Forbidden

You don't have permission to access /ines/css on this server.

Additionally, a 403 Forbidden error was encountered while trying to use an ErrorDocument to handle the request.


Apache/2 Server at opmln.com Port 80
IC Indica: Padres Para Casamento Em São Paulo - IC

IC indica: padres para casamento em São Paulo

Por  |  0 Comentários


Pensando em dizer sim na capital paulista – mais especificamente na Igreja Perpétuo Socorro? Então não deixe de conhecer três padres para casamento em São Paulo, em entrevista exclusiva para a IC, que podem fazer toda a diferença no seu grande dia!

10 dentre 10 experts no assunto casamento afirmam que uma cerimônia realizada por um celebrante que tenha algum tipo de ligação com os pombinhos se torna muito melhor e mais especial – independentemente de qual crença e/ou religião represente. E foi pensando justamente nisso que elaboramos a nossa pauta de hoje. É que se seu sonho é casar na Igreja Perpétuo Socorro, localizada no Jardim Paulistano (SP), com um histórico de mais de 300 casamentos ao ano (não à toa, é especializada no atendimento aos noivos!), temos uma boa notícia: conseguimos uma entrevista com três padres que realizam exclusivamente casórios na paróquia. É uma oportunidade e tanto de sabe um pouquinho mais sobre cada um deles, caso já os conheça, ou de fazer o primeiro (dos muitos) contatos que ainda estão por vir. Veja tudo agora!

PADRE EDUARDO CATALFO

Padres para casamento em São Paulo: Padre Eduardo Catalfo - Foto DivulgaçãoAo longo de toda sua careira, o Padre Eduardo Catalfo sempre conviveu com pessoas que se preparavam para o casamento. Foi por esse trabalho realizado na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, inclusive, que conseguiu se especializar no atendimento aos noivos e viver alegrias como vê-los voltar, após o casamento, para frequentar a Igreja, seja em missas e até mesmo no batismo dos filhos. “É gratificante poder fazer parte da vida destes jovens e acompanhar o amadurecimento que eles vão adquirindo com o passar do tempo. A convivência com os diversos profissionais e fornecedores que trabalham nesta área também ajudou a conhecer as necessidades deles e a evolução das tendências dos casamentos nos dias de hoje”, explica.

1. Qual o diferencial do seu trabalho?

A preparação para o casamento é a nossa prioridade pastoral. Temos uma cultura de acolher bem os jovens que nos procuram. Desde o primeiro contato no curso de noivos, nossa preocupação é fazer com que eles percebam que o casamento não é um evento qualquer. Para ser realmente inesquecível, ele deve ser um momento especial de Deus na vida do homem e da mulher. Conhecer os casais e corresponder às suas expectativas são as duas principais atitudes que orientam o nosso trabalho do começo ao fim.

2. O que simboliza firmar a união perante Deus e a igreja?

Sempre acreditei que o casamento é um momento especial de Deus na vida dos noivos. Mais do que um rito formal, o matrimônio é um vínculo profundo entre Ele e duas pessoas que se amam e que desejam partilhar a vida para sempre. A Igreja abençoa com alegria esta união de quem conseguiu encontrar um amor para toda a vida. Os casais agem corretamente quando se empenham em proporcionar para os seus convidados uma festa bonita e bem organizada, mas esta não é a razão principal da boda. Na origem, está o amor entre eles, e é muito importante ajudá-los a perceber que, antes de qualquer outra coisa, é um momento especial de Deus na vida de ambos.

3. O que pensa sobre a ligação dos noivos com o padre?

O contato prévio com o padre ajuda muito a tranquilizá-los, cria familiaridade e descontração. A celebração é sempre mais natural e espontânea quando os percebem que o padre não é um estranho diante deles. Os noivos que conseguem manter contato com o padre antes do grande dia sabem que terão uma celebração mais personalizada porque sempre ofereço a oportunidade de decidirem os detalhes da cerimônia. Tenho o privilégio de ser amigo e frequentar a casa de muitos que conheci quando ainda não eram casados.

4. Como elabora a homilia para a missa de casamento?

É sempre importante que tenham um contato pessoal com o padre alguns dias antes. É nesta hora que procuro conhecer melhor a história de vida deles, de tal modo que possa dirigir uma mensagem personalizada para o casal. Penso que o padre deve utilizar uma linguagem compreensível não só para os noivos e padrinhos, mas também para que os convidados se sintam bem e possam entender o significado da união na Igreja Católica.

