Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Decoração aérea para casamento

Por  |  6 Comentários


Figurinhas carimbadas nas mais belas produções Brasil afora, elas dão charme e elegância à festa. As ornamentações aéreas vêm com tudo: flores, folhagens, galhos secos… Uma tendência que promete ficar. Não menos importantes, lustres e velas, além de darem o toque final, trazem uma atmosfera intimista ao ambiente e ao mesmo tempo formam o conjunto perfeito ao lado dos arranjos suspensos.

Convidamos os top decoradores cariocas Daniel Cruz e Eugenia Guerrera, a paulistana Madame Fiori e, como não poderia faltar, a expert em velas Eliana Lipiani para tirar todas as dúvidas sobre esse must have dos casamentos. Leia abaixo e não deixe de anotar nada!

——————————— ◊ A decoração que não desaparece ◊ —————————–

De acordo com Daniel Cruz, o objetivo é criar um visual aéreo incrível para que os convidados que estejam em pé, andando ou dançando possam vê-lo.  Quando a festa começa e todos passam a circular, elementos do décor “quase desaparecem”, exceto o que está pendurado acima da cabeça. Por isso a importância de ter um lindo “teto” para o evento. Os arranjos podem também pontuar ambientes como a mesa de doces e o bar.

  Velas, folhagens, flores e lanternas, para o decorador, são ideais para esse tipo de ornamentação. As flores, em especial, além de colorir, dão um ar primaveril e romântico ao espaço. As artificiais podem ser uma alternativa para reduzir os custos.

  Antes, porém, de pensar nos seus “aéreos” (como os decoradores chamam), é preciso verificar as dimensões do local. Madame Fiori afirma que é necessário ter um pé direito alto. Quando o teto não favorecer, ela sugere criar estruturas para fixar as ornamentações. Caso seja escuro, o direcionamento correto da iluminação cênica pode ajudar a clarear o local. Daniel Cruz ainda aconselha usar flores brancas em meio a folhagens naturais para dar mais luminosidade.

Decoração Antonio W Neves da Rocha - Foto greifFotografia Decoração Madame Fiori - Foto Henrique Peron Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Madame Fiori - Foto Henrique Peron Decoração Madame Fiori - Fotos Henrique Peron Decoração Madame Fiori - Fotos Henrique Peron e Sergio Jorge Decoração Madame Fiori - Foto Anna Quast e Rick Arruda Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico

————————————— ◊ Beleza X Iluminação ◊ ——————————————-

♦ “Os lustres de velas, por exemplo, dão romantismo ao ambiente e são supercharmosos. Mas eles não são para iluminar, é pura decoração”, ressalta Eugenia Guerrera. Madame Fiori alerta para o uso de velas em suportes com proteção para não haver risco de acidente. Em São Paulo, ela conta que velas de led são recorrentes, pois muitos locais não permitem a natural por medida de segurança.

  Já sobre os lustres que vamos chamar aqui de “funcionais” (que realmente iluminam e não deixam de ser belíssimos), Daniel Cruz afirma que, além de preencher o espaço, dão um toque especial ao décor. Ele ainda enfatiza o cuidado na escolha do modelo – “bom senso é muito importante nesta hora” – para que não destoe do restante da produção, que também definirá o tamanho de cada um e a quantidade. Para adorná-los, o decorador aposta em flores, especialmente nos de ferro, folhagens ou móbiles. Lustres em formato de cúpula são perfeitos para fazer uma composição com os demais elementos da decoração.

Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto greifFotografia Daniel Cruz - Foto FilicoDecoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Madame Fiori - Foto Anna Quast e Rick Arruda Decoração Leo Araujo - Foto greifFotografia Decoração Leo Araujo - Foto greifFotografia Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Madame Fiori - Foto Elder BuckDecoração Daniel Cruz - Foto Filico

————————————— ◊ O charme do seu décor ◊ —————————————-

  O sucesso das velas, segundo Eliana Lipiani, está no efeito mágico e incomparável dado a qualquer ambiente. Para saber qual tipo combina mais com o seu casamento, ela afirma que é um fundamental ter ajuda de um decorador, apesar de dar dicas às clientes. As mais usadas, como já vimos, são em lustres e castiçais.

♦  De dia e de noite pode? Ela explica que de dia só vale se a festa for entrar noite adentro. Eliana diz que “vela é brilho e sedução” e combina em qualquer lugar, porém, as suspensas têm mais visibilidade. A empresária confessa que, para ela, quanto mais, melhor: “O único limitar é o calor”.

Decoração Madame Fiori - Foto Henrique PeronDecoração Daniel Cruz - Foto Filico Decoração Patricia Vaks - Foto Leandro Joras Fotografia - Marcos Souza Decoração Patricia Vaks - Foto greifFotografiaDecoração Madame Fiori - Foto Henrique PeronDecoração Tissi Valente - Foto FilicoDecoração Patricia Vaks - Foto greifFotografiaDecoração Leo Araujo - Foto greifFotografiaDecoração  Cris Magalhães - Foto MeimeiDecoração Madame Fiori - Foto Monica AntunesMadame Fiori - Foto Sergio Jorge

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Carioca que, depois de começar a escrever sobre amor, conheceu um mineiro especial e agora sonha mais do que nunca com o grande dia. Divertida, decidida – às vezes nem tanto – quer levar a você o melhor do mundo wedding para que um dia, assim como ela, possa subir ao altar do jeitinho que imaginou.