Como usar a internet para atrair mais clientes

Por  |  0 Comentários


O marketing digital veio para ficar e pode ser o melhor amigo dos empreendedores – principalmente no mundo wedding!

Hoje em dia, não basta estar presente na internet. Esse é apenas o ponto de partida. Se você pretende desfrutar dos benefícios da esfera online, precisa fazê-lo de forma profissional e com (muito!) critério. As coisas estão cada vez mais dinâmicas e quem não acompanha a maré – ou se aventura na onda errada – está fadado ao fracasso.

Em especial no mercado de casamentos, com clientes (leia-se noivas e noivos, já que os costumes mudaram e os pais raramente arcam com todos os custos da festa) mais exigentes e sedentos por informação. Embora revistas e outros materiais impressos continuem pautando opiniões, é na internet que eles buscam um maior volume de referências em seu dia a dia.

Nesse sentido, o marketing digital bem trabalhado passou de diferencial a dever de casa de qualquer bom profissional. No primeiro curso da Academia Inesquecível, o diretor da 3R Studio Fabiano Niederauer e palestrantes convidados reafirmaram – dentre outros pontos – a importância de ser ativo nas redes sociais e produzir conteúdo para se tornar relevante nas buscas do Google.

marketing-digital-casamento-Academia-Inesquecivel-ter-Blog-foto-Azsmann

O primeiro passo, de acordo com eles, é ser curioso. Afinal, conforme pontuou Fabiano, estamos a apenas um clique de saber o que nem tínhamos ideia de que não sabíamos. “Antes os profissionais do mercado de casamento aprendiam na prática e demoravam dez anos, pelo menos, para ficarem bem de verdade. Hoje não há mais tempo para isso, pois até você aprender uma profissão ela já não existe mais”, concordou o especialista em marketing Roberto Pralom.

Por isso, não perca tempo. Faça uma fanpage da sua empresa no Facebook, crie um perfil empresarial para ela no Instagram (sim, isso já existe!) e, além do seu site, invista em um blog para compartilhar conhecimentos e se tornar autoridade no assunto que domina.

POR QUE TER UM BLOG?

  • O site é estático, só fornece ao possível cliente suas informações básicas. Já o blog produz conteúdo e passa informação de forma dinâmica e diária, ou seja, faz os noivos acessarem outras vezes para conferir as novidades
  • Com o auxílio de palavras-chave, o blog te ajuda a ser facilmente achado na internet. O que nos leva  à questão do conteúdo relevante, pois a marca que o produz com frequência se transforma em autoridade no assunto
  • Com os links dos posts você pode movimentar suas redes sociais ou investir em campanhas de Google Ads (os anúncios do Google) e cada vez gerar mais cliques
  • Além de bem fáceis de aprender, em algumas plataformas amplamente utilizadas – como o WordPress, que nós utilizamos aqui na IC! – a postagem dos seus textos e vídeos pode ser feita até do celular
  • Caso você não tenha tempo, muitas empresas terceirizam os serviços de produção de conteúdo. Vale a pena investir!

MAS AFINAL, TUDO É CONTEÚDO?

marketing-digital-casamento-academia-Inesquecivel-Renata-Izaal-Foto-AzsmannA jornalista Renata Izaal, editora do Caderno Ela, do jornal O Globo,  também esteve presente no curso Checklist – Consultoria Maestro com Fórmula de Ação e Sucesso. De acordo com ela, o banal não é notícia. “Produzir bom conteúdo é buscar relevância para o seu público”, afirma. E, quando o assunto é internet, o formato passa a ser de extrema importância.

