Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Tudo o que você precisa saber sobre como casar no Cristo Redentor

Por  |  0 Comentários


Realizar o sonho de casar aos pés do Cristo Redentor pode ser mais simples do que você imagina. Veja o que precisa para celebrar o grande dia nesse monumento histórico da cidade maravilhosa.

O casamento do DJ Alok e Romana aos pés do Cristo Redentor deu o que falar e inspirou muitos casais. Pensando nisso, conversamos com o Padre Omar, reitor do Santuário do Cristo Redentor para esclarecer tudo o que você precisa saber sobre como como casar aos pés do monumento. 

 Procedimentos necessários 

O procedimento é igual a qualquer outra paróquia do nosso país. O primeiro passo é entrar em contato com a assessoria através do site oficial, fazer a solicitação da data, preencher os dados pedidos e aguardar um email  com instruções para concluir o requerimento. As cerimônias acontecem na capela Nossa Senhora de Aparecida e podem ser realizadas em qualquer dia da semana, fora do horário de visitação do ponto turístico.

De acordo com Padre Omar, existe a exigência para a consolidação da habilitação matrimonial e todo o processo é feito de forma a respeitar o Código de Direito Canônico. “É importante saber que o Cristo Redentor não é só um monumento turístico, mas sim um santuário católico. As celebrações precisam se adequar às perspectivas católicas. É possível fazer uma cerimônia mista na capela quando um dos noivos não segue a religião, mas uma das partes precisa necessariamente ser católica”. 

Convidados e Locomoção

A capela cabe em torno de 22 pessoas sentadas e 15 em pé. Junto com a organização do casamento, pode ser solicitado um transfer exclusivo para os convidados. Segundo o reitor, ” se a noiva agendar com bastante antecedência, ela pode conseguir um trem só para os convidados, ou ainda ter o “trem da noiva”. 

Valor e agendamento 

O valor pedido pelo santuário é de 2700 reais, doado no ato da reserva, e inclui uma ornamentação simples da capela.  Para os casamentos realizados em horários diferenciados ou na parte externa do santuário, são acrescentados o valor da infraestrutura utilizada.

“O evento é muito concorrido, temos um grande número de solicitações  de casamentos e não são apenas do Brasil. Temos solicitações da América do Norte, Europa, Austrália… o ideal é que os noivos entrem  em contato conosco com pelo menos 6 meses de antecedência”, contou o Reitor.

Para o próximo mês de maio, o Cristo Redentor tem a previsão de realizar um casamento comunitário, que surge a partir da generosidade dos visitantes e das pessoas que contribuem para a manuentação do Cristo. “Foram 12 casais escolhidos para no mês de maio (mês das noivas), terem a oportunidade de participar e celebrar a união no alto do Corcovado”. 

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Pisciana intensa e amante de histórias de romance, acredita no amor puro e verdadeiro e sonha em casar na praia com o pôr do sol iluminando o grande dia. Aventureira e fascinada por tudo relacionado a viagens, deseja uma lua de mel fazendo um mochilão pelo mundo.