Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

DJ de casamento: Simone Borth, do setor financeiro às pick-ups

Por  |  0 Comentários


dj-casamento-prsc-simone-borth

Na sua agenda há eventos reservados com até dois anos de antecedência. O motivo? Ela comanda a festa como ninguém, tornando-se referência quando o assunto é DJ de casamento no Paraná ou em Santa Catarina

A DJ Simone Borth respira e se inspira através da música. Embora tenha atuado no mercado financeiro por mais de uma década, ainda menina conviveu com as serestas e rodas de viola dos amigos do pai. Mais tarde veio a influência do irmão, guitarrista da cena curitibana, e do DJ Rogerio Animal – seu marido há onze anos e, de acordo com ela, principal referência no seu modo de tocar e se apresentar.

A carreira de Simone no mercado da música é cheia de marcos. De 2005 a 2008, enquanto ainda era nova no mercado, gerenciou a Academia Internacional de Música Eletrônica (AIMEC Curitiba), atuando em seu processo de expansão para Campinas e Balneário Camboriú. Nesse meio tempo foi convidada para comandar pick ups de importantes clubs da região, além de um sem-fim de eventos sociais e corporativos.

Em junho de 2013, com um nome consolidado e até jantares da ONU no currículo, a DJ deu um novo passo e abriu seu próprio escritório em Curitiba – onde recebe clientes apenas com horário agendado e um atendimento pra lá de personalizado. Hoje em dia toca em cerca de 50 casamentos por ano. Para ela, a ocasião é um momento único na vida do casal e de suas famílias. “Independentemente do orçamento gasto, é a realização de um sonho e o início da construção de uma família. É muito amor envolvido!”, afirma.

DJ de casamento - Simone Borth - Foto Emerson Corrêa

AGENDA E SERVIÇOS

1. Como funciona para contratar o seu serviço? Reservas com até dois anos de antecedência. Em geral a pessoa entra em contato para verificar a disponibilidade de data. Em caso positivo, encaminho uma proposta e agendamos uma reunião para conversar pessoalmente em meu escritório.

2. Quanto tempo você normalmente toca na festa? Toco durante todo o período do evento, do início ao fim. Mesmo quando a cerimônia é na igreja, a partir do horário do convite já estou tocando na recepção.

3. O que está incluso na contratação do serviço de dj? Toda a assessoria musical, o que inclui desde as reuniões antecipadas para personalização do evento e edições de músicas especais até a musicalização do casamento.

4. Quais as condições de pagamento? Depende, pode ser à vista, parcelado com um sinal de 30% ou 50% na assinatura do contrato e o restante na semana do casamento, ou parcelado mensalmente até o casamento.

DJ de casamento - Simone Borth - Foto Lucas Pontes

REUNIÕES

5. Quantas são feitas? De duas a três, passando pelas seguintes etapas: apresentação da proposta, assinatura do contrato e definição das músicas. Todas podem acontecer pessoalmente ou por Skype, quando os noivos moram fora da cidade.

ESTILO

6. Você tem um estilo específico? Toca de tudo? Segue alguma linha?

Não tenho um estilo específico. O que tenho hoje é uma identidade do meu trabalho, definida especialmente pela energia que toco e transfiro para a pista, além do carinho com que cuido da personalização de cada casamento. A partir disso, toco de tudo e respeito muito as preferências do cliente.

7. Se o casamento fosse seu, o que você tocaria?

Aqui prefiro falar sobre o meu casamento, que tinha vários DJs convidados, mas eu quis tocar 4 músicas: Chalana – Almir Satter, para dançar junto com meu pai, Blister in the sun – Violent Femmes, Psycho Killer – Talking Heads e Human – The Killers, para curtir com as amigas.

DJ de casamento - Simone Borth - V2 Fotografia

DICAS

8. Pode dar uma dica para noivos que ainda não contrataram um dj para o casamento?

É muito importante conhecer o DJ pessoalmente, sentir afinidade com a proposta oferecida e, especialmente, ter certeza que ele entendeu a proposta do casamento.

9. O que é importante perguntar antes de contratar o serviço?

Ter a indicação de um profissional, como um produtor ou cerimonial, é bem importante, assim como conversar com outros clientes para os quais o DJ já prestou serviços. Acompanhá-lo nas redes sociais também é uma boa maneira de ficar por dentro do seu estilo de trabalho.

 O que achou da trajetória de Simone Borth? Aqui no site você vê outras indicações de DJs de casamento que fazem bonito na pista de dança.


Créditos

1- Braulio Delai Fotografia  |  2- Emerson Corrêa  |  3- Lucas Pontes  |  4- V2 Fotografia

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.