5. Quais as principais dicas para ter uma cerimônia inesquecível?

É sempre recomendável cuidar antecipadamente dos detalhes do evento, mas é importante ter em mente que nenhum imprevisto deve tirar o foco do essencial. O que vai realmente tornar o grande dia inesquecível é a segurança de ter encontrado um amor para toda a vida. A festa deve ser bonita, alegre e emocionante. No entanto, o essencial é não se esquecer de que ele deve ser um tempo de Deus na vida dos noivos. O casamento religioso lembra que Ele quer participar desta nova vida que os jovens começam a construir.

Padres para casamento em São Paulo: Igreja Perpétuo Socorro - Foto Ricardo Hara

DOM JOÉRCIO GONÇALVES PEREIRA – BISPO EMÉRITO DE COARI (AM)

Padres para casamento em São Paulo: Dom Jorércio - Foto DivulgaçãoNascido em 1953 e ordenado sacerdote em 1983, o Dom Joércio Golçalves Pereira trabalhou no campo da formação de novos sacerdotes e por seis anos no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP). No ano de 2006, o Papa Bento XVI o nomeou bispo para Diocese de Coari, no Amazonas. “Minha trajetória foi bem diversificada e tive contato com realidades bem diferentes no campo da pastoral. Sempre pude oferecer muitas coisas, mas certamente recebi também muitas outras no contato pastoral, especialmente no acompanhamento dos jovens que se preparam para o casamento”, explica o padre, que atualmente mora e ajuda na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

1. Qual o diferencial do seu trabalho?

Acolher bem os casais. Ser próximo deles e ajudá-los para que possam ficar calmos e tranquilos para a celebração. Também o fato de no altar pegar nas mãos deles, ajuda a tirar as tensões, a se acalmar e poder tirar proveito da celebração. Quem realmente celebra o matrimônio não é o padre, mas o casal juntamente com Deus. O consentimento é que faz a boda e ajuda-os na vivência não só no momento celebrativo, mas durante toda a vida. Acolho, então, com alegria, sabendo descontraí-los e se possível acompanhando-os durante a vida.

2. O que simboliza firmar a união perante Deus e a igreja?

O casamento não é uma pura convenção social ou humana, ele é de Deus. Sendo querido e abençoado por Ele, se torna um sacramento, ou seja, um sinal do amor Dele para com duas pessoas. Antes de um escolher o outro para serem felizes, a escolha primeira tem que ser a de Deus. É uma aliança Dele com o casal, para que um se torne um grande presente para o outro. Ele quer abençoar o homem e a mulher e a Igreja é a outra família que temos pelo nosso batismo, então nada melhor que ser visualizado na comunidade cristã.

3. O que pensa sobre a ligação dos noivos com o padre?

Acredito não só ser bom, mas necessário para se tornar uma celebração mais real, viva e participativa. É muito bom o padre conhecê-los, saber como tudo começou desde o primeiro olhar e como esse amor foi amadurecendo para chegar neste momento celebrativo. Ouvi-los antes enriquece e ajuda a celebração ser mais real e personalizada.

4. Como elabora a homilia para a missa de casamento?

Em toda celebração cristã e em todos os sacramentos, Deus tem uma palavra a dizer. No matrimônio, é importante a escolha e a atenção em ouvir a palavra Dele. Deus fala ao coração do casal e aquela palavra deve embalar toda a vida matrimonial. Outra coisa importante é a participação dos convidados na celebração: eles não estão ali só para assistir ao casamento, mas para rezar pela nova família.

5. Quais as principais dicas para ter uma cerimônia inesquecível?

Primeiramente a alegria pela união. A harmonia nos enfeites, na música, nas fotos. Outra coisa importante é a presença dos pais e a boa escolha que fizeram dos padrinhos e madrinhas. Quanto mais simples for, mais bonito fica a celebração – principalmente com a ajuda dos cerimonialistas, para que tudo comece bem e termine bem. O restante é que sejam felizes para sempre.

