Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

O que os profissionais gostariam que vocês soubessem

Por  |  0 Comentários


2018 está batendo na porta e a palavra de ordem para esse novo ano é levantar poeira. Desconstruir. Construir! E não existe forma melhor de colocar isso tudo em prática do que começar os preparativos do casamento ouvindo um dream team de ponta, dos mais diversos segmentos, para descobrir o que eles gostariam que vocês, que estão com o pé no altar, soubessem –  e nunca mais esquecessem. Cola aqui que é só dica sucesso!

SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO EVENTO

Sem miséria! Embora possa ser mais caro, um bom cerimonialista possui um leque amplo de fornecedores, podendo passar a vocês o melhor custo/benefício de cada segmento. (Claudio Tironi)

Eles sabem o que dizem. Acreditem nas quantidades passadas pelos profissionais. Realizamos casamentos todo fim de semana e sabemos o quanto realmente é consumido de doces, bolos, bebidas, etc. (Claudio Tironi)

O casamento é de vocês! Priorizem o que gostam e não o que amigas e familiares querem que façam. Eles são apenas convidados, o casamento é de quem está casando. (Claudio Tironi)

Não economizem nos itens estruturais. Toldos, fechamentos, decks, banheiros químicos, geradores e qualquer outro serviço estrutural precisa ser de qualidade, até mesmo para proteger seus convidados. (Claudio Tironi)

Atentem para a logística. Moramos em uma cidade que possui muito trânsito, independentemente da hora ou dia, por isso é essencial prioriza tudo próximo, principalmente a casa de festas e a igreja. (Claudio Tironi)

Qualidade x quantidade. O que influencia muito no valor final do casamento é a quantidade de convidados. Então se o budget é enxuto, diminua a quantidade de convidados, mas nunca a qualidade da festa. Mais vale um evento menor, mas com excelência nos serviços e fornecedores, do que um maior sem qualidade alguma. (Claudio Tironi)

Por falar nisso… Miniwedding não é um casamento sem qualidade! É apenas um casamento pequeno. Como em qualquer outro, há nele tudo de muita qualidade e, às vezes, dependendo das atrações e serviços contratados, gasta-se até mais do que em um casamento maior. (Claudio Tironi)

Menos (com qualidade) é mais. Cuidado com exageros e escute quando o cerimonial disser que é demais. Um DJ, um MC, uma banda e uma dupla sertaneja pode parecer uma ótima ideia, mas na verdade cansa os convidados e tira o foco de vocês, que acabam se tornando meros expectadores. Um casamento com apenas um excelente DJ e uma atração especial é o indicado. (Claudio Tironi)

SOBRE CONVITES E IDENTIDADE VISUAL

Saibam quantos convites vão precisar. É imprescindível essa informação para realizar o orçamento, pois em 90% das reuniões, os clientes nem começaram a fazer a lista. (Eilá Nigri Design)

Referências à mão! Rústico, clássico, arrojado… Hoje tudo é possível! Não à toa fazer uma pesquisa e vir para a reunião com uma ideia do estilo que querem também é muito importante. Isso faz toda a diferença na identidade visual do casamento. (Eilá Nigri Design)

Mil e uma possibilidades. Os vários tipos de impressão têm preços muito diferentes. Sempre é bom conhecer um pouco de cada um deles e avaliar qual é o que mais agrada. Relevo americano, relevo frances, silk, laser, hot stamping… Tudo pode! Só precisa saber quanto querem pagar. (Eilá Nigri Design)

O detalhe final. O tipo de fechamento do convite faz uma enorme diferença no layout. Como há muitas possibilidades para apenas um convite escolhido – lacre de metal, lacre de cera, imã, broche, laço de fita… –, seria ótimo que já tivessem em mente como gostariam de fechar o convite. (Eilá Nigri Design)

Um must have! A identidade visual é a junção dos itens que compõem o clima do evento. Nessa composição, entra a logo do casal com a ilustração, que serão aplicados nos diversos detalhes da festa, tais como sandálias, caixas de lavabo, cardápios, painéis, pista de dança, caixas, etc. Então é ótimo quando já vêm com uma ideia para a festa. O briefing inicial é essencial para garantir o resultado perfeito. (Eilá Nigri Design)

SOBRE O PROJETO DECORATIVO

Referências importantíssimas. Não basta apenas pesquisar sobre os fornecedores em sites e revistas. Localizar pessoas que já os conhecem e que possam avaliar o trabalho exercito é de suma importância. (Maria de Lourdes Cunha)

Não tentem abraçar o mundo com os próprios braços. Na semana do casamento, e no dia do mesmo, muitos são os compromissos a serem executados.  É impossível curtir o dia tão sonhado caso não haja um profissional experiente e de confiança, responsável  pela coordenação desses trabalhos. (Maria de Lourdes Cunha)

Trabalho em dupla. Se houver um cerimonialista e um decorador contratados, é preciso que os dois entrem em perfeita sintonia e que fique bem claro os compromissos de cada um. Cada um deve estar munido de um checklist com horários de entrega e de material, para evitar confusões e atropelos. É importante que essa lista esteja de acordo com o tempo destinado à execução.  (Maria de Lourdes Cunha)

O decorador deve captar o perfil de vocês. Esse é o primeiro passo para o início dos trabalhos. A decoração da festa precisa refletir o gosto e o valor que vocês dão a cada detalhe. (Maria de Lourdes Cunha)

Exijam um projeto decorativo detalhado. É essencial saber não só a colocação ou distribuição de móveis, como também tipos de flores, toalhas, velas, paisagismo, etc. Não basta afirmar que a festa ficará de acordo com o que pediram – é preciso demonstrar! (Maria de Lourdes Cunha)

Por dentro das novas técnicas de planejamento e execução. Com a nova tecnologia, o computador oferece muitos programas específicos que podem ser utilizados na montagem de um projeto de decoração – não abram mão desse detalhe! (Maria de Lourdes Cunha)

O decorador é responsável pela coordenação dos trabalhos, mas precisa conhecer as pessoas a quem vai confiar a execução dos mesmos. Montar uma festa em um dia é um trabalho de extrema responsabilidade, tudo precisa ficar pronto no tempo marcado. Por esse motivo, o decorador precisa contratar empresas e/ou profissionais que lhe passem confiança e segurança na execução dos trabalhos. Pontualidade, compromisso e responsabilidade são itens fundamentais a serem observados na montagem de uma festa. E o preço mais em conta fornecido por algumas empresas não significa segurança. (Maria de Lourdes Cunha)

De corpo e alma presentes! Assumir o compromisso na organização e montagem de um evento significa estar presente. Delegar tarefas em função de vários compromissos assumidos para o mesmo dia pode ser comprometedor e perigoso. (Maria de Lourdes Cunha)

SOBRE BUFÊ

Cozinhar com amor e sabor faz toda a diferença! A essência e a filosofia da empresa de bufê contratada também devem contar na hora da escolha, porque carinho e respeito aos alimentos são importantíssimos. (Marias e Amélias Eventos Gastronômicos)

Eleitos a dedo. Conheçam muito bem o serviço escolhido e o profissional contratado, visando o espaço e a cozinha, e verificando assim se a escolha está de acordo com o que foi idealizado. (Marias e Amélias Eventos Gastronômicos)

Pensando (também) nos convidados. Façam sempre uma degustação e escolham o cardápio mais adequado ao perfil de vocês, mas não se guiem apenas pelo o que gostam – lembrem-se dos seus convidados. As escolhas precisam ser abrangentes, atendendo não só aos que comem de tudo, mas também aqueles que têm algum tipo de intolerância ou restrição alimentar (0% glúten, 0% lactose e veganos). (Marias e Amélias Eventos Gastronômicos)

