Entrevista Maria Virgínia: mais do que vestidos

Por  |  0 Comentários


Texto Rafaela Céo

Estilista Maria Virgínia - Foto André CoelhoIncansável, dedicada, talentosíssima. A estilista Maria Virgínia é um dos principais nomes da alta costura de Brasília e, sim, já conquistou clientes em outras cidades do Brasil. As noivas que elegem a mineira de Belo Horizonte para criar um vestido ganham o olhar clínico, a avaliação certeira e toda gentileza dessa grande dama.

“Mesmo com uma rotina repleta de atividades e com o negócio se diversificando, continuo superenvolvida no processo de criação. Sigo fazendo modelagem e corte, com muito prazer. O que se faz com carinho e vontade tem mais chance de dar certo” Maria Virgínia

Inesquecível Casamento – Hoje em dia as noivas têm muitas possibilidades para adquirir o tão sonhado vestido de casamento. Qual a grande vantagem de ir a um ateliê e escolher um vestido sob medida?

Maria Virgínia – Cada noiva, claro, deve buscar a solução que lhe parece melhor, a mais adequada a seu modo de vida. Mas, no meu ponto de vista, o casamento é um momento tão especial que merece algo exclusivo, escolhido de acordo com o corpo da noiva, uma peça que ela pode provar, ver antes do casamento e que só sai do ateliê quando está perfeita. Muitas mulheres conseguem ver esse valor no vestido de noiva sob medida, prova disso é que continua grande o nosso número de clientes. Se a noiva pode se dar esse carinho, ela deve fazer isso. A escolha do vestido pode e deve ser algo que essa noiva curta muito, um prazer, uma experiência única.

Um trabalho tão exclusivo e artesanal, claro, tem seu preço. Há um belo vestido de noiva sob medida para todos os bolsos?

Uma peça de ateliê é rica nos detalhes, nos cuidados, na personalização. Pode ser um vestido exclusivo, pode ser uma adaptação de algo que já está pronto, o céu é o limite. Um segundo aluguel, por exemplo, é uma excelente opção que torna o custo mais acessível. Também realizamos bazares. Em todos os casos, estamos falando de produtos diferenciados. Muitas vezes, as pessoas imaginam que o custo de um vestido é muito maior do que a realidade.

Vestido de noiva assinado pela estilista Maria Virgínia - Foto Julio Dutra

Como você aplica a experiência que tem no seu dia a dia de trabalho?

Tenho muitos anos trabalhando nessa área, observando o corpo feminino. Sou realmente incansável e busco me aperfeiçoar. Procuro o melhor material, o mais confortável, o que tem a sustentação mais adequada, o que dá o efeito adequado na luz – esses são alguns dos detalhes que não passam despercebidos. Esse aprimoramento que veio com a prática, com estudo e com pesquisas, agora é evidente. Acredito que estou colhendo os frutos de muitos anos de dedicação.

De que forma você ajuda as noivas que chegam ao seu ateliê indecisas ou mesmo sem saber que tipo de vestido vão usar no grande dia?

A primeira coisa é traçar junto com o ela que tipo de vestido fica melhor. Nessa avaliação, é preciso estar consciente do tipo físico da noiva, o horário do casamento, o estilo do casamento, a imagem que essa mulher quer passar. Com uma conversa que trate desses quesitos, a noiva vai se acalmando, se tranquilizando. Também ajuda bastante quando ela leva algumas referências do que ela gosta como vestido de noiva.

Vestidos da noiva e da dama por Maria Virgínia - Foto Chá das Duas

Seu ateliê está de casa nova. O que essa mudança significa para você?

Começamos 2015 em casa nova, um espaço muito bonito, mais amplo, com o clima de jardim que eu sempre quis. O local, na QI 11/13 do Lago Sul, é todo cercado por verde e pássaros. Na área interna, tudo está mais confortável, acabou aquele sobe e desce, temos 17 metros de vitrine. Estou conseguindo dar à loja a cara de ateliê que sempre desejei. É um local muito acolhedor, as pessoas estão vindo e amando.

Então, 2015 é o ano das gratas novidades. O que mais você está preparando para surpreender seus clientes?

Outra novidade já realizada é que conseguimos trazer novos parceiros exclusivos e importantes de tecido e pedraria. São materiais de qualidade incrível. A concretizar, estou planejando voltar a trabalhar com roupa esportiva, do dia a dia. A ideia é continuar atendendo as noivas que se casaram, manter essa relação. Além disso, estou estudando uma coleção a seis mãos, uma parceria com minha filha Diana e minha sobrinha Rebeca. Estamos pensando se será algo de festa ou esporte. Será ótimo ter as três Leste (sobrenome da família) juntas na moda.

Vestido de noiva por Maria Virgínia - Foto Alexander MuradasVestido de noiva por Maria Virgínia - Foto Chá das DuasVestido de noiva assinado pela estilista Maria Virgínia - Foto Chá das DuasVestido de noiva pela estilista Maria Virgínia - Fotos Alexander MuradasVestido de noiva por Maria Virgínia - Fotos Monjardim NoletoVestido de noiva por Maria Virgínia - Foto Alexander Muradas

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr