DJ de casamento: Igor Cunha, good vibes only!

Por  |  0 Comentários


Dono de uma sensibilidade única, o DJ Igor Cunha interpreta a vibe do público e transmite energia como ninguém. Saiba mais! 

Desde as batidas mais lentas às mais rápidas, os sets do DJ Igor Cunha revelam seu feeling de pista em relação ao que os convidados curtem, o que resulta em uma seleção musical sofisticada de sua parte, porém, ao mesmo tempo, elétrica e dançante. Seu estilo refinado e energético de se apresentar lhe rendeu convites para festas internacionais em Roma, Porto, Mônaco, Cartagena, Porto Fino, Punta Cana, Panamá City, Miami, entre outras.

Inclusive no mundo da moda, Igor assinou trilhas para , Nike e Chanel. É o DJ oficial dos eventos de CasaCor e Grupo Doria. Pelo Banco Cruzeiro do Sul, fez a abertura do Ballet Momix e o warm up nos shows de Elton John e Tony Bennett. Para TV, fez festas e trilhas especiais para novelas da Rede Globo, tais como: Tempos Modernos, Morde e Assopra, Ti Ti Ti e Passione. E, na TV Record,  assinou o remix da trilha de abertura de “O Aprendiz”. Esteve presente em grandes festivais como Rock in Rio, camarote VW, e Spirit Of London, como atração principal.

Com toda a técnica que possui, além de suas combinações ecléticas e versáteis, é sucesso garantido ao redor (e fora) do Brasil. Responsável por agitar com seu trabalho muitas festas em fazendas no interior de São Paulo e espaços no litoral, também é presença constante em Joinville, Curitiba, Cuiabá, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, seguindo, por aí, sua extensa lista… Sem mencionar as festas de casamento que comandou no exterior, em países como Portugal e Estados Unidos.  Isto é, resumindo, cada fim de semana está em um local diferente, o que, segundo ele mesmo, é “realmente muito inspirador”. Podemos imaginar!

Dj de casamento dj igor cunha dj booth - Foto: Leandro Araújo

AGENDA E SERVIÇOS

1. Como funciona para contratar o seu serviço?

Antes de qualquer contratação, nós armarmos um bate-papo com os noivos, para que me conheçam pessoalmente e para que eu entenda melhor como imaginam a festa, qual o perfil deles, gosto musical etc… Assim, alinhamos as expectativas e somos mais assertivos na contratação.

2. Quanto tempo você normalmente toca na festa?

A festa inteira! Já fiz casamentos que foram das 20h até as 8h do outro dia. Penso que o fato de não ter limite de horário faz com que o casal fique mais confortável e consiga se divertir sem preocupações. É um dia único na vida deles. e a última coisa que querem é que a noite acabe.

3. O que está incluso na contratação do serviço de DJ?

Eu sempre digo que o meu trabalho não é apenas de DJ: é uma consultoria musical. Ajudamos na escolha de todo o repertório, desde a cerimônia até o encerramento. Em parceria com as assessorias, nós traçamos um planejamento musical do evento inteiro, pontuando cada momento. Gosto de “amarrar” as músicas com o roteiro do evento e, é claro, alinhar tudo de acordo com o perfil do casal e o tipo de evento que estão fazendo: campo, praia, cidade etc…

4. Quais as condições de pagamento?

Um sinal para garantia da data, e o restante para a semana da festa.

Dj de casamento perfil dj igor cunha - Foto: Leandro Araújo

REUNIÕES

5. Quantas são feitas?

A grande maioria dos casais fecham na primeira reunião. Temos uma apresentação bem completa, explicando todos os detalhes de como trabalhamos e atuamos no mercado, vídeos, fotos etc. Mas, algumas vezes, o casal tem alguma dúvida mais específica, então realizamos esta segunda reunião.

ESTILO

6. Você tem um estilo específico? Toca de tudo? Segue alguma linha?

Festa de casamento é um dos eventos mais delicados de se fazer: a música dita o ritmo, cria o clima ideal e transforma o ambiente. Por isso, até a forma como me apresento e me preparo é diferente: as versões das músicas que escolho, a forma de mixar, como conduzo a pista etc. Procuro contar a história do casal por meio da música. Acho que isso resume como trabalho.

Sobre tocar de tudo, sim, não tenho preconceitos, mas sempre lembro ao casal que, mais do que uma playlist para festa, faço a consultoria musical da festa. Sei o que pode funcionar, ou não, em uma pista de dança. Tem que ter feeling para decifrar a pista, versatilidade e amplo repertório musical.

Mas, é claro, que todo DJ tem uma linha que prefere e na qual é especialista. A minha, desde o início da carreira, é a house music. Mas, tive fortes influências da Disco, Funk, Soul e Rock, que teve tudo a ver com meu pai e seus milhares de discos.

7. Se o casamento fosse seu, o você que tocaria?

Nossa, eu já pensei nessa playlist milhares de vezes! Mas, com certeza, dançaria Fly Me To The Moon do Frank Sinatra para abrir a pista. Teriam clássicos do Michael Jackson, New Order, Talking Heads, Jamiroquai e muita coisa boa da house music!

Dj de casamento foto dj igor cunha - Foto: Leandro Araújo

DICAS

8. Pode dar uma dica para noivos que ainda não contrataram um DJ para o casamento?

Acredito que um boa dica para contratar um bom profissional para sua festa seja pesquisar e ter referências, conversar com outros clientes ou fornecedores que já tiveram contato, ver se realmente é especialista em festas de casamento. Tem muito aventureiro no mercado, amadores que “descobriram” esse nicho há pouco tempo e estão arriscando na área.

9. O que é importante perguntar antes de contratar o serviço?

Depende do casal, pois vai haver dúvidas diferentes… Eu acho que o mais importante é conhecer pessoalmente o DJ, ver se vocês terão essa empatia e tirar todas suas dúvidas, pois o importante mesmo é ter segurança no profissional que irá comandar sua festa.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr



avatar

Coração brasileiro e italiano, amante de tudo o que envolve o mundo mágico das história românticas. Ser uma legítima jornalista e geminiana é encontrar em si a manifestação viva do poder da linguagem, sempre especulando e dialogando. É ser o plural do próprio singular. É querer/precisar de mais 24h por dia. Já dizia Fernando Pessoa: “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”.