Degustação individual é uma ótima pedida. Pois assim, vocês terão mais atenção e poderão escolher, com calma, as opções que mais gostaram, assim como excluir aquelas que não agradaram tanto. (Marias e Amélias Eventos Gastronômicos)

Informem a quantidade real de confirmados. O número de funcionários é definido de acordo com o número de convidados. Não adianta ter comida e não ter serviço que atenda às pessoas presentes com carinho e atenção. (Marias e Amélias Eventos Gastronômicos)

SOBRE OPENBAR

Credibilidade é tudo. Procurem por empresas que tenham reconhecimento no mercado. É muito importante que sejam sérias e comprometidas, para que não haja nenhum problema com o fornecimento do serviço no dia do casamento. (New Open Bar)

Busquem empresas antenadas no universo da coquetelaria. Drinques em alta, tais como Gin Tônica e Moscow Mule, podem se tornar um atrativo a parte para os convidados. Além disso, estar antenado com a tendência de comportamento do público é muito importante. (New Open Bar)

Carta de drinques personalizada. Esse já se tornou um item indispensável na hora de contratar um serviço de openbar. No momento da degustação para a escolha dos drinques, é muito importante entender o perfil de vocês e, assim, indicar os que mais combinam com o evento, além de criações personalizadas exclusivamente para ele. (New Open Bar)

Invistam também nas caipigourmet! Elas permitem uma interação criativa entre o bartender e o convidado através de uma combinação de frutas, destilados e especiarias, que conquistam tanto pela apresentação, como pelo sabor inigualável. (New Open Bar)

Entretenimento é uma ótima pedida! Diferente de antigamente, onde o entretimento do público se resumia à pirofagia, flag e malabares com garrafas, atualmente existem no mercado várias opções que levam os convidados a uma experiência única, como a saia e a régua de shot, drinques moleculares, jelly shot e bag drink. (New Open Bar)

SOBRE BOLOS E DOCES

Pesquisem muito! Antes do atendimento, façam uma pesquisa prévia sobre os estilos de bolo para que formem uma opinião sobre tal. Sendo assim, com o bolo já idealizado, nós conseguimos construir a melhor e mais perfeita opção para vocês. (Casal Garcia)

O bolo precisa conversar com o todo. Para que fique perfeito dentro do contexto da festa, é muito importante que o escolham de acordo com a decoração do evento. (Casal Garcia)

Acima de modismos ou tendências. O critério maior para escolher o bolo é a emoção, principalmente por ele fazer parte de uma foto certa do álbum de casamento. Daqui a dez anos, vocês não se lembrarão o que estava na moda ou não, e sim se recordarão a emoção que foi cortá-lo. (Casal Garcia)

A altura deve corresponder ao espaço e aos noivos. Por exemplo: um espaço com o pé direito superalto, indicamos sempre bolos com quatro andares ou mais. Essa dica também serve para casais que têm uma estatura muito alta. (Casal Garcia)

No caso de contratar cerimonial só para o dia da festa… É preciso preocupar-se em passar para os fornecedores todos os prováveis ajustes feitos com relação à decoração, número de convidados, horários da festa, etc. Esses fatores influenciam muito o nosso trabalho, porque a partir disso, fazemos alterações na paleta de cores usada no bolo e na embalagem dos bem-casados, além de ajustar a quantidade e o horário da entrega desses produtos. (Casal Garcia)

Barato que pode sair caro. Procurem o melhor valor – e isso nada tem a ver com o maior, mas sim com a qualidade encontrada em cada quitute. (Denise do Rego Macedo)

Beleza natural acima de tudo! Muitos decoradores ultimamente querem fazer volume na mesa usando formas gigantescas, mas esquecem que o mais importante é a beleza do doce aparecer. Ele tem que aguçar o olhar, o paladar, o aroma por si só. (Denise do Rego Macedo)

