6 inspirações para discursos de casamento

Por  |  1 Comentário


Não se preocupe com protocolos e convide quem de fato é importante para sua vida e do casal. Um conselho: prepare-se, porque você pode se surpreender!

São muitos detalhes na vida da noiva, mas hoje vamos falar de um assunto que envolve especialmente a cerimônia. Só na celebração, são mil e uma decisões entre decoração, damas e pajens, e não menos importante, o discurso. Engana-se quem acredita que essa é apenas uma tarefa do celebrante. Amigos, padrinhos, familiares também podem se arriscar. Por isso, selecionamos 6 discursos de casamento para inspirar vocês e seus convidados. Se nunca pensou em chamar alguém para desempenhar essa difícil missão, vale a pena começar a repensar a ideia. Tenha a certeza que esse será um dos momentos mais emocionantes e – inesquecíveis – do seu dia. 

guia-de-dj-casamento

Clique e baixe grátis!

DISCURSO DE MÃE

Ninguém melhor do que ela para falar dos noivos, afinal acompanhou a (o) filha (o) a vida toda e soube receber o genro ou nora de braços abertos. Renata e Diego Paraíso sabem exatamente como é sentir esta emoção. As mães emocionaram a todos, quando assumiram o microfone.

“Já que vocês se comprometeram com a felicidade um do outro, o desejo estará criando novas e profundas raízes. Eu, como mãe e sogrinha, estarei de coração aberto para vocês. Contem sempre com meu amor e carinho. E se não for pedir muito, espero uns netinho, tá?!” Mãe de Diego

Discursos para casamento de mãe - Foto Yuri Sardenberg e Aninha Monteiro

“Muitas pessoas passam pela vida e não encontram seu grande amor. Continuem vivendo intensamente o de vocês. Renata, Diego, vocês tem a minha benção e o meu desejo é que ainda hajam muitos outros 10 anos pela frente. Um beijo carinhoso, contem sempre comigo, Mamy e sogrinha, é assim que ele me chama.” Mãe de Renata

Discursos para casamento de mãe - Foto Yuri Sardenberg e Aninha Monteiro

DISCURSO DE IRMÃ

Você e ela com certeza têm muita história para contar, seja das mil confidências, que uma fez para outra, ou das milhões de brigas. Verdade é que sua irmã esteve presente em boa parte da sua vida e foi o melhor presente que os seus pais já lhe deram quando era criança – ou não. Brincadeiras à parte, ela provavelmente vai ser de grande ajuda nos preparativos do casamento, então por que não convidá-la para dar um depoimento sobre tudo que viveram e, de quebra, falar sobre o maridão que está por vir?! Roberta Gouvea recebeu esse presente de sua irmã, Renata Rodrigues, e dividiu conosco esse momento.

Discursos para casamento de irmã - Foto Layla Eloa

“Hoje é um dia agraciado pelo Divino, que está em toda parte, no ar que respiramos, nesta linda paisagem… Vamos fazer um minuto de silêncio em nome deste momento, em homenagem a todos que tiveram a grandiosa oportunidade de estar aqui, abençoando e desejando tudo de melhor para a Roberta e o Luiz. Um momento de silêncio de olhos abertos para este paraíso! Um momento de silêncio em homenagem aos nossos pais e ao verdadeiro sentindo da palavra: Amor!

Este paraíso veio até o casal e a todos nós que vivenciamos e compartilhamos esta bela história cheia de vontade e perseverança que tentarei traduzir aqui da forma mais visual e bela possível. Dentro desta caixa está todo o simbolismo que todos devem sempre lembrar em todos os momentos de suas vidas – nunca esquecer a verdadeira e única importância de cuidarmos do nosso jardim, assim elas nunca deixaram de estar presentes: as borboletas!”

O discurso foi encerrado com uma linda revoada de borboletas. Não é lindo?!

Discursos para casamento de irmã com revoada de borboletas - Foto Layla Eloa

E não é só a irmã da noiva que tem vez. Ana Carolina Portella fez bonito no casamento do irmão e todos foram às lagrimas, principalmente, Natalia Montenegro e Felipe Magalhães.

“Gostaria de agradecer aos noivos pelo convite para falar num dia tão especial. Estou muito feliz por estar aqui. Estou um pouco nervosa por isso vou começar contando uma história. Era uma vez um rapaz franzino, de cabelos louros, encaracolados – bondade minha dizer encaracolados –, muito tímido que gostava de estar ao ar livre. Tinha uma habilidade incrível com eletrônicos, e uma cabeça lógica invejável. No CEA, ele já era capaz de resolver os meus problemas de física e matemática do primeiro ano, o que lógico me deixava enfurecida. Ele nunca foi um garoto muito convencional, não curtia jogar futebol, basquete e handbol, mas adorava cavalos, e a equitação foi seu esporte por alguns anos. Foi neste ambiente que fez seus melhores amigos. Como sempre foi um cara gente boa, agregava os amigos do colégio, do condomínio, do clube formando um time inseparável de companheiros de uma vida inteira.