Na visão de Renata, o ideal é intercalar textos mais extensos e passionais com matérias de serviços e dicas pontuais – além de muitos elementos visuais, como vídeos e galerias de fotos. “Leitor adora isso”, brinca a jornalista. Ela também vê o feedback honesto, a audiência e o tempo de permanência no site como indicadores de ouro para saber se está no rumo certo. Confira os os cinco passos para quem quer ser relevante:

1. Planejamento! Antes de começar qualquer texto se pergunte: o que de excepcional eu tenho para contar?

2. Estude: não adianta ter o melhor conteúdo se não souber transmitir. Faça cursos de escrita e edição e esteja sempre ligado ao portuguesa. Não existe um bom post sem o uso correto da língua

3. Tenha um editor: tenha alguém para ler suas matérias e dar uma opinião sincera (não vale ser a mãe). Quando estamos envolvidos com um texto fica mais difícil fazer o papel de editor, por isso é importante delegar essa função

4. Beleza é essencial: foto também é conteúdo e imagem é tudo. Sempre busque a foto perfeita para cada post, ela pode fazer a diferença entre um cliente clicar ou não no seu blog

5. Pense em outras maneiras de contar histórias: não se prenda apenas ao texto, vídeos curtos (de em média 2 minutos), lista de fatos (que são aquelas matérias em formatos de lista) e galerias de fotos funcionam muito bem na internet.

COMO SE DESTACAR NO GOOGLE?

Para ser bem rankeado na busca orgânica do Google, é preciso trabalhar o SEO do seu post. O que isso significa, em termos leigos? Definir sobre o que você vai escrever e qual a palavra-chave central do assunto. De acordo com Leandra Soares, fundadora da Agência Ki, após entender o quanto e como esse termo é pesquisado – e, com isso, a dificuldade que você terá para indexá-lo – é preciso seguir algumas regrinhas:

  • Escreva posts com no mínimo mil palavras
  • Separe o texto por seções
  • Faça parágrafos curtos

GOOGLE ANALYTICS – APRENDA A MEDIR O SEU DESEMPENHO

Não adianta investir no duo: site bem feito + blog abastecido diariamente se você não consegue medir o resultado disso tudo no seu negócio. Para isso, basta instalar o Google Analytic, ferramenta dedicada a mensurar um sem-fim de coisas – desde o número de acessos e tempo de permanência citados por Renata até a faixa etária e sexo das pessoas que visitaram o seu site e como o fizeram (pelo desktop, mobile ou tablet).

Na internet, é preciso focar em três perguntas básicas: quanto você está vendendo, quanto isso está impactando as pessoas e quanto você está gastando para vender e entregar. Com base nas respostas para cada uma delas e do perfil exato de consumidores que quer atingir, o principal objetivo é fazer com que a sua empresa deixe de ser uma solução operacional e se torne uma solução estratégica.

marketing-digital-casamento-academia-inesquecivel-como-ser-revante-no-google-foto-Azsmann

E quando falamos em traçar o perfil do público-alvo, estamos nos referindo ao conceito de personas ou avatares, amplamente utilizados no marketing digital. Para Leandra, trata-se basicamente do personagem – ou personagens, caso seja mais de um – que vai representar o cliente da empresa.

Ao definir exatamente com quem você está falando, será muito mais fácil se comunicar de forma assertiva. Que tal um exercício? Responda às perguntas abaixo para traçar o perfil de uma persona do seu negócio e, depois delas, formule outras que possam te ajudar na hora de identificar o modus operandi de quem te procura. Vale até seguir o que grandes empresas fazem e dar um nome para cada personagem.

  1. Normalmente, quem te procura? A noiva, o noivo ou os pais?
  2. Qual a faixa etária desses clientes, mais ou menos?
  3. Qual a profissão deles?
  4. E os seus interesses e costumes? Você já identificou alguma relação entre eles, um interesse específico?
  5. Tem algum local específico que você geralmente faça as suas festas?

Gostou das nossas dicas sobre marketing digital? O assunto é complexo, mas vale a pena investir. Se tiver alguma dúvida, é só falar com a gente! #juntossomosinesqueciveis


CRÉDITOS: 1 Reprodução | 2 a 4 Aszmann

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.