Quitutes no lugar ideal. Sempre indico manter os doces em forminhas apropriadas ou papel celofane, pois eles evitam que o ar condicionado ou o clima ambiente os ressequem. (Denise do Rego Macedo)

A mesa de doces é um grand finale. Por isso que todas as unidades devem estar dispostas nela, fazendo volume e chamando a atenção para si. (Denise do Rego Macedo)

Marmitinha porque sim! As caixinhas para levar os doces para casa são uma ótima opção sim. Elas podem ser ofertadas pelos cerimonialistas no final da festa, no momento em que as pessoas estiverem indo embora, e servem como uma ótima maneira de estender o casamento por mais tempo, pois os convidados podem saboreá-lo nos dias que seguirem. (Denise do Rego Macedo)

SOBRE FOTO E VÍDEO

De olho nas restrições. Antes de fecharem com qualquer igreja, pesquisem sobre ela e conheçam as regras existentes – em especial, se o fotógrafo e/ou videomaker terão algum tipo de restrição. Em alguns casos, não é permitido que os profissionais subam ao altar. (Giovani Garcia Fotografia)

Inspirações x reproduções. Entendam que nem sempre é possível reproduzir as inspirações selecionadas, principalmente pelo fato de que cada foto tem uma relação com as condições daquele momento. O ideal, então, é eleger alguma para o fotógrafo captar como uma linha de raciocínio e deixar que ele trabalhe em cima da energia e da vibe de vocês. O bacana é não perder tempo reproduzindo algo fake, e sim ganhar tempo tentando absorver o máximo de personalidade e espontaneidade de vocês como casal. (Giovani Garcia Fotografia)

Os cuidados com o making of. O making of é o momento onde tudo começa a acontecer, é a engrenagem para o grande dia. Por isso é essencial sempre deixar amarradinho o horário com o maquiador e cabeleireiro – as provas antes do casamento são uma ótima opção para cronometrar o tempo utilizado –  e também o da chegada na cerimônia. Isso reduz bastante as chances de não conseguir tirar as fotos posadas quando estiver totalmente pronta e vestida de noiva. (Giovani Garcia Fotografia)

SOBRE TRILHA SONORA

Atenção às restrições. Antes de reservar a data na igreja, para que não haja nenhuma dúvida, verifiquem qual repertório é permitido. Assim, a orquestra pode tocar as músicas escolhidas sem nenhuma surpresa ou constrangimento. ()

Certas economias podem estragar um sonho. Por isso, não poupem esforços para investir nos músicos do casamento. Ter uma orquestra tocando para receber os convidados e/ou executando toda a sua trilha sonora, por exemplo, é algo mágico. ()

Acreditem: a música tem poder de transformar a cerimônia. Ela será a lembrança emocional e um fator determinante para tornar o momento ainda mais inesquecível. ()

Sinta-se uma rainha sem medo! Muitas noivas não se sentem à vontade para entrar com uma fanfarra de trompetes triunfais, tudo porque não estão acostumadas a ser o centro das atenções. Mas saiba que você tem o direito de se sentir especial nesse dia. Use e abuse disso! ()


CRÉDITOS

1, 17, 18 e 19. Giovani Garcia Fotografia | 2. Sabrina Vasconcelos | 3. Georgeana Godinho | 4, 5 e 6. Divulgação Eilá Nigri Design | 7 e 8. Divulgação Maria de Lourdes Cunha | 9. Paulo Henrique Lima | 10. Malu Vieira | 11. Gabriel Resende | 12 e 13. Tai.Ravedutti Fotografia | 14, 15 e 16. Marina Fava | 20. Momento Fotográfico

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Uma sagitariana que tem a alegria como dom. É carioca, jornalista, tem 20 poucos anos e adora ser chamada de Duda. Como uma amante incurável de sorrisos e amores, espera que seu grande dia seja repleto deles. E que, assim como ela, você se torne uma multiplicadora fiel dessa dupla!