Felipe sempre foi destemido. Um cara de muita fé, acreditou sempre nele mesmo e nos seus objetivos. Com muita luta, teve uma carreira profissional de muitos sucessos e sempre soube o que queria.  Mas algo estava faltando. Quando, um dia, ele me disse: “Carol acho que encontrei a mulher da minha vida”. Havia um novo brilho no olhar. Algo tinha mudado naquele garoto de São Conrado. Acho que nós, irmãs mais velhas, temos um quê de maternal em relação aos caçulas.  Tentamos protegê-los, somos levemente ciumentas – só levemente –, mas naquele dia soube que meu irmãozinho tinha finalmente encontrado alguém especial.

Natalia trouxe o que faltava. Seja bem-vinda, minha querida, a nossa família! Cuide bem do meu irmão. O Felipe é um cara especial. Fico muito feliz com esta união e tenho certeza que é um encontro de almas gêmeas. Um casal gostoso de estar por perto, que conversa apenas com o olhar, com cumplicidade, onde um conhece o outro e sabe se respeitar. Agora estão começando a construir uma linda família, uma tarefa deliciosa, mas nem sempre muito fácil. Continuem se respeitando, deem muita risada juntos e levem a vida de forma leve! Nunca percam esse brilho.

E que venham os filhos, estou torcendo que não demore muito para enchermos a fazenda de crianças, afinal meus filhos querem primos, por favor! Contem comigo sempre! Sou uma admiradora e testemunha da conquista de vocês de estarem aqui, hoje,com uma relação tão forte e emocionante. Desejo a vocês toda felicidade deste mundo e uma vida inteira de alegrias.” 

Discursos para casamento de irmã - Foto Thiago Okimoto

Andrea Hernandes e Felipe Angelini também tiveram essa felicidade ao ver a irmã dela, Juliana Hernandes, no meio da cerimônia, com microfone na mão. 

“Dé e Fi, não sei se já se deram conta da grandiosidade disso tudo! Além dessa festa linda, da lua de mel top, do apartamento delícia que estão comprando, das dívidas que passaram a dividir, e do amor que estão compartilhando de pertinho a cada dia, agora vocês começam a construir a própria família. (…) Exigirá boas doses de respeito e amor, para não dizer muuuita paciência! E que terá que agregar e fazer parte daquelas outras duas famílias que criaram, educaram e transformaram vocês no que são hoje.

Vocês já moram juntos há um tempinho, então o teste drive está feito e não temos que ter grandes preocupações em relação à adaptação e convivência… Mas depois que toda essa euforia do casamento passar, serão vocês no dia a dia… E, na verdade, é aí que o negócio fica bom! Cada detalhe, cada descoberta, cada incomodo ou alegria, cada momento compartilhado…Tudo isso passa a fazer parte de um sentimento de “viveremos juntos para sempre!” que inunda nosso corpo e coração.

Delicioso saber que você tem aquela pessoa ali, do seu lado, por você e com você! Delicioso acordar com a sensação de bem estar e missão cumprida, porque divide a cama (e a vida!) com uma pessoa incrível! Delicioso ter com quem dividir as frustrações e alegrias! E, mesmo com tudo isso (e contrariando os românticos de plantão), também é delicioso saber que vocês são duas pessoas, diferentes, e que mesmo depois do casamento, ainda continuam sendo dois indivíduos, duas personalidades, duas vidas, que por escolha estão juntas, se complementando!

Eu sei que pra Dé tudo isso é a realização de um desejo lindo… mas confesso que foi beeem surpreendente e gostoso ver como o Fi incorporou e curtiu toda essa ideia de casar e ter uma nova família! A Dé, no fundo, é uma romântica como eu, que foi criada por pais que estão juntos desde a adolescência e casados desde os 18 anos! Que sempre recebeu todas as lições sobre respeito e amor ao próximo! Apaixonada pela vida! Movida por bons momentos! Impulsiva, corajosa, leal, parceira… A melhor parceira que eu poderia ter! A irmã que, se não fosse minha por obra do destino, com certeza eu teria encontrado pelos caminhos da vida! Encontrado, abraçado e agarrado pra mim! (…)

Pra finalizar, dei-me o direito de, em nome das nossas famílias, desejar a vocês algumas coisas que considero essenciais:

Que o amor seja regado dia após dia

Que o respeito seja a base de tudo

Que a diversão sempre recomece

Que os momentos bons sejam muitos e relembrados quando for necessário

Que os momentos ruins sirvam de aprendizado, mas que não ganhem um peso maior do que se deve

Que vocês tenham uma vida linda pela frente e que todos estejam juntos para ver e compartilhar tudo isso!”