Padres para casamento em São Paulo: Igreja Perpétuo Socorro - Foto Divulgação

PADRE CARLOS ARTUR ANNUNCIAÇÃO

Padres para casamento em São Paulo: Padre Carlos Artur - Foto DivulgaçãoEle é o Padre Carlos Artur Annunciação, missionário redentorista, paulistano, com 41 anos de sacerdócio e passagem de 5 anos nas missões populares. Na formação, foi por nove anos superior e diretor do Seminário Redentorista Santo Afonso em Aparecida (SP), basilical e reitor no Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (SP) por quase duas décadas, superior e reitor na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em São João da Boa Vista (SP), ao longo de três anos e, por fim, paróco por quatro anos na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (SP). Há um ano, se fixa nela como vigário paroquial.

1. Qual o diferencial do seu trabalho?

A seriedade, a alegria, o acolhimento, a paciência e o desejo real de que os noivos se sintam bem na celebração, e sejam pessoas realizadas, abençoadas e felizes.

2. O que simboliza firmar a união perante Deus e a igreja?

Mais do que simbolizar, o sacramento do matrimônio realiza a união indissolúvel e perpétua do homem e da mulher, no amor, perante Deus e o Povo de Deus (Igreja). Essa união é tão íntima que os torna um só corpo e um só espírito. “Já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu o homem não separe”. Mc 10,9.

3. O que pensa sobre a ligação dos noivos com o padre?

É muito interessante e importante que conheçam o sacerdote, testemunha qualificada da celebração, e tenham um relacionamento amigo e fraterno com ele, para que a celebração seja mais acolhedora, com mais sensibilidade e as palavras e gestos mais adequados.

4. Como elabora a homilia para a missa de casamento?

Na homilia da celebração matrimonial, deve-se focar alguns pontos essenciais: o amor mútuo, o respeito, a fidelidade de ambos, a indissolubilidade por toda a vida, a geração e educação dos filhos…

5. Quais as principais dicas para ter uma cerimônia inesquecível?

Uma boa preparação, com uma boa escolha das leituras bíblicas da celebração e das músicas, a preparação para receber o sacramento, a escolha dos padrinhos e das madrinhas, a decoração… Enfim, estar de coração aberto com fé e amor.

Padres para casamento em São Paulo: Igreja Perpétuo Socorro - Foto Divulgação

+ SOBRE A IGREJA PERPÉTUO SOCORRO

  • Diferencial da paróquia: o trabalho principal na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é o de atendimento dos noivos.
  • Média de casórios por ano: aproximadamente 300.
  • Custo da missa de casamento: para a celebração religiosa pedimos uma contribuição de R$ 2.500. A maior parte deste valor sempre é encaminhada para as obras sociais que são mantidas pela Igreja.
  • Religioso com efeito civil: é sempre muito prático e simples, principalmente para os que não fazem questão da formalidade da cerimônia no cartório civil. São quatro passos: 1) solicitar na Igreja onde a cerimônia vai ser realizada o requerimento de casamento religioso com efeito civil; 2) levar o requerimento no cartório mais próximo da residência do noivo ou da noiva, juntamente com o original dos documentos de certidão de nascimento, comprovante de residência, RG e CPF. Levar também duas testemunhas com o RG original; 3) o cartório estabelece um prazo para entregar a certidão de habilitação matrimonial e a ata do casamento, que deverão ser entregues na Igreja onde a cerimônia vai ser realizada e, finalmente, 4) após o grande dia, há um prazo de 90 dias para que a ata seja devidamente entregue no cartório com o reconhecimento de firma de todos os que assinaram o documento.
  • Tempo de antecedência: a igreja se empenha muito para tornar a agenda bem flexível, de tal modo que os noivos sempre conseguem escolher a melhor data para a celebração (há até a opção de casar aos domingos e feriados). Normalmente, com seis meses de antecedência é possível encontrar muitas opções de datas, no entanto, caso façam questão de dias e horários muito específicos, é sempre recomendável marcar o casamento com ao menos um ano de antecedência.

Gostou do IC indica com padres para casamento em São Paulo? Deixa sua mensagem nos comentários!


CRÉDITOS

1. Foca Foto e Vídeo | 2, 4 , 5, 6 e 7. Divulgação | 3. Ricardo Hara

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Uma sagitariana que tem a alegria como dom. É carioca, jornalista, tem 20 poucos anos e adora ser chamada de Duda. Como uma amante incurável de sorrisos e amores, espera que seu grande dia seja repleto deles. E que, assim como ela, você se torne uma multiplicadora fiel dessa dupla!