Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Brasília recebe casamento comunitário neste domingo

Por  |  0 Comentários


Com cerimônia na Capela de Brasília e festa no Museu Nacional, o casamento comunitário sem dúvidas é a noite mais esperada do ano para os 30 casais presenteados!

 O sonho de se casar não escolhe credo, país e nem mesmo classe social. Por outro lado, é bem verdade que o investimento financeiro acaba sendo um grande empecilho para quem não pode comprometer tanto dinheiro com a celebração. Neste cenário, surgem os chamados casamentos comunitários. Já publicamos alguns por aqui, vindos de iniciativas diversas, mas o assunto da vez é a festa que promete abalar Brasília no próximo domingo, 12.

Organizado pela chef , em parceria com outros fornecedores do mercado, o evento levará nada menos do que 30 casais ao altar. No melhor estilo miniwedding, cada um deles terá direito a convidar dez amigos ou familiares. Como resultado, a festa será intimista e – super! – animada ao mesmo tempo. E ela já tem endereço marcado: a cerimônia será na famosa Capela de Brasília e a festa, no Museu Nacional.

Casamento comunitário: Renata Diniz - Foto Adriano Claucius e Hugo Schaly

A ESCOLHA DOS CASAIS

Entre tantos apaixonados que existem por aí, não deve ter sido fácil escolher apenas 30. A difícil tarefa de selecioná-los ficou a cargo de uma assistente social da Ajax, escola de futebol que administra várias ações sociais na Estrutural, uma região carente de Brasília.

“Começamos a planejar tudo em maio deste ano. A ideia surgiu depois que conheci o projeto Ajax, que, por meio do futebol, faz a reestruturação de várias famílias da Estrutural”, relembra Renata.

Histórias como a da noiva Neuraci certamente serviram de inspiração no processo de escolha: “Nós estamos juntos há vinte anos, mas durante esse tempo um de nossos filhos acabou desencarnando, o que me fez deixar alguns sonhos para trás”, conta.

PLANOS FUTUROS

Definidos os noivos, era hora de colocar a ideia em prática. Embora o resultado tenha sido extremamente positivo, Renata admite que inicialmente encontrou um pouco de dificuldade para reunir interessados. Pouco a pouco, porém, empresários das mais diversas áreas juntaram-se à causa.

“O amor envolvido fez com que cada fornecedor fosse tocado, aumentando a cada dia sua contribuição. Agradecemos a parceria de todos e sabemos que sozinhos não chegaríamos a lugar algum. Sonhos são possíveis e juntos conseguimos fazer a diferença”, comemora.

O grande dia ainda nem chegou, mas a chef já planeja outras edições da ação social. E, mais do que isso, convida outros nomes do mercado a se movimentarem com iniciativas similares. “Não queremos exclusividade. Queremos ser inspiração para que outras pessoas possam fazer o mesmo”, explica.

Casamento comunitário: Brasília - Foto Adriano Claucius e Hugo Schaly

FICHA TÉCNICA

fotos Adriano Claucius e Hugo Schaly  |  filmagem GMG Filmes  |  cerimonial Simone Schulke e Andrea Guirro  |  bolos, doces e lembrancinhas   |  bufê Oliver e Andrea Salles  |  papelaria Papier D’Art by Paula Viana  |  cabelo e maquiagem Helwa – Atelier de Beleza e Blaisson Farid  |  unhas Unha por Unha  |  vestido das noivas Bruna Mustefaga, Tailiny Noivas, Vivian Spier, La Rosé e Maison Illuminata Sposa  |  decoração e buquês Karin Von Glehn  |  dia dos noivos Inova Barbearia  |  roupa dos noivos Spencer  |  som Paulinho Xavier  |  luz Inteltec  |  músicos Glow Produções, Coral Vibratto, Cantarte e Juliana Müller  |  padre João Firmino Galvão Neto  |  show pirotécnico Mil Fogos  |  geradores Sogni  |  aluguel de carro Pratika Manobristas

Gostou dessa iniciativa? Confira também um lindo casamento coletivo na Capela dos Milagres!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Nascida em Minas, criada em Recife e apaixonada pelo Rio. Viajar o mundo é seu sonho, o que torna luas de mel e destination weddings um caso de amor à parte. Escolheu o jornalismo pela inquietante vontade de transformar em palavras histórias que mereçam ser contadas.