Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Data do casamento: saiba de quais você deve correr

Por  |  3 Comentários


Ficaram noivos e não sabem como escolher a data do casamento? Nós te ajudamos dizendo quais nem devem ser cogitadas!

Não é segredo para ninguém, definir a data do casamento deve estar no topo da lista de afazeres dos casais prestes a pisar no altar. Claro que a escolha pode ser adiada se o sonho dos noivos for celebrar a união em um local específico, já que tudo dependerá da disponibilidade da empresa em questão.

Ainda assim, bater o martelo em relação ao dia do enlace sempre será uma das prioridades e, para o bem dos convidados e sanidade mental do casal, é importante que isso aconteça com o máximo de antecedência possível.

A decisão é bastante particular e, ao menos que pretendam coincidir o casamento com uma data significativa, costuma gerar muitas dúvidas. Pensando em diminuir o número de possibilidades: listamos neste post as datas proibidas para qualquer festa. Fuja delas!

1. NADA DE COMPETIÇÃO: CUIDADO COM A SOBREPOSIÇÃO DE EVENTOS!

O primeiro passo é analisar se existe algum evento, na sua família ou entre amigos mais próximos, que possa competir com o seu casamento. O cerimonialista Vinicius Favale, da Múltipla Eventos e Comunicação, explica: não é legal marcar a festa para o mesmo fim de semana da formatura de uma prima, por exemplo.

Data do casamento - Vestido de noiva - Foto:

2. CARNAVAL: MINIFÉRIAS NACIONAL

Convenhamos, esse é um feriado que para o país. Mesmo quem não gosta de cair no samba costuma aproveitar o clima de festa para agendar viagens, então marcar um casamento para esse período pode implicar em um número elevado de faltantes. Portanto, só vale a pena cogitar os dias de folia se estiver planejando um destination wedding ou uma cerimônia que tenha o Carnaval como tema.

“Até a sexta de Carnaval acho que ainda é viável fazer uma festa. De sábado a quarta, melhor evitar”, pontua Favale.

E, afinal, quando cai o feriado de Carnaval dos próximos anos?

2017 – 28 de fevereiro

2018 – 13 de fevereiro

2019 – 5 de março

Data do casamento - Cerimônia no Carnaval - Foto: Luiz Prado

3. NATAL + RÉVEILLON: COMBO DA BLACKLIST

Essas são datas proibidas para qualquer casamento. Ainda que ele tenha uma pegada de homewedding superintimista, vale a pena conferir se ninguém na lista de convidados tem planos de passar a data em outro lugar. Para a cerimonialista Cinthia Rosenberg, o prazo máximo para realizar uma festa é o último fim de semana antes do Natal. Depois disso, melhor deixar para a segunda quinzena do ano seguinte.

“A primeira semana de janeiro é complicada, muita gente ainda não voltou de férias”, justifica a profissional.

Data do casamento - Foto: Marina Lomar

4. DIA DAS MÃES E DIA DOS NAMORADOS: IMPACTO DIRETO NOS CUSTOS

Nessas duas datas, a procura por flores – especialmente em tons de vermelho e rosa – aumenta exponencialmente. Aí é aquela velha história de oferta versus demanda: quanto mais gente procura um produto, mais alto ficará o seu preço.

“As pessoas costumam evitar o Dia Das Mães até por ser um domingo. No sábado anterior elas até casam, mas eu não aconselho muito. Neste ano eu tive um exemplo bem típico: a noiva queria uma decoração com flores vermelhas e a produção ficou bem mais cara do que se fosse em outra data”, conta Cinthia.

Dia dos Namorados: sempre no dia 12 de junho

Dia das Mães: 2017 – 14 de maio  |  2018 – 13 de maio  |  2019 – 12 de maio

5. OUTROS FERIADOS: OS PRÓS E CONTRAS

De acordo com Favale, os demais feriados não são tão problemáticos para a ocorrência de um casamento. Cinthia concorda. Para ela, há cada vez menos datas proibidas – mas é claro que cada período tem lados positivos e negativos.

