Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Dia das mães: o que seria de nós se não fosse por elas?

Por  |  0 Comentários


Essa semana é o dia das mães! E o que seria de nós se não fosse por elas?

Acho que não tem ninguém no mundo que nos ame mais do que nossas mães. Foram elas que passaram maior parte do nosso tempo de vida com a gente. Durante 9 meses, elas nos nutriram com seu próprio alimento! Tem amor mais puro do que esse?

Eu e mamãe – ela com 23 anos!

Bom, no meu caso foram 8 meses, pois nasci prematura. Minha mãe conta que eu estava sentada dentro da barriga dela e pronta para vir ao mundo. A marca da minha ansiedade já se via desde aquele momento em que decidi que já havia ficado tempo demais naquele lugar escuro e apertado. Ah, mas mal sabia eu que era tão bom ficar ali dentro… Protegida de todos os perigos do mundo. Foram tantas as decepções e quedas que se eu soubesse antes, teria ficado ali quietinha! Mas, eu quis sair e desbravar esse mundão. Não me arrependo, não… Viver é de fato maravilhoso – apesar de difícil muitas vezes!

Minha mãe nem sempre confiou em mim, e por isso, quis me proteger a todo custo. Muitas vezes, ela tomou as decisões da minha vida por mim – mesmo achando que era o certo, mas sabendo que era errado. As mães nunca erram querendo errar. Sei que tudo que ela fez e faz até hoje é pensando no meu melhor. Fui criada como uma boneca de porcelana com o maior cuidado do mundo e isso me tornou uma pessoa medrosa, muitas vezes. Sei que isso é uma questão pessoal e não cabe a mim, culpar minha mãe. Ela fez o melhor que pôde! Agora cabe a mim lidar com minhas questões. Porém, por ter recebido tanto amor, eu acredito no amor! É por isso que amo fazer o que faço e sinto orgulho em trabalhar aqui na Inesquecível Casamento!

Papai, mamãe e eu no dia do casamento deles!

Até hoje sinto dificuldade em tomar algumas decisões, pois fico sempre pensando “o que será que minha mãe faria? Talvez eu pergunte pra ela antes de decidir isso aqui”. E em vários momentos, ouvi o que eu não queria e fui lá e fiz do meu jeito. Quebrei a cara muitas vezes… Demorou um tempo pra eu entender que eu e ela não éramos mais a mesma pessoa… Dizem que o bebê passa por essa fase, né? Com o desenvolvimento mental, físico e emocional, o bebê vai começar a perceber que tem seu próprio corpo, pensamentos e sentimentos e aí vai cada vez mais querer fazer as coisas do seu jeito. Esse processo é acompanhado da chamada ansiedade (ou angústia) da separação, uma etapa normal do desenvolvimento mas que pode ser difícil não só para as crianças como para os pais. Acho que até hoje, com 34 anos, sofro dessa angústia…

Claro que chegou uma hora em que eu precisei cortar o cordão umbilical, e foi quando saí de casa aos 25 anos. Mas, ainda hoje, mesmo morando sem ela, ainda sinto essa necessidade de tê-la por perto. E quando estou doente ou triste, é pra ela que eu ligo. Nem que seja só pra chorar e ouvi-la dizendo “não fica assim, minha filha” naquele tom suave que na hora me dá mais vontade de chorar, mas também me acalma. Umas amigas me dizem que preciso cortar esse cordão, mas eu não quero. Talvez seja preciso, mas eu não sei e nem quero ser diferente. A minha conexão com minha mãe é de outras vidas e não sei o que seria de mim sem ela. Quero aproveitar ao máximo esse amor, pois sei que ele não estará para sempre fisicamente presente.

Eu e ela hoje!

Vale lembrar que mãe não é aquela que somente gera vida, mas que também ama, cuida e protege! Ser mãe é sinônimo de amar!


E para homenagear essas mulheres-mães guerreiras, lindas e fortes, selecionei hoje algumas de nossas noivas que hoje são mães!

Melina 

As fotos do casamento e da gravidez são da nossa querida fotógrafa Juliana Moscofian!

 

Fernanda Maghelly

O chá de bebê da Fernanda foi nesse final de semana e daqui a pouco o pequeno Theo já estará aqui fora!

 

Andressa Fontoura

O fruto do amor entre Dedy e Gui é uma fofura sem tamanho, não é mesmo?

 

Silvia Sartoretto

 

Lívia Ferreira

E teve o casamento da querida noiva Livia que desfilou no nosso IC Week Rio 2018 e foi capa da edição 47 da nossa revista do Rio de Janeiro! O filhinho do casal esteve presente na festa e foi um sucesso! Olha que amor! ♥

 

 

Stephanie Cachapuz

Nossa querida estilista Stephanie Cachapuz casou grávida e estava linda de viver usando o vestido que ela mesma desenhou para esse dia especial. Agora repara nessa coisa linda!

 

 

Luiza Reis

Luiza, além de ser uma noiva querida, também é nossa fotógrafa super parceira. O trabalho dela é um espetáculo. Aproveita para conferir aqui! Ela está gravidíssima da Bia, mas nem por isso pára de fotografar casamentos lindos!

Carol Hungria

Ela faz tantas noivas felizes… E por ser uma das nossas maiores parceiras, queremos homenagear aqui também a nossa querida estilista Carol Hungria, que trouxe ao mundo esse ano a dupla mais linda dos últimos tempos: Amora e Henrique! As fotos são da Fabricia Soares.

 

FELIZ DIA DAS MÃES!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Letícia é jornalista, tradutora e leonina. Escrever é o que ela gosta de fazer! Passou anos morando nos Estados Unidos, onde estudou e trabalhou em alguns jornais e revistas. Voltou para o Brasil, pois não conseguia viver longe da família e dos amigos. Ela ama tudo relacionado à moda, gastronomia, cinema, decoração, viagens e festas de casamento, mas a sua grande paixão mesmo é uma Border Collie chamada Sophie.