Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Noiva de chapéu: essa moda pega?

Por  |  0 Comentários


O que você acharia de uma noiva de chapéu? Há quem pense que se trata de um acessório muito elegante e também quem veja a ideia como over. É hora de ouvir a opinião de especialistas!

Muito comum em casamentos da realeza britânica, ninguém discute que os chapéus são um acessório superelegante. Capazes de valorizar qualquer look e ainda proteger contra o sol, eles brincam com a versatilidade e podem assumir inúmeros formatos.

No Brasil, porém, seu uso ainda é tímido entre convidadas e noivas. Na visão da estilista , o principal motivo recai sobre o formato de festa que costumamos fazer – mais dançante e agitado. Mas isso não significa que está proibido inovar, caso seja esse o seu estilo.

Chapéu de noiva - Foto Reprodução da internet

O primeiro passo é entender se o acessório vai bem com os moldes de cerimônia pensados por você. “Sem dúvidas, os casamentos mais adequados são os de dia no campo, em fazendas ou até mesmo na praia. A única ressalva neste caso é o vento, então se deve tomar cuidado”, explica a beauty artist Alessandra Grochko.

Para ela, outro fator essencial é a noiva ter um estilo que segure o chapéu. Senão, fica parecendo fantasia. Carol não poderia estar mais de acordo: “Esse tipo de acessório funciona para mulheres mais modernosas ou que têm um estilo boho e rústico.”

Não importa o caso, o alerta também se estende para a escolha do vestido. Afinal, como os chapéus são muito marcantes, não se pode pesar a mão da vestimenta. “Na minha opinião, ele deve ser escolhido até antes do vestido. Tudo precisa estar em uma grande harmonia”, reforça a estilista.

Chapéu de noiva - Foto Reprodução da internet

QUAL O PENTEADO E MAKE IDEAIS?

Segundo explica Alê, os penteados mais adequados são os semipresos ou os coques baixos. “Não podemos ter nenhuma altura e o cabelo precisa estar arrumado e bem estruturado, caso a noiva queira tirar o chapéu”, afirma. A profissional também conta que raramente aposta em tranças, para não pesar no look com excesso de informação.

Já em relação à make, não há regras. O comum, claro, é que se aposte em uma produção mais leve, mas nada impede um olho bem marcado e poderoso – caso tenha a ver com a personalidade da noiva, claro. “O que eu geralmente faço é não usar tanto pigmento ou brilho e focar mais na pele porque, durante o dia, a claridade revela tudo. Também é importante tomar cuidado com a cor do batom e da sobrancelha, para eles não ficarem muito escuros”, detalha.

Chapéu de noiva - Foto Reprodução da internet

CHAPÉU COLORIDO: PODE?

Somos avessos à regras, mas neste caso a resposta é um sonoro não. Isso não se aplica a madrinhas e convidadas, claro, mas para noivas as cores mais claras, no máximo um tom acima ou abaixo do vestido, são a pedida certa. “O acessório em si já chama tanta atenção que o colorido não é tão usado e talvez dê um ar totalmente diferente daquele que a noiva deve ter”, opina Carol.

Por outro lado, quando o assunto é o corte do acessório, Carol pensa que não existe um modelo ideal para cada tipo de silhueta. “Eu vejo mais uma questão de estilo do que de harmonia com o tipo físico. Acredito que quando o casamento é no fim da tarde, pede um véuzinho cobrindo o rosto. Já quando é de manhã, não pode ser tão elevado, deve ser mais baixinho”, exemplifica.

Chapéu de noiva - Foto Reprodução da internet

TECLA SAP: CASQUETE E VOILETTE

Quando se entra nesse mundo dos acessórios de cabelo para noivas, essas duas palavras serão ouvidas com frequência. Mas você sabe o que elas querem dizer? “O voilette é usado de lado e tem um leve véu que vai sobre os olhos ou testa. Geralmente conta com umas pedrarias e enfeites”, explica Alê.

O casquete é bem parecido, mas não traz o véu. Ou seja: trata-se de um pequeno chapéu sem abas, geralmente em formado oval ou redondo e bem estruturadinho. Assim como o voilette, o mais comum é que seja usado de lado.

Chapéu de noiva - Foto Mateus MontoniChapéu de noiva - Foto Maria Toscano

PLANO B: UM ENSAIO FOTOGRÁFICO

Caso ame o estilo que os chapéus emprestam ao look de noiva, mas tenha medo de cansar do acessório durante o casamento ou se arrepender da escolha, uma opção é fazer um ensaio com ele. Só vale lembrar que, para usar o vestido do grande dia, é necessário que seja um pós-wedding.

MADRINHAS DE CHAPÉU

“As madrinhas ficam legais de chapéu. Fica bonito, mas desde que combine com a proposta do casamento. O pró é dar um ar de glamour e o contra é o estilo das nossas festas, que realmente são dançantes. As pessoas não querem passar o tempo todo de chapéu e essa retirada pode atrapalhar o cabelo” – , estilista especializada em noivas

E aí, qual a sua opinião sobre noiva de chapéu? Conte para a gente nos comentários!


Créditos

1 a 8- Reprodução da internet | 9- Maria Toscano | 10- Mateus Montoni

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.