“Feriados em geral são interessantes para quem tem muitos convidados de fora, porque fica mais fácil eles se planejarem e se deslocarem para o local da festa. Já para quem não tem esse tipo de público na lista de convidados, são uma data complicada. Você corre o risco das pessoas se programarem para uma viagem e aí quebra de convidados é bem maior”, argumenta.

Data do casamento - Destination Las Vegas - Foto: Crazy Little Thing


Leia mais

+ Como não se enrolar com os preparativos do casamento

bg-divisoria

+ O que fazer quando só faltam 7 dias para o grande dia?

bg-divisoria

+ 17 perguntas que você deve fazer para o cerimonialista


6. MESES CHUVOSOS, NO CASO DE CERIMÔNIAS AO AR LIVRE

No planejamento de um evento com essa importância, uma coisa leva à outra. Se o sonho do casal é casar na praia, no campo ou em qualquer lugar a céu aberto, melhor evitar meses chuvosos. “No Brasil esse período vai mais ou menos de dezembro a março”, diz Favale.

Data do casamento - Festa ao ar livre - Foto: Juliana Pessoa

7. ANOS BISSEXTOS

Anos bissextos são aqueles que têm um dia extra, ficando com 366 no total. Eles acontecem a cada quatro anos, exceto nos múltiplos de 100 que não são múltiplos de 400. Complicado, né? Esqueçam as contas, o que importa é: o casal pode até realizar o enlace no dia 29 de fevereiro (de acordo com Favale, isso acontece com certa frequência), o problema está em como comemorar o aniversário de casamento anualmente.

Tenham em mente: este ano foi bissexto, então o próximo é só em 2020. Tempo suficiente para se planejar, não é mesmo?

Data do casamento - Save the date - Foto: Dbecher Photographers

8. EVENTOS ESPORTIVOS DE GRANDE MAGNITUDE: CUIDADO!

Na visão de Flavia Cavaliere, da Cerimoniale Flavia Cavaliere, um evento de grande porte sempre influencia a agenda social de qualquer cidade. Copa do Mundo e Jogos Olímpicos são dois ótimos exemplos que, nos últimos tempos, se tornaram uma realidade para o Brasil. A cerimonialista pontua que, nesses casos, é normal haver um acúmulo de demanda nos meses vizinhos ao acontecimento.

Ainda assim, ela analisa que a Olimpíada não gerou tanto receio entre noivos como aconteceu em 2014. “Eles não queriam marcar seus casamentos na Copa, com medo de coincidir com a data de um grande jogo”, lembra. O grande problema dos jogos deste ano está na logística de produção do grande dia.

“É preciso observar se haverá desvio de trânsito ou alguma interdição que impedirá o acesso de caminhões para a montagem da festa ou dos convidados para o horário do evento. Dependendo da localização pode ser preciso repensar a logística, negociando com o salão a antecipação das entregas para a véspera ou pedindo autorização especial aos órgãos públicos para acesso dos convidados.”

VOCÊ SABIA?

⇒ “Cada vez mais os noivos procuram serviços de numerologia antes de escolher a data do casamento” (Cinthia Rosenberg)

⇒ “Datas cabalísticas, como 7/7 ou 11/11, são muito procuradas” (Múltipla Eventos e Comunicação).

 “Por conta da crise, muitas pessoas têm procurado casar em meses mais baratos, principalmente no primeiro semestre” (Cinthia Rosenberg).

 “Se você tem alguma madrinha ou padrinho que sejam judeus ortodoxos, eles provavelmente não irão ao seu casamento se ele for em um sábado, em respeito ao Shabat. Prestem atenção nisso!” (Cinthia Rosenberg).

Anotou as dicas no caderinho? Se ficou alguma dúvida sobre quais dias evitar quando for escolher a data do casamento, escreva para a gente!


CRÉDITOS

1- Reprodução  |  2-  |  3- Luiz Prado  |  4- Marina Lomar  |  5- Lauro Maed  |  6- Rodrigo Sack  |  7- Crazy Little Thing  |  8- Juliana Pessoa  |  9- Dbecher Photographers  |  10- Feith Studio

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.