Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Casamento ao ar livre: 13 dicas para evitar imprevistos

Por  |  1 Comentário


Aquele pensamento positivo para o sol dar o ar da graça num dos dias mais importantes da vida do casal sempre vai existir… Mas nada de grandes apreensões! Saiba como se programar para superar as mudanças climáticas

Quem sonha dizer sim na serra também idealiza um autêntico casamento ao ar livre. No entanto, o desejo vem acompanhado das preocupações com a meteorologia. Claro que, no mundo ideal, o sol é convidado de honra, mas nem sempre tudo ocorre as mil maravilhas. Por isso, é preciso estar preparada para possíveis imprevistos, afinal – não cansamos de dizer – planejamento é tudo. Conversamos com profissionais locais para saber como contornar determinadas situações sem comprometer o sucesso e – por que não? – a beleza da festa. 

banner-vida-de-noiva-yael-cohen

DRIBLANDO IMPREVISTOS 

“Escolha de Sofia”: para não ter a chuva como convidada inesperada, opte por meses mais secos, como julho e agosto, porque sua incidência é menor. Porém, prepare-se para o frio! (Mônica Fernandes) 

O combinado não sai caro: faça um planejamento de custos, considere possíveis mudanças de posicionamento da cerimônia e de móveis para não ter nenhuma surpresa desagradável (Vivian Lahr – MEventos Produções)

Melhor prevenir do que remediar: verifique se o local do casamento oferece área coberta. Caso não haja essa opção, o ideal é acompanhar as previsões meteorológicas e contratar uma cobertura (Mônica Fernandes) 

casamento-ao-ar-livre-foto-divulgacao

EM AÇÃO!

Timming: a hora certa de acionar o toldo varia de acordo com o tamanho do casamento. Se for um evento grande, não pode haver riscos. Já numa festa menor, é possível utilizá-lo ou não, mas tudo dependerá da complexidade da estrutura, da decoração e do horário (Mônica Fernandes)

Plano B: em função das variações climáticas, a troca de decoração do espaço A para o B, por exemplo, deve ser feita no prazo limite – sem haver prejuízos, claro – para o casal não deixar de realizar o sonho do casamento ao ar livre (ProMolter Produções)

Banner-toldos-coberturas

Feito sob medida: além do toldo, contrate um piso para proteger os convidados da chuva que corre pelo chão. Quanto ao vento, fechamentos com biombo treliçado, cortinas retráteis transparentes e até paredes de tecidos podem ambientar e resguardar o espaço de acordo com o projeto da decoração (Seriflex) 

Trio de peso: agende uma visita técnica ao local com a empresa, responsável pela instalação da cobertura, o cerimonial e o decorador para definir o melhor lugar para montar a estrutura. Beleza, funcionalidade e praticidade devem andar lado a lado! (Vivian Lahr – MEventos Produções) 

O barato pode sair caro: reserve a estrutura para ser instalada. Caso não seja utilizada, é melhor arcar com o custo de 30%, referente à preparação do material e aos funcionários que ficaram à disposição do evento, do que passar apuros (Seriflex) 

casamento-ao-ar-livre-cobertura-foto- divulgacao

CONFORTO E BELEZA EM PRIMEIRO LUGAR

Intacta dos pés a cabeça: buscar caminhos cobertos e aproximar o carro o máximo possível da entrada da cerimônia são cuidados imprescindíveis para não estragar o look da noiva em dias chuvosos, mas o bom e grande guarda-chuva não pode faltar! (Mônica Fernandes) 

Mil e uma possibilidades: deixe o profissional criar, mas arranjos aéreos, paisagismo, velas, tecidos são boas alternativas para integrar o toldo à decoração (ProMolter Produções) 

Temperatura ideal: como o clima da região é sempre mais frio, presenteie as convidadas com pashminas e utilize aquecedores ou lareiras portáteis para tornar o ambiente mais agradável e acolhedor (Mônica Fernandes)

Verão serrano: caracterizada por dias quentes e noites frescas, a época dispensa o uso do ar condicionado. Porém, não abra mão de um gerador. Nada de confiar na concessionária de energia elétrica ou na natureza, seja em qualquer estação do ano! (Vivian Lahr – MEventos Produções)

Look at the sky: já que o cenário é o protagonista da decoração, explore ao máximo a luz natural para cerimônia e, caso a recepção seja à noite,  aposte num bom projeto de iluminação (ProMolter Produções)

casamento-ao-ar-livre-decoracao-foto divulgacaocasamento-ao-livre-noiva-protegida-chuva-fotos-fabio-lacerda-Bruno-Schonfeldercasamento-ao-ar-livre-mesa-de-cha-foto-Bruno-Mattos-Fotografia

Conhece nosso Guia de Fornecedores? Veja quem são os profissionais mais indicados pela Inesquecível Casamento e acerte na escolha!


CRÉDITOS

1 e 2. Bruno Mattos Fotografia | 3, 4 e 5. Divulgação Seriflex | 6. Fábio Lacerda | 7. Bruno Schonfelder

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Carioca que, depois de começar a escrever sobre amor, conheceu um mineiro especial e agora sonha mais do que nunca com o grande dia. Divertida, decidida – às vezes nem tanto – quer levar a você o melhor do mundo wedding para que um dia, assim como ela, possa subir ao altar do jeitinho que imaginou.