Convite de casamento: 7 tipos de impressão, custos e benefícios

Por  |  1 Comentário


Que tal entender mais sobre as técnicas de impressão de convites de casamento e o quanto elas influenciam no resultado final?!

A beleza de um convite de casamento não se restringe apenas à identidade visual, acabamentos artísticos, escolha de fontes e detalhes específicos. O segredo começa no tipo de impressão usado na papelaria. As relações entre custo, tiragem e apresentação final do produto são muito significativas quando levamos isso em conta, sabia?!

Pois bem. Fizemos uma matéria didática e explicativa para esclarecer sobre os sete principais tipos de impressão de convites de casamento. O objetivo é orientar às noivas para que façam a melhor escolha custo versus benefício de acordo com o que elas desejam. Fique por dentro!

TIPOS DE IMPRESSÃO

SERIGRAFIA

DIGITAL

LETTERPRESS

RELEVO AMERICANO

RELEVO FRANCÊS

HOT STAMPING

RECORTE A LASER

Conversamos com Eilá Nigri Design, e Papel a la Carte, que destacaram diferentes pontos de cada processo. Veja!

1. SERIGRAFIA

Também conhecida como silk screen (ou impressão à tela), a serigrafia é um processo artesanal no qual a tinta é vazada pela pressão de um rodo através de uma tela – a matriz serigráfica – preparada. Segundo , geralmente a tela é de poliéster ou nylon e é esticada com quadro de madeira, alumínio ou aço. Veja as vantagens e desvantagens que a design ressaltou:

  • VANTAGENS: é um estilo clássico geralmente impresso em uma cor – desse as cores básicas como dourado e prateado. Pode apresentar relevo nos monogramas, bordas e no próprio convite em diversos tipos de papel e gramatura
  • DESVANTAGENS: o prazo de produção é longo – de 25 a 30 dias. Devido ao risco de erros ou “defeitos” de produção, é preciso sempre fazer uma quantidade extra. É aconselhável usar uma ou duas cores, no máximo

Para Eilá Nigri Design, a serigrafia fica linda em qualquer papel material plástico. “O resultado é sempre muito elegante, com relevo delicado, conseguindo do branco ao preto e com definição primorosa”, ressalta.

Convite de casamento: impressão em serigrafia - Foto Eilá Nigri

2. DIGITAL

Popularmente conhecida também como offset e impressão a laser, é o processo da transferência de dados digitais em alta resolução para a impressora do computador. Destaque para a flexibilidade de atender demandas de baixas tiragens, além de ser um processo bem rápido. Confira os prós e contras no ponto de vista da :

  • VANTAGENS: a produção pode ser feita entre 15 e 20 dias, com a possibilidade de trabalhar com infinitas cores, desenhos e formatos. Outro ponto positivo é a fidelidade da impressão sem margens de erros no produto final, já que a visualização do material é feita antes da impressão
  • DESVANTAGENS: já que a impressão é feita direto no maquinário digital, ela é feita direta no papel, ou seja, sem relevo no design

Convite de casamento: impressão digital - Foto Patrícia Koeler Convite de casamento: impressão digital - Foto Patrícia Koeler

CURIOSIDADES

Eilá Nigri Design ressalta que esse tipo de impressão não é indicado para papel com textura. “Não fica muito bacana. Lembrando que a impressão digital é de alta qualidade, não tem semelhança nenhuma com nossas famosas impressoras caseiras”, explica.

3. LETTERPRESS

Técnica tipográfica muito, muito antiga. Isso é papo do século XIX, quando o conteúdo impresso era formado por “tipos móveis”. O que é isso? Seriam peças soltas que podem ser letras, gráficos, textos, e por aí vai. Parece um pouco complexo, mas não é. Veja bem: eles ficam dispostos numa superfície elevada de madeira ou metal. Essa superfície recebe a tinta para ser prensada no papel. Calma! esclarece pra gente:

  • VANTAGENS: cada acabamento e impressões são únicos e impecáveis. “Utilizamos papéis de altíssima gramatura. Um convite sensorial!”, garante
  • DESVANTAGENS: o custo é muito mais alto. Além disso, a letterpress não pode ser utilizada com muitas cores para a impressão. Para um resultado mais limpo, o aconselhável é uma ou, no máximo, duas cores

 


Leia mais

+ Convites com renda: 6 inspirações com toques de romantismo

bg-divisoria

+ 10 ideias de convites para casamento rústico

bg-divisoria

+ Ideias de convites vintage


4. RELEVO AMERICANO

Eilá Nigri Design define como a aplicação de pó por cima da tinta úmida, que é aquecida, sofrendo reação química que estufa a impressão. Fica lindo, mas o custo também é bem alto.

  • VANTAGEM: é inovador e autêntico! Chama atenção pela estética
  • DESVANTAGEM: as noivas acabam optando pela serigrafia quando entram na comparação dos custos. “Sinceramente, eu também optaria. Não vejo uma diferença tão significativa que justifique gastar mais”, confessa Eilá

5. RELEVO FRANCÊS

Impressão manual a partir de métodos antigos, onde as chapas de metal são gravadas à mão – uma a uma pelo próprio artesão. O cliente até pode levar a chapa para guardar de lembrança.

  • VANTAGEM: a noiva diferencia a impressão ao virar o convite, pois o baixo relevo aparece no verso do papel. Esse é seu atestado de qualidade
  • DESVANTAGEM: caríssimo!

Convite de casamento: limpressão em relevo francês - Foto Eila Nigri

CURIOSIDADES

Eilá Design Nigri afirma que o relevo francês é um processo usado pela alta sociedade carioca, como símbolo de status.

6. HOT STAMPING

Claudia Haddad, da Papel a la Carte classifica esse processo como aplicação à quente de película colorida.  O processo transfere a textura da arte parcialmente pressionada por um substrato. É muito raro!

  • VANTAGENS: o produto final fica com um efeit de brilho metálico muito bonito
  • DESVATAGENS: é necessário uma máquina especial para fazer a aplicação

Convite de casamento: impressão em hot stamping  - Foto Claudia HaddadConvite de casamento: impressão em hot stamping  - Foto Claudia Haddad

IMPORTANTE!

“Tudo depende da quantidade e do tamanho. É um clichê, na verdade, uma ferramenta especial que precisa ser feita. A técnica é outra e o preço tem a ver com o tamanho, a área e quantidade”, explica Claudia.

Veja um estilo de impressão e serigrafia com o brasão em hot stamping produzido por Eilá Nigri Design.

Convite de casamento: serigrafia com brasão em hot  - Foto Eila Nigri

7. RECORTE A LASER

Não é necessariamente um tipo de impressão. Claudia Haddad, da Papel a la Carte, explica que é um processo de recorte de textos e imagens a partir de um feixe de luz – o laser. Mexe até com a estimulação radioativa. Movimenta até energia e aumenta a qualidade da produção, por isso precisa respeitar bem as medidas exatas para não ter erro.

  • VANTAGENS: riqueza de detalhes! Faz cortes muito preciosos, formando verdadeiras obras de arte no próprio papel. È uma técnica utilizada para réplicas de renda, por exemplo
  • DESVANTAGENS: é mais usado para capas e envelopes dos convites. E daí, os custos são bem diferentes. Como envolve fogo, os riscos de defeitos na produção são muito delicados. É uma produção que exige muita atenção e cuidado!

Convite de casamento: capa feita com corte a laser  - Foto Claudia Haddad

ENTENDA A ESCALA CRESCENTE DE PREÇO DOS TIPOS DE IMPRESSÃO

Gostou!? Nosso site está lotado de inspirações de convites e identidade visual! Vem ver!


CRÉDITOS

1, 2, 3, 4, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 13 – Patrícia Koeler  |  5, 14 e 17 – Eilá Nigri  |  15, 16  e 18 – Cláudia Haddad  |  19- Gráfico IC

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Jornalista por paixão e vocação. Cativante, a carioca é dona de uma vida agitada e não nega ser romântica de alma, incurável. Adora casamentos e, desde que disse SIM para o amor da sua vida numa linda cerimônia ao ar livre, vive ainda mais encantada por esse universo.