cliques do casamento, que rolou no primeiro  dia de evento. Veja!

Quatro feras no ramo se reuniram para informar, a um teatro lotadíssimo, as principais dicas para a fotografia de casamento. Veja os highlights da mesa-redonda com Alexandre Rechtman, Cândido Villela, Egon Aszmann e Sabrina Vasconcelos.

O TEMPO DE ANTECEDÊNCIA PARA CONTRATAR UM FOTÓGRAFO

O primeiro a adentrar o tema foi Aszmann, que diz já ter agenda para 2019. Rechtman, apesar de acreditar que o perfil de contratação mudou (hoje em dia as noivas não se prendem tanto à antecedência), acredita que depende muito do dia da semana e dos meses – maio, setembro e outubro são os mais concorridos, segundo Cândido. Sabrina, por sua vez, levantou a questão de que preza sempre por antecedência, principalmente por trabalhar com uma equipe reduzida.

A CONTRATAÇÃO DO FOTÓGRAFO EM CASAMENTOS FORA DO BRASIL

Representando o sexo feminino na fotografia, Sabrina trabalha mantendo os mesmos custos do que um casamento no país, sendo que a única diferença é que os noivos ficam com os encargos de passagem e hospedagem para a equipe. De “brinde“, segundo ela, os noivos ganham um pré-wedding ou pós-wedding em algum lugar incrível do mundo.

Rechtman aproveitou o gancho para falar que acredita que o destination wedding é uma grande tendência atualmente, principalmente porque esse estilo de casamento normalmente é mais intimistas e traz um clima totalmente diferente do daqui. Cândido também complementa a questão lembrando que o mundo mudou: hoje em dia é muito mais acessível comprar uma passagem de avião, por exemplo.

O QUE NÃO SAI DE MODA NA FOTOGRAFIA

Para Aszmann, poucas coisas mudam quando o assunto é fotografia de casamento. Os cliques principais, como o making of da noiva, os momentos da cerimônia e da festa e as fotos posadas, são sempre importantes e essenciais.

Alexandre também aproveitou o momento para diferenciar moda de tendência. O amor nunca sai de moda. “Um clique de quando os noivos se olham, ou quando dançam com alegria, por exemplo, nunca cai”, diz ele. O que muda são as tendências que vão e vem. Sabrina concorda e acredita que um casamento tem que ter um pouco de tudo, e que isso varia de acordo com o estilo de trabalho do fotógrafo.  É apenas uma questão de leitura e olhar de cada um.

AS TÉCNICA PARA DEIXAR OS NOIVOS RELAXADOS

Rechtman acredita que existem muitas, mas prefere apostar na relação que cria com o casal. “Eu me abro como Alexandre e eles se abrem como casal”, explica. Isso porque ele acredita em uma relação verdadeira e que os casais só se entregam em quem confiam. Cândido concorda com o colega de profissão, e o que pensa ser fundamental é que a história seja muito bem contada. Por isso, faz questão de conhecer e se conectar com os casais. Para ele, cada fotógrafo tem uma técnica.

Sabrina gosta de marcar antes um ensaio, para sentir o clima deles, e para entender como se comportam. É importante conhecer também suas preferências – e isso inclui ângulos e como gostam de ser fotografados – para obter um bom resultado nas fotos do casamento.

CELULARES X FOTÓGRAFOS DE CASAMENTO

Para Rechtman, há espaço para ambos coexistirem, pois ele retrata exatamente o que aconteceu no evento – e isso inclui todos os momentos, com interferências dos convidados ou não. Ele acredita que as pessoas podem ter os equipamentos mais modernos, mas que ninguém pode ter o mesmo olhar que o de um fotógrafo. Cândido, inclusive, criou um serviço por conta desse novo cenário: caso os noivos queiram, ele leva um editor para o casamento e, no final da festa, entrega a eles uma média de 150 fotos. Tudo isso porque nunca a fotografia esteve tão em alta em todos os cenários, e isso acaba abrindo um campo novo para os profissionais.

DICA DO FOTÓGRAFO: “Não deixem que a vida passe de forma muito rápida sem você viver e se entregar ao momento. Não deixem que os celulares sejam mais fortes do que o coração” Rechtman

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Uma sagitariana que tem a alegria como dom. É carioca, jornalista, tem 20 poucos anos e adora ser chamada de Duda. Como uma amante incurável de sorrisos e amores, espera que seu grande dia seja repleto deles. E que, assim como ela, você se torne uma multiplicadora fiel dessa dupla!