Baixe
aqui
seu
E-BOOK
x

A dupla dinâmica das joias de noiva    

Por  |  0 Comentários


Juntas, as irmãs comandam o ateliê que completa 10 anos em 2018 e é referência de joias para noiva em Goiânia

A paixão pelo desenho é antiga, vem da infância. Mas foi só do outro lado do mundo, mais precisamente na Malásia, que Tâmara Brossmann descobriu sua aptidão para o design. Lá ela lançou sua primeira coleção, dessa vez de roupas. De volta ao Brasil, cursou pós-graduação em joias e quebrou paradigmas ao desbravar um mundo majoritariamente masculino, o da ourivesaria. Detalhista assumida, ela é dona de um traço moderno com o qual assina suas joias.

Em 2008 abriu seu próprio ateliê especializado em noivas e dois anos depois chegou a sua vez de subir ao altar, junto com uma mudança para Santa Catarina. Foi então que ganhou um reforço mais do que especial: o da irmã e sócia, Renata Brossmann. Hoje elas dividem as funções e tarefas no comando do ateliê. Do sul, Tâmara continua sendo a alma criativa da marca, enquanto em Goiânia Renata cuida de todo o funcionamento e atendimento a noivas.

Como funciona o processo de criação das peças e quais são suas principais fontes de inspiração?

Tâmara: nossas joias passam por um processo de avaliação que vai desde o desenho, escolha de matéria-prima, tipos de pedras e suas cores, fundição, lapidação e, caso necessário, até um banho de ouro 18k. Todas idealizadas por mim, com a participação da Renata – que está sempre ligada nas tendências do mercado.

Minha vontade de desenhar vem a qualquer momento e muitas vezes é resultado do que passo no meu dia a dia. Agora, por exemplo, estou em um momento muito mãe, portanto tenho criado peças mais românticas, meigas e delicadas. Além das joias e semijoias, trabalhamos com chapelaria e véus. Também somos representantes da marca pernambucana D. Cantidio de acessórios para o cabelo.

grinalda-de-noiva-coroa-com-pedrarias-tamara-brossmann

Como se mantêm a par das tendências internacionais?

Renata: estamos sempre viajando em busca de novidades. Na última delas fui a Dubai e trouxe várias inovações e inspirações. Lá me encontrei pessoalmente com ourives de nossa confiança e produzi coroas que a Tâmara desenhou com design Italiano. Também sempre acompanhamos os desfiles internacionais, como o Bridal Fashion Week.


Muitas vezes as noivas pensam que o ateliê é como uma vitrine onde ela chega, olha e compra. Mas não é bem assim, o processo é mais complexo. Por isso é bom vir com tempo.” Tâmara


Para ajudar as noivas, você desenvolveu um serviço auxiliar de consultoria de imagem. Qual foi a sua inspiração e como ele funciona?

Tâmara: essa foi uma técnica que aprendi na faculdade e criei uma adaptação especial para as noivas no ateliê. Com ela consigo identificar o estilo da minha cliente. Se for uma pessoa mais moderna, romântica, contemporânea, clássica ou boho chic. Com esse mapeamento posso mostrar somente aquelas peças as quais se identifica, facilitando a escolha.

O que tem a dizer sobre joias e acessórios feitos sob medida para casamento?

Tâmara: são as que eu mais gosto de fazer e recomendo a todos os noivos, seja aliança, coroa, colar ou outros tipos. Gosto de desafios e usar minha criatividade. Só não faço cópias! Muitas noivas trazem exemplos que encontraram na internet, mas eu trabalho apenas com peças originais. Outra coisa importante é estar atento ao timing. Para ter uma joia sob medida, é preciso vir ao ateliê com dois a três meses de antecedência.

ACESSÓRIO X TIPO DE CABELO

Toda peça precisa de uma estrutura para comportá-la e as características naturais dos seus fios podem ajudar:

Cabelos volumosos: coroas e tiaras

Cabelos finos: tiaras

Para quem tem muito: coroas e tiaras

Para quem tem pouco: coroas

Curtinhos: pentes e tiaras

Longos: coroas e tiaras

Mas não precisa se descabelar caso suas madeixas não sejam as mais indicadas para a joia dos seus sonhos. Não há nada que um bom penteado, sprays, babyliss, grampos e um bom profissional não resolvam!

E qual é o primeiro passo na hora de escolher os acessórios de cabelo da noiva? 

Tâmara: a noiva já deve ter decidido o vestido e a partir dele dizemos o qual tipo de joia combina melhor. Outra coisa importante é definir o penteado, pois é ele sustenta a peça escolhida.

I’M BACK

O sucesso da chapelaria das década de 70 e 80 está de volta. É o novo must-have dos casamentos diurnos e promete dar um upgrade a qualquer produção. A dica para não errar, segundo Tâmara, é escolher o chapéu da mesma cor do vestido ou um tom sobre tom. Ela também alerta para o cuidado com as cerimônias às 16h, já que 80% dos casamentos são à noite. Nesses casos, os casquetes e fascinators são os mais indicados.

grinalda-de-noiva-tiara-de-pedraria-tamara-brossmann

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Uma paulistana que quer conhecer o mundo e encontrou no jornalismo sua forma de transformar paixão em profissão. Adora histórias e não resiste a uma boa conversa. Prefere miniweddings mais descontraídos, mas promete ajudá-la a deixar seu casamento exatamente como sonhou.