Discursos para casamento de irmã - Foto JR Studios por Felipe Rezende

Não acabou por aí…

DISCURSO DE PADRINHO DE CASAMENTO

O casal ainda foi agraciado com um segundo discurso, de um amigo do noivo, que teve a honra de ser padrinho.

“Dea e Fi, afilhados queridos! Encontrar as “melhores palavras” para as “melhores pessoas” pode parecer algo fácil, mas só parece. Mais que uma honra, é uma grande responsabilidade falar em nome da amizade e do amor, para um casal tão lindo e especial. Não sabemos ao certo o que nos leva a encontrar o “grande amor” e as “grandes amizades” da vida. Alguns acreditam que seja simples obra do acaso. Uma espécie de sorte, que brilha para alguns e se apaga para outros. Para mim, essa visão é simplista demais. O acaso tem lá sua importância, mas são nossas atitudes que fazem a vida acontecer. A vida só é acaso para quem se recusa a viver. Para quem se nega a colocar um sorriso no rosto, para quem não busca o que de melhor a vida tem a oferecer. E por isso o poeta estava certo ao cantar que a vida não é o acaso, mas sim “a arte do encontro, embora haja tanto desencontro nessa vida”. Dea e Fi, vocês são grandes artistas da vida. Protagonistas geniais dessa arte do encontro.

Esta cerimônia, este casamento, esta reunião de familiares e amigos, vocês dois juntos. A família que vão constituir. Nada disso é por acaso. Tudo que estamos vivendo hoje é uma verdadeira obra de arte, assinada por vocês. (…)

Fi, irmão querido, quero falar um pouco do passado. Lembrar-se do dia em que surgiu a nossa amizade. Como esquecer aquela tarde em que eu, aos 13 anos de idade, ouvi de dentro de casa, você gritar meu nome na rua? Era dia de laboratório, eu era aluno novo e mal tinha amigos. Achei estranho alguém gritar meu nome tão alto sem me conhecer direito. Olhei pela janela e lá estavam quatro figuras ainda não familiares, paradas no portão. (…)

Tenho certeza que foi a partir daquele dia, daquele seu convite inocente, que minha vida se transformou. Foi ali que aprendi o significado da palavra amizade. E foi forte demais. Viramos uma “panelinha” fechada, de alcunha “Quinteto”. (…)

Foi muita coisa boa que passamos juntos! Mas nem tudo é perfeito. Tivemos crises na nossa amizade. E pela falta de diálogo e maturidade, em parte por culpa minha, fui excluído por um ano inteiro. Mas a verdade é que nenhum de nós nunca agiu mal por maldade. Éramos simplesmente imaturos. E enquanto distantes, refletimos, evoluímos e aprendemos a ser o que somos. E como aprendemos.

Não é à toa que retomamos nossa amizade e, mais do que isso, nos tornamos melhores amigos. Nossa amizade não tem medida. Não tem limites, e só faz crescer. (…) Não posso deixar de mencionar a alegria de ter minha filha, Manu, escolhida para a entrega de suas alianças. (…)

Pois é, Fi, você está casando. E para finalizar, preciso dizer o óbvio: mais do que na escolha das amizades, você foi um gênio na escolha da esposa. Além de linda, a sua esposa te ama, te respeita e te aceita exatamente como você é. Ela ri com os outros das suas piadas engraçadas e, o mais importante de tudo, ri sozinha das suas piadas sem graça. Por isso, não estranhe se um dia vocês brigarem e, como de costume, eu ficar do lado dela. Farei isso por você, meu amigo. Valorize sempre essa mulher maravilhosa.

Vocês nasceram um para o outro e, já que me escolheram como padrinho, tem a minha bênção. Contem comigo para tudo nessa vida. Serei amizade. Serei família. Serei o que vocês precisarem. Para sempre. Amo vocês!”

Reação dos noivos para discursos para casamento de padrinho - Foto JR Studios por Felipe Rezende

Para encerrar, veja o que o cantor Armandinho disse para Bruna Robassa e Mariano Leipnitz. Podem imaginar como eles ficaram felizes?! Afinal, as melodias dele sempre tiveram a ver com a vida do casal.

“Alô, Bruna e Mariano! Eu quero que vocês sejam muito felizes e que a minha música de uma certa forma tenha contribuído para tal felicidade. Que a casa de vocês seja a ‘Casa do Sol’, das coisas boas, da positividade e da família”

Discurso para casamento de Armandinho - Foto Thiago e Camila Fotografia

Gostou dos discursos de casamento? Tenha a certeza que de um jeito ou de outro, será lindo!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Carioca que, depois de começar a escrever sobre amor, conheceu um mineiro especial e agora sonha mais do que nunca com o grande dia. Divertida, decidida – às vezes nem tanto – quer levar a você o melhor do mundo wedding para que um dia, assim como ela, possa subir ao altar do jeitinho que imaginou.