Conheça as dicas para uma pele perfeita no dia do casamento

Por  |  0 Comentários


Texto: Júlia Cerqueira

Dermatologista, palestrante, professora, autora de livro e dona de três clínicas dermatológicas no coração do Rio de Janeiro, a dra. Juliana Neiva foi mais uma convidada especialíssima da série #LivedoNied. Juliana é precursora na técnica de da beleza integrada, que busca o equilíbrio de todo o estilo de vida e une corpo e mente da paciente em busca de resultados melhores. Alguns nomes famosos já passaram pela Clínica Juliana Neiva e aprovaram a técnica inovadora, entre eles Paolla Oliveira e até mesmo o ex-treinador do Flamengo, Jorge Jesus.

Segundo a dra. Juliana, uma da dúvidas mais comuns é saber quanto tempo antes do casamento a noiva, e até mesmo o noivo, deve procurar a dermatologista. A dica foi a seguinte: “É legal passar no dermatologista quando souber a data do casamento”, diz a doutora. Tudo para chegar no grande dia sem pele oleosa, manchas e acne, as famosas espinhas.

Confira aqui uma prévia do bate-papo! A entrevista completa está logo abaixo.

IC: Por onde começa o trabalho com a noiva?

JN: Quando falamos de noiva, falamos de uma festa de sonhos e expectativas. Quando um paciente tem um objetivo, uma data, o comprometimento em geral é maior. Eu cuido de noivas, da família das noivas, do noivo e das madrinhas. Temos um planejamento de como chegar a um cuidado satisfatório para que na data do casamento esse desafio tenha sido vencido. Seguimos um planejamento programado. Vendo qual a necessidade individual, mas também entendendo que é importante seguir uma determinada sequência, para que esse resultado seja alcançado.

Eu já fui acionada aos “45 do segundo tempo”. Tive noiva que me procurou faltando 15 dias para o casamento, ou um mês, que é muito perto da data. Temos que ter um planejamento que dê resultado para que a gente entregue tudo com calma, naturalidade e sem risco de um procedimento deixar a pele mais delicada ou marcada por exemplo.

IC: Quais cuidados que a noiva deve tomar em casa?

JN: Primeira coisa é entender qual o tipo de pele. Se é oleosa ou se tem tendência à acne, coisas que são mais comuns na faixa etária de 20 a 30 anos. Se é uma pele mais madura ela precisa de um hidratante, ter a pele mais hidratada. Segundo, é importante seguir os passos. Por exemplo, não dormir de maquiagem. Parece uma dica banal, mas nem todo mundo faz. Tem um produto que eu estou prescrevendo. É um óleo que retira a maquiagem sem deixar a pele acneica. Terceiro, é o tônico. Pode deixar a textura mais homogênea e diminuir os poros. Esses passos é para seguir de manhã e à noite. Tem o creme específico para a manhã, que deve ter uma hidratação e um filtro solar. E o específico da noite, que em geral vai para a correção de manchas ou diminuir a oleosidade. É interessante ter um creme diurno e um noturno. Isso tudo não leva muito tempo, é uma coisa que conseguimos fazer com 5 minutos.

IC: E o que você faz trabalha com a auto-estima da noiva, que é muito importante.

JN: Esse protagonismo que a noiva tem ela deveria levar para depois. Nós temos que ser protagonistas da nossa própria história, temos que amar a nós mesmos. Quando eu falo desses cuidados, eu falo de um ciclo virtuoso, não é uma compulsão por estética. A nossa proposta é um ciclo virtuoso, porque quando você se cuida, automaticamente você tem um olhar mais carinhoso sobre você mesmo. Quando temos esse autoconhecimento, isso se aplica para outras coisas. Se entendermos o objetivo como qualidade de vida, refletindo na auto-estima, o casamento pode ser uma grande oportunidade de mudança de comportamento.


Leia mais

+ Damas de honra: tradições e curiosidades

bg-divisoria

+ Os mais badalados estilistas de Brasília

bg-divisoria

+ O que escrever no convite de casamento?

 


IC: Quanto tempo dura um tratamento para amenizar manchas na pele?

JN: Tem várias coisas que causam mancha na pele. A mancha é uma mudança na pigmentação. Pode ser uma mudança da pigmentação acastanhada, que é o marrom, que pode acontecer depois do processos inflamatórios como acnes e machucados. Pode acontecer por uma tendência hereditária, como as sardas. Pode ser também pela exposição ao sol ou pelo  melasma. São formas comuns de manchas de pele. O melhor tratamento depende. Qual a altura desse pigmento?Está depositado na superfície da pele? Está mais profundo? O tempo de tratamento depende do tipo de mancha. Na média, dois meses ou dois meses e meio é uma média bem simpática para isso.

IC: Quais são os tratamentos que são legais para cuidar da pele?

JN: Uma pele bonita sustenta muito melhor a maquiagem, torna o trabalho do maquiador muito mais tranquilo. Cicatriz de acne é sempre um desafio mesmo para o maquiador, porque é uma alteração de relevo. Então ela imprime na maquiagem e até na foto. É um problema dermatológico que tem que ser cuidado com bastante antecedência. Ela não vai sumir totalmente, já que cicatriz é uma lesão permanente da pele. Mas pode atenuar, deixar a pele mais aveludada.

IC: E é muito importante estar bem consigo mesmo.

JN: Eu vejo as duas últimas semanas tensas antes do casamento aqui no consultório. Eu vejo acnes aparecerem e a oleosidade piorar, acredita?

IC: A acne tem a ver com a parte emocional da pessoa?

JN: Tem muito. O emocional está super ligado a algumas dermatoses. Acne é um processo de inflamação e quando estamos em regência de um hormônio mais inflamatório, que é o cortisol, ele fala para a glândula sebácea, que é a que produz a oleosidade, produzir mais. Assim aumenta a oleosidade que é a base da acne. Isso pode ser somada a baixa imunidade, que pode acontecer próximo do casamento.

IC: E aí uma espinha vira um estresse. Não pode…

JN: Tem toda uma estratégia para isso. Como eu cuido de noivas a muitos anos, eu já previno esse período mais puxado e mudo a estratégia do tratamento contemplando esse momento mais tenso e essa probabilidade maior de oleosidade. Tem uma coisa que eu gosto de chamar a atenção das noivas é que pensamos na pele só como a pele do rosto. Mas temos que estender o cuidado para o pescoço, por exemplo. Tem muita queixa de papada, para as fotos de perfil. E também sobre o colo. A maioria dos vestidos mostram o colo, com o decote em V.

IC: E a olheira?

JN: A olheira tem várias causas. Para correção tem várias técnicas, tudo buscando naturalidade. Fazemos algo bem elegante, respeitando a anatomia de cada um. É uma área do olhar, que é muito importante. É uma das coisas que mais aparecem com estresse e noites mal dormidas. É importante saber que tipo de olheira a pessoa tem para escolher a melhor estratégia de tratamento.

IC: Quais são os tipos de tratamentos dermatológicos?

JN: Eu pratico uma dermatologia integrativa, que une forças dentro de especialidades. Estimulamos muito não só o cuidado com a pele, mas com cuidado com o estilo de vida. É o cuidado com a alimentação, atividade física, qualidade do sono… E damos recursos para que a paciente entenda como isso favorece o nosso tratamento dermatológico. Temos queixas muito recorrentes, dependendo da faixa etária e do tipo de pele. Mas as mais recorrentes são acne, cicatrizes, flacidez, papada e olheira são muito comuns, além das manchas que falamos bastante. Quando eu examino uma paciente eu penso nela como um indivíduo no estilo de vida que ela está inserida e nas necessidades individuais. Entendo o tempo que teremos e com isso montamos a estratégia.

Temos o ácido hialurônico, bioestimuladores, ácido polilático, hidroxiapatita de cálcio, que é para quem tem cicatriz de acne, microagulhamento que deixa a textura mais homogênea e clareia a pele. Tem o clareamento progressivo com laser. Enfim, temos que fazer a estratégia de qual usar. Lembrando sempre: sustentar é uma noiva que já está na faixa dos 30 ou 40 anos. Vamos perdendo sustentação ao longo do tempo. O contorno mandibular fica mais elegante quando tem um repuxamento. Aí tem a técnica que e chama ultra former, que fazemos esse repuxamento com mais propriedade.

IC: Quem tem manchas de melasma tem que iniciar o tratamento quanto tempo antes do dia do casamento?

JN: Pelo menos uns dois meses e meio ou três. Eu sugiro que comece a tratar seis meses antes. Depende também da época do ano. No verão o desafio é maior para a gente, porque noivas que casam no inverno podem piorar o melasma no verão. É legal passar no dermatologista quando souber a data do casamento, para montar a estratégia juntos mesmo que vá fazer posteriormente. Quanto mais cedo tratar a mancha, melhor. Essa é a nossa meta. Tratamento precoce costumam ter resultados mais interessantes.

IC: E sobre a pele das mães…

JN: Obviamente é uma faixa etária mais madura. De forma geral, temos que cuidar da flacidez. A pele da mulher vai passando por uma transformação fisiológica e a entrada da menopausa é muito marcante, porque nos primeiros anos após a menopausa há uma queda na produção de hormônios de colágeno que pode chegar a 3%, que é bem relevante. Então na mãe da noiva eu foco muito a abordagem da flacidez, que eu faço uma abordagem em 3D. Cuidamos do osso, do músculo e finalmente partimos para os preenchimentos quando a pele está mais cuidada em termos de flacidez. Eu deixo o preenchimento para um momento posterior pois que quero uma pele mais renovada, que imprima saúde.

IC: Esse cuidado se estende para o noivo também. Não tem sexo…

JN: …e nem idade, classe social. Essa experiência de se sentir bem é muito democrática. Pensamos muito na mulher, mas o homem tem um marco naquele ritual. Temos os registros, fotografias e imagens, que ficam para sempre. É um ritual que é um sonho, e por ser um sonho ele move e pode ser usado para mudar o comportamento para o bem. 

IC: Quais são os principais cuidados para a pele do homem?

JN: Os homens têm cuidado bastante e me procuram espontaneamente. Há alguns anos os homens eram sempre trazidos. Agora eles vêm, querem se cuidar e já entendem de tratamento. O que eu vejo muito nos homens é que eles se incomodam muito com oleosidade, foliculite da barba. A gente tem como ajudar bastante, com rotina de casa e tratamentos em consultórios. Se preocupam com as “pizzas”, o suor embaixo do braço e até com a expressão. Temos uma técnica de aplicação de botox voltado ao público masculino, para deixar o rosto mais suave mas sem ficar feminilizado.

Isso não é tudo, na live tem muito mais dicas! Assista na íntegra mais uma #livedonied

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr