Casamento antigo: Renata & Paulo Fraga

Por  |  0 Comentários


Embarque nessa viagem junto com a IC! E descubra o que as noivas trouxeram de casamentos antigos, como de Renata e Paulo, para o século XXI.

Um resgaste ao passado! Não há definição melhor para contextualizar essa sessão especial. Afinal, tudo que sabemos hoje devemos à história. E no quesito casamento, não é diferente. Voltamos à década de 1980 e fizemos um retrospecto do que mudou de lá para cá no mundo wedding. Para nos acompanhar, convidamos a socialite Renata Fraga e o economista Paulo Fraga para serem nossos guias nessa viagem ao túnel do tempo.

casamento-antigo-entrada-da-noiva

Os dois se conheceram através de um amigo em comum durante uma viagem dele a São Paulo, cidade natal dela. E como Paulo é carioca, foram dois anos e meio de ponte aérea Rio-São Paulo até que o no dia 31 de dezembro de 1984, aniversário de Renata, veio o pedido de casamento. Desde então, são 30 anos de casados e dois filhos: Roberto, 28, e Rafael, 25.

casamento-antigo-look-da-noiva

1985

  • Cerimônia: Igreja São José – São Paulo
  • Recepção: Residência da família do noivo
  • Tempo de organização: 6 meses
  • Highlight: flores do decorador e assessor Wilson Dimitrov
  • Dificuldade: a igreja só permitia que floristas de fora fizessem a produção da nave uma vez por mês. Apesar de não haver mais vaga no mês de agosto, Renata não se conformou e fez valer a sua vontade
  • Não podia faltar na festa: bom champanhe e boa música
  • Bolo de casamento: baixo e sem confeitos
  • Vestido de noiva: clássico com mangas, ombreiras e babados. A única restrição de Renata, quando chegou a tradicional maison Madame Rosita, era um modelo sem rendas
  • Grinalda: peça delicada de cristais, assinada pela Dior
  • Atemporal: orquídeas e a música Pompa e circunstância
  • Sem arrependimentos: Renata conta que curtiu cada momento do casamento e, como não existia a figura do cerimonialista, cuidou de todos os detalhes sozinha

2015

  • Cerimônia e recepção: os casamentos são realizados em espaço para festas, fazendas, praias e destinos badalados. Embora a maioria case na igreja, não há mais essa obrigação
  • Tempo de organização: tudo é adaptável e possível! No entanto, geralmente, são 12 meses para organizar tudo
  • Highlight: arranjos aéreos e mix de estilos
  • Dificuldade: decoração compartilhada na igreja
  • Não pode faltar na festa: bebidas e boa música continuam sendo indispensáveis, porém, bufê e cerimonial se tornaram fundamentais
  • Bolo de casamento: ombrée; fake; colorido; pintado à mão; naked cake; clássico, com muitos andares
  • Vestido de casamento: liberdade e ousadia! Transparências, decotes, texturas e pedrarias definem o vestido de noiva do século XXI
  • Grinalda: não faltam opções entre tiaras, fascinators, voilettes, headbands
  • Atemporal: orquídeas, a música Pompa e circunstância e a cor branca
  • Sem arrependimentos: focar no casamento do jeito que o casal sonhou e aproveitar cada segundo – isso nunca sairá de moda! Contratar um cerimonialista também ajuda a minimizar qualquer frustração, já que hoje um casamento pode ter em média 80 fornecedores para administrar

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Carioca que, depois de começar a escrever sobre amor, conheceu um mineiro especial e agora sonha mais do que nunca com o grande dia. Divertida, decidida – às vezes nem tanto – quer levar a você o melhor do mundo wedding para que um dia, assim como ela, possa subir ao altar do jeitinho que imaginou.