Mayumi Muto: uma nissei de alma brasileiríssima

Por  |  0 Comentários


Texto Gabrielle Lancellotti e Tatiana Guedes

Nascida e criada em Niterói, Mayumi Muto traz em sua origem a inspiração para o Hinata Bufê. Saiba mais!

Mayumi e a filha Tatiana Foto Giovani Garcia FotografiaJá casada, Mayumi seguiu com a família para o Japão (país no qual morou por cinco anos), onde nasceu a sua filha caçula Tatiana Arisa, que atualmente está lado a lado no atendimento aos clientes e na coordenação dos eventos. De volta ao Brasil, trouxe na bagagem dedicação, aprendizado e muita disposição para o – atelier culinário especializado na cozinha oriental – que tem presença constante nos mais refinados salões de festas há cerca de 23 anos.

Atualmente é quase impossível uma recepção de casamento que não apresente uma convidativa ilha de especiarias nipônicas feitas com perfeição e riqueza de detalhes. Há alguns anos, os pratos viraram febre no Rio de Janeiro, fazendo uma bela combinação com o bufê principal.

Hinata Bufê Foto Fábio Bahiense Fotografias

Com a crença de que Deus é quem guia as suas mãos e decisões, Mayumi tem se dedicado a divulgar a culinária japonesa com o frescor e qualidade essenciais a esses pratos. Sua habilidade e talento indiscutíveis foram se tornando referência. Quando alguém pensava em comida japonesa, logo lembrava dos temperos exóticos e minuciosamente elaborados pela expert.

O sucesso veio acompanhado por algumas mudanças, aprimoramentos e muitos estudos – o que resultou no Hinata, nome que significa “espaço iluminado”. Atualmente, o bufê marca presença em, aproximadamente, seis festas por semana. Segundo a empresária, uma das etapas mais interessantes é o atendimento às noivas e cerimoniais. Só depois desse primeiro contato se sente inspirada a dar continuidade na parte operacional.

Hinata bufê - Foto Marcelo de Mattos FotografiaSuas minimalistas obras de arte culinárias são montadas em uma cozinha, instalada no primeiro andar de sua residência. Lá, junto com sua equipe, coordena sua linha de produção. “Sou muito abençoada com a equipe que Deus me enviou! São pessoas e profissionais maravilhosos!”, afirma com gratidão.

Mayumi não abre mão de preparar determinadas iguarias e todos os temperos: “a alma do sushi, ao contrário do que muitos pensam, é o arroz. Por isso, apenas eu e mais dois funcionário o cozinhamos”. Nas festas, ela recomenda um mínimo de 15 peças por convidado, e a qualidade dos ingredientes é a sua maior preocupação. Já a apresentação é feita através de elaboradíssimas combinações de cores, sabores e texturas, entremeados a barcas, pontes e lindas bandejas, servida aos convidados em delicadas barquinhas.

Vale destacar, ainda, que o cardápio disponibilizado prioriza as variedades que têm maior aceitação como sushi e sashimi de salmão e atum, além do hot filadélfia – preferências nacionais. A partir deles, o menu se adequa ao perfil dos anfitriões. “Prefiro montar peças tradicionais para contrastar com a ousadia dos bufês brasileiros”, diz Mayumi.

Hinata bufê - Fábio Bahiense Fotografias

DICA DA PROFISSIONAL

Noivos, analisem o cardápio oferecido, o número de pessoas na equipe, como acontece a reposição e se o bufê tem o material necessário. Não adianta ter a comida se não tem equipe e louças para servir. Analisem também a qualidade e a conservação do que vão oferecer aos seus convidados! Nós, por exemplo, só começamos a montar as peças nas barcas e bandejas uns 15 minutos antes do início do atendimento. Quando degustam da nossa comida, está tudo fresquinho! Afinal, qualidade é fundamental!

CONTATO

Telefones (21) 2711-5386 | 98302-8034


CRÉDITOS

1. Giovani Garcia Fotografia  |  2, 4, 5, 6, 7 e 8 Fábio Bahiense Fotografias  |  3.  Marcelo de Mattos Fotografia

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr