Mais que uma cerimonialista, uma lição de vida!

Por  |  0 Comentários


Seria extremamente óbvio, para quem conhece o trabalho da cerimonialista capixaba Stella Miranda, dizer que ela é uma referência no assunto. Para quem não a conhece, é quase impossível olhar para esse rosto iluminado e imaginar que por trás de um sorriso tão leve, existe uma enorme bagagem de vida!

Foto Monica ZorzanelliO caminho que a levou à organização de eventos foi natural, afinal, era Stella desde pequena quem organizava as festas da turma de escola e os encontros de família. Em 2004, resolveu escutar o seu coração e seguiu o caminho da intuição, investindo na carreira de cerimonialista e se tornando rapidamente uma marca de sucesso.

Atuando na secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo, Stella agarrou com todas as forças a oportunidade de um estágio no Ministério das Relações Exteriores, em Brasília. “Fui para ficar um mês e fiquei seis! Lá aprendi tudo de protocolo e montagem de evento!”, relembra ela.

Voltou para Vitória e continuou firme na sua trajetória, até ser considerada sinônimo de sucesso em qualquer tipo de evento. Após se curar de um câncer há pouco tempo e nunca – nunca! – ter deixado a peteca cair, Stella também se tornou sinônimo de superação e fé. Conversar com ela, mesmo que seja sobre protocolos em casamentos, acaba sempre sendo uma lição de vida!

Inesquecível Casamento – Você é cerimonialista com C maiúsculo, capaz de comandar um cerimonial protocolar para mais de mil pessoas, mas também uma festa íntima de aniversário. Qual o tamanho do universo casamento na sua carreira?

Stella Miranda – O universo do casamento é cerca de 40% do meu mercado. Minha formação é protocolo e cerimonial público, na Presidência da República. O meu início foi com eventos empresariais e foram justamente esses empresários que começaram a me pedir para fazer seus casamentos e de suas filhas.

Lembra-se do primeiro casamento que fez?

Me lembro com muito amor e carinho. Na verdade, fazendo uma volta ao tempo, eu sempre fui a “cerimonialista” da família e da escola, mas profissionalmente mesmo foi o casamento da Juliana e do Flavio, casal que eu tenho muito carinho até hoje! Foi inesquecível também porque inúmeras coisas aconteceram. Para vocês terem uma ideia, fui a DJ da festa, porque o DJ se atrasou e eu tive que tocar as primeiras 15 músicas. Experiência única!!

Qual é a chave para a organização de um evento perfeito?

A chave está eu diria que 70% na escolha dos fornecedores. E é preciso entender que parte substancial do meu trabalho é isso: optar por fornecedores de qualidade e que tenha identificação com o cliente, personalizando as festas cada dia mais. Dentro dessa lista para uma festa perfeita e interessante eu também colocaria os itens várias tribos, comida de excelente qualidade, bebida gelada – por favor!! – e música boa!

Como você se organiza para entender a cabeça dos noivos? Segue algum método ou utiliza alguma ferramenta específica?

A maior ferramenta que eu uso é abrir bastante os ouvidos, prestar muita atenção. Ter a sensibilidade à flor da pele e não estou sendo piegas! Tem que ser sensível. Não adianta uma pessoa mecânica, porque cada casal traz uma bagagem, uma história de família e expectativas geradas por situações diferentes! A arte do ouvir está sempre presente, desde a primeira reunião tento ser neutra para construir cada história com suas devidas particularidades.

Com quanto tempo de antecedência uma noiva deve te procurar?

Isso é muito relativo. Já fiz casamento com dois meses de antecedência. Mas para ter uma margem de segurança o legal é um ano, não só por mim, mas para o casal e as famílias conseguirem se organizar. Escolher os fornecedores e não serem escolhidos. E mais: se divertir durante esses 12 meses. Eu gostaria muito que isso voltasse, porque hoje a histeria está tão grande e algumas noivas ficam tão ansiosas que não conseguem se divertir, é uma pena! Sinto falta da diversão!

Qual o perfil da noiva que te procura?

É muito interessante tentar definir o perfil da minha noiva, porque faço desde casamentos na praia com pé na areia até casamentos palacianos. Então eu diria que a noiva que me procura quer tranquilidade, segurança e muito apoio. Independente do estilo, ela espera uma festa com bastante compromisso. A minha carreira é muito baseada nessa palavra de ordem: compromisso com a entrega!

Stella com o filho, o DJ Bero Costa, e Adriane Galisteu em evento na cidade de Vitória

Qual é a sua parte favorita em toda a organização de um casamento?

Sinceramente falando? A cerimônia religiosa! Escolher as músicas, a condução de tudo, a emoção, a troca de olhares dos noivos no altar… O olhar dos pais para mim como quem diz: “Stella, foi lindo, muito obrigado!”. É algo que não tem dinheiro que pague, sem a menor demagogia!

O que está em alta?

O que está em alta é personalizar ao máximo! Casamentos externos também, fora de casas de festas. Mas, acima de tudo, o que está em alta hoje é ter juízo, sem afetação, fazer festa intimista, que tenha cada detalhe pensado a partir do gosto dos noivos e não para agradar a terceiros.

Na sua opinião, existia alguma tradição que os noivos não podem abrir mão?

As tradições são perfeitas e todas usáveis até hoje. O protocolo cerimonial existe e faz todo sentido desde a civilização, porque juntou duas pessoas é preciso que existam protocolos e cerimonial. Mas, eu diria que cerimônias religiosas… Eu, particularmente (opinião de Stella), acho que para uma entrada de noiva na igreja nada supera a Marcha Nupcial, por exemplo. Dentro disso, a tradição de respeitar os pais e dar a eles um lugar de honra na cerimônia é muito importante também

 

Três dicas da Stella Miranda para as noivas: Anota aí!!

Faça o seu casamento pensando em você e no seu noivo e não numa noiva que se casou mês passado ou numa global que fez o maior sucesso. O casamento é seu, do seu noivo, da sua família e dos seus amigos. É um momento de vocês! Tendência passa, vai embora, muda… Pense no que realmente te agrada!

Uma dica: não faça uma coisa maior do que você pode. Não gaste um dinheiro que você não tem. Isso dói em você, nos seus pais, no seu marido…  Hoje em dia o mundo está muito mais sustentável também na área de eventos. É preciso ter mais responsabilidade, dizer não ao desperdício e ter cuidado. É uma noite mágica, mas é só uma noite!

Divirta-se!!! Desde o primeiro dia em que o grande dia foi marcado. Não faça das suas escolhas um cabo de guerra. Tudo é uma grande alegria, é família que se une, são promessas de amor eterno… Aproveitem isso!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Comunicar é a sua arte, talvez único talento nato. Dança, conversa, faz gestos, mas na escrita encontra o seu porto seguro. Geminiana com ascendente em aquário, acredita piamente em astrologia, disco voador e alma gêmea – já encontrou a sua, com quem está casada desde 2011. É capixaba, mas vive um relacionamento sério com o Rio de Janeiro...