Homenageados do Prêmio IC

Por  |  0 Comentários


Impossível premiar os profissionais que se destacaram durante o ano e não citar, independentemente da premiação, os grandes nomes que fazem parte da história do mercado de casamento carioca. Por isso, durante o Prêmio IC, eles também receberam uma homenagem. Confira!

  • Queridinho das noivas e principalmente das famosas, Roberto Cohen é referência no mercado de festas. O know-how de quase 30 anos de experiência, faz dele um expert em assuntos ligados ao cerimonial. Prova disso são as palestras que tem feito Brasil afora, dividindo conhecimento e esbanjando sabedoria. Pela 3R Studio ele já publicou o livro RSVP: Realizar sonhos, verdadeira paixão.
  • Ícone do universo de decoração, Antônio W. Neves da Rocha é sinônimo de luxuosos cenários e mega eventos, sobretudo, da high-society carioca. Basta ver uma festa esplendorosa e original para vir a tona o nome desse artista. O decorador imprime seu bom gosto em tudo o que faz, principalmente porque sabe conciliar, ideias criativas às inspirações que traz de suas viagens ao redor do mundo. Para eternizar tudo isso, ele também publicou um livro com a 3R Studio: As Cores da Festa.
  • Pensar em alta costura é idealizar a beleza dos recortes, tecidos e vestidos da renomada estilista Glorinha Pires Rebello que, em pouco mais de três décadas realiza o sonho das noivas de se tornarem princesas. As mãos de fada, e o bom senso conectado as últimas tendências da moda também veste madrinhas, mães de noivas e mulheres elegantes que buscam modelos diferentes.
  • Qualidade também vem de tradição. Há décadas fotografando, Egon Aszmann é profissional super respeitado. Ele evoluiu com o mercado carioca quando importantes casamentos começaram a ganhar evidência. Os anos se passaram e o estúdio ainda permanece entre os mais procurados pelas noivas.
  • O cerimonialista Ricardo Stambowsky formou grandes profissionais ao longo de sua trajetória. Protagonizando casamentos chiquérrimos da alta sociedade carioca,  ele não perde sua elegânca e encanta qualquer noiva, que busca no seu impecável trabalho a realização de um evento à altura do que merecem. Suas histórias icônicas foram compartilhadas, através do livro “A vida é uma festa”, publicado pela 3R Studio.
  • Precursora do trabalho como cerimonialista na cidade do Rio de Janeiro, a carreira de Helena de Brito e Cunha se confunde com a história das relações públicas no país. De família tradicional carioca, Helena produziu eventos comentados em colunas sociais, lançando tendências e fazendo escola para os profissionais da época. Em sua trajetória, destacamos os cerimoniais do Ministério da Fazenda, a  recepção do cantor Frank Sinatra em 1980, a organização do casamento de Lilibeth e Fernando Collor para 3500 convidados e outros tantos eventos.
  • A decoradora de eventos, Mônica Cordeiro Guerra, sabe fazer acontecer. Quase que por acaso, sua carreira começou quando fazia arranjos e recepções informais para amigos.  Repleta de referências de suas viagens, livros, revistas do segmento e alguns cursos de artes plásticas, ela ganhou domínio sobre  o equilíbrio das cores, principal ponto de seu trabalho.
  • Com tantos anos de carreira e experiência, o chefe Demar e seu filho Rodrigo de Melo fazem do Demar Buffet uma referência no mercado de festas. Simples ou sofisticada, o objetivo é servir bem a qualquer paladar. O sucesso do banqueteiro começou nos anos 70, quando atendia os eventos das Forças Armadas, garantindo assim,  expertise e memoráveis banquetes.

19112013-036A0280-Medium-653x435micheleiassanori-335-Medium-653x481micheleiassanori-482-Medium-653x435sabina-vasconcelos-aszmann-653x435micheleiassanori-410

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Jornalista mineira, dona de uma coleção de sonhos e apaixonada pelo o que é leve. Nunca subiu ao altar, mas nutre a certeza de chegar lá com seu amor da vida. Adora combinar palavras para contar histórias e assume ter uma queda por casamentos ao ar livre.