IC Week RJ: “Casamento Verde” no Lajedo

Por  |  0 Comentários


Para encerrar o Teatro IC 2 com chave de ouro, Danielle Carolina, responsável pelo setor de decoração do Lajedo, participou de um talk show para falar sobre práticas sustentáveis no casamento. O objetivo era mostrar como fazer um projeto rico e também ecologicamente correto. Agora, veja o que não pode faltar no “casamento verde”.

CENÁRIO NATURAL 

Para o casamento ser ecologicamente correto, o ideal é que a paisagem seja natural, porque a natureza se torna parte da decoração. No Lajedo, as noivas podem escolher entre espaços com jardins às margens de lagos, riachos e piscinas. E o mais importante, todos os ambientes são envidraçados com vista panorâmica das paisagens.

CARACTERÍSTICAS

leveza e fluidez

aconchego

temas e objetos pessoais

tecidos leves e esvoaçantes

LUZ NATURAL

Casamentos durante o dia são os mais sustentáveis, porque economizam energia ao usar a luz natural, inclusive, ajuda nas fotos. Se não for possível, podem começar à tarde e adentrar a noite. Para casamentos noturnos, a iluminação de velas é uma boa opção para poupar energia.

MENOS PRODUÇÃO DE RESÍDUOS

O objetivo é reduzir os resíduos. E já pode começar pelos convites: os modelos de papel reciclado ou convites virtuais com vídeos, por exemplo, são ótimas ideias. O papel semente pode ser usado, porque depois pode ser plantado. O quesito lembranças também é importante. Devem ser escolhidas peças funcionais, como muda de planta ou uma compota de frutas que poderá ser utilizada depois. Quanto ao lixo, a parte orgânica pode ser revertida em compostagem para virar adubo e o resto deve ser reciclado. Vale ressaltar que os dois processos já são feitos no Lajedo.

DECORAÇÃO

Tropical: utiliza muitas flores naturais e o que seria podado, por exemplo, pode fazer parte de um arranjo

Rústico-chique: mistura de móveis rústicos com peças clássicas e contemporâneas

Boho: releitura da época hippie com muitas cores e materiais. É um estilo livre que tem tudo a ver com o “casamento verde”

DIMINUIÇÃO DO CO2

Cerimônia e recepção no mesmo lugar, além de ser mais cômodo para os convidados, evita o uso de transportes alternativos e diminui o número de frete dos fornecedores. São menos carros e caminhões nas ruas liberando CO2.

ALIMENTAÇÃO NATURAL

Produtos naturais, orgânicos e integrais não podem faltar no cardápio do “casamento verde”.  Segundo Daniela, é preciso desmistificar a ideia de que comida natural não é gostosa. Os alimentos podem estar presentes desde o coquetel até o bolo. Quem não quiser um bufê totalmente natural, pode dar apenas toques com alguns ingredientes.

REUTILIZAÇÃO

Reutilizar o vestido de noiva da mãe, além de deixá-la muito orgulhosa, é uma ação sustentável. Reaproveitar elementos da decoração, como galhos secos e flores plantadas, também é uma opção para evitar o desperdício.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Carioca que, depois de começar a escrever sobre amor, conheceu um mineiro especial e agora sonha mais do que nunca com o grande dia. Divertida, decidida – às vezes nem tanto – quer levar a você o melhor do mundo wedding para que um dia, assim como ela, possa subir ao altar do jeitinho que imaginou.