O seu sonho não foi cancelado, apenas adiado

Por  |  0 Comentários


Nós sabemos que não foi fácil receber a notícia de que o Covid-19 estava se espalhando pelo mundo em uma velocidade enorme. Ficamos preocupados com quem amamos, pensamos nos grupos de risco e começamos a ter que ficar em casa. Mas você, noiva, tinha uma preocupação ainda maior: o seu sonho. Aquele de se vestir de branco, dizer “sim” para o amor da sua vida e comemorar com as pessoas especiais esse grande passo na vida.

Foto Marina Fava

Foi preciso começar a pensar nos contratos, nas mudanças, nas alternativas. Esse é um período complicado. Conseguir enquadrar todas essas pendências não é uma tarefa fácil, mas necessária. Não cancele seu grande dia. Apenas adie.

Conversando com Fernanda Rosa Flores Boutique, profissional de decoração do Rio Grande do Sul, a Inesquecível Casamento conseguiu algumas dicas para você nessa hora tão difícil.

“Há uma grande chance de termos uma série de eventos conflitantes, o que ocasionaria falta de insumos, equipamentos e mão de obra qualificada para a realização de todos com qualidade. Com o encurtamento do calendário, é importante nos conscientizarmos e irmos além da busca pelo “sábado perfeito”. Remarcar celebrações na sexta-feira e no domingo ou em feriados, por exemplo, pode ser uma alternativa para desafogarmos as datas mais procuradas e executar todos nossos eventos com o carinho e cuidado que merecem”, completou Fernanda.

A empresa Carine&Gil Cerimonial também bateu um papo conosco e explicou quais medidas estão sendo tomadas:

“Antes de tudo é fazer a noiva entender que não é algo pessoal. Não é uma questão de azar. É algo que o mundo inteiro está vivendo. Então por aqui estamos a conscientizá-la de que provavelmente será difícil unir todos os fornecedores numa mesma data novamente, pois sempre o segundo semestre já possui mais datas fechadas do que o primeiro nas agendas da maiorias dos fornecedores. Logo, sugerimos contactar dois fornecedores que sejam prioridades e tentar alinhar essa data com eles. Sendo assim, talvez seja melhor fazer seu casamento em uma sexta feira com aquele registro que você sonhou, do que priorizar um sábado tendo que trocar de fornecedor”, contou Gil.

O cerimonialista Cláudio Tironi encontrou uma forma de tentar conciliar as datas e fazer com que nenhuma noiva desista do seu grande dia.

“Uma coisa que estou fazendo e está dando muito resultado é criar um grupo com os fornecedores que estarão presentes no dia do casamento, incluindo celebrante, orquestra, DJ, maquiador, cabeleireiro, foto, vídeo, bufê e decoração. Vejo com a noiva o mês que ela quer transferir o casamento. Depois, ligo pra casa de festas e vejo as sextas, sábados e domingos disponíveis naquele mês. Jogo no grupo as datas e tentamos encontrar uma data possível para todos. Estamos conseguindo fazer isso com tranquilidade”.

O cerimonialista alerta que é hora de fazer tudo com calma e ser flexível.

“A dica é ser flexível pois será quase impossível reunir novamente aquele DREAM TEAM num sábado. Então, a dica é ser flexível nas datas e nos fornecedores.

A dica para os fornecedores é que também seja muito flexíveis pois não é hora de querer fazer valer os contratos.
Não é hora de ler contrato e sim de ler a Bíblia! Claro que tivemos inúmeros eventos cancelados. Como todos. As pessoas tem que entender que isto não é algo local ou pessoal, mas sim algo mundial!”, concluiu.

Rafael Finger, de vídeo, contou que já adiou sete casamentos. “Os que temos datas livres, apenas remarcarmos. E os que não tem a nova data no caso estamos com parecerias com outros fornecedores amigos e estamos “trocando eventos””.

Alexandre Rechtman afirmou que até agora os 80% dos seus casamentos próximos já foram adiados. “Eu tenho achado um processo de humanização entre noivas e fornecedores. A maioria dos casais têm transferido para sexta ou domingo para manter o time.”

Noiva, tenha uma conversa clara com o seu cerimonialista e abra a sua mente pelas datas. Pense que é melhor ter todos em segurança no seu dia mágico, e que esse dia mágico pode ser uma sexta-feira ou um domingo.

Foto Daniel Becher

Foto Daniel Becher

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Ela é pequena, mas tem o coração enorme. Já tem dono! É apaixonada por contar histórias. Não se imagina fazendo outra coisa, escolheu ser jornalista desde que veio ao mundo.