Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Like a cake boss! Como acertar na escolha do bolo de casamento

Por  |  0 Comentários


23 dicas de ouro de uma expert no ramo e uma certeza: depois dessa matéria, vocês (definitivamente!) não podem errar na escolha do bolo de casamento. Veja tudo agora!

Ele é a noiva em açúcar, o ponto alto da mesa de doces – e, agora, o protagonista de uma pauta que tem tudo para encher os olhos, as bocas e os corações de vocês, que estão com o pé no altar. O bolo de casamento é uma (pequena ou grande, literalmente!) figurinha que ainda gera um monte de dúvidas no planejamento para o grande dia. Então quem melhor do que uma cake designer, renomadíssima em Goiânia, para esclarecê-las e garantir as principais dicas que envolvem esse doce detalhe – da escolha até as tendências para 2018? Pode entrar, Vera Naves!

  • SOBRE AS ESCOLHAS INICIAIS

Identifiquem-se com o trabalho do cake designer. Durante as reuniões, levem em consideração a quantidade de informações dadas por ele, se todas as dúvidas foram esclarecidas e, principalmente, se foi capaz de apresentar algo único e exclusivo, sem levá-los a escolher produtos de terceiros para reprodução – ética do profissional é fundamental!

Exponham suas ideias ao longo dos encontros. Mostrem o que gostam e o que não gostam dentro dos modelos que os profissionais apresentarem. Também tragam imagens de referência de bolos que gostam – isso facilita o caminho para entendermos melhor o estilo do casal.

Ele precisa ter a cara dos noivos, e não apenas da decoração. Incluir elementos que tragam memória afetiva faz com que o amor por ele seja eterno!

Bolo de casamento por Vera Naves: estilo rústico-chique - Foto Gouveia & Roenick Photo Art

Na dúvida… Escolham o clássico! O estilo sempre agrada e nunca sai de moda.

Programem-se! Não existe um tempo ideal para encomendá-lo, mas o quanto mais rápido, melhor. Assim, vocês não correm o risco de perder a data por falta de agenda do profissional.

Bê-a-bá dos sabores. É necessário saberem todos os ingredientes utilizados, para que possam ser repassados ao bufê. Os convidados devem saber exatamente o que estão consumindo, porque alguns deles podem ter alergia a algum componente, como à castanhas, por exemplo.

  • SOBRE O QUE ENCANTA OS SENTIDOS

Massa x recheio. Deve haver um contraste entre esses dois itens para obter um resultado final que não seja óbvio e que seja uma explosão no paladar. Só vale lembrar que a massa e o recheio precisam se complementar – um não pode sobressair ao outro.

Dica de ouro para eleger sabores! Selecionem os que mais gostam e sugiram que o cake designer indique as melhores combinações entre eles.

É fundamental que case com o restante do projeto. Se destoar do restante do casamento, todo o esforço em fazer algo exclusivo e único vai por água abaixo, e ainda traz a impressão de que não foi planejado para aquele evento, e sim feito ou locado de última hora. Os trabalhos de todos os profissionais envolvidos no evento devem se complementar.

Cake designer e decorador devem manter contato. Ter todas as informações a respeito das cores, flores, materiais utilizados etc., ajudam e muito na formação do bolo.

Ele tem seu lugar! Apesar de minibolos, cupcakes e derivados estarem na moda, o bolo de casamento é a noiva em açúcar, é o ponto alto da mesa. Ele pode ter tamanhos variados, mas não pode ser substituído!

Por falar em tamanho… Depende de uma série de fatores! É preciso analisar detalhes como o espaço, a decoração e até mesmo a altura dos noivos.

Está liberado optar pelo fake! Desde que a decoração utilizada seja a mesma de um verdadeiro – ou seja, tudo em açúcar para parecer real na mesa.

Não existe fórmula exata quando falamos de finalização. As técnicas são variadas e vão depender de cada projeto específico.

Os topos mais indicados são… Floral ou noivinhos de porcelana fina. Biscuit jamais!

Bolo de casamento por Vera Naves: topo de bolo floral - Foto Prime Foto Cinema

  • SOBRE QUANTIDADE E VALORES

Quantidade x convidados. Normalmente calculamos 100g por pessoa, mas é necessário saber tudo o que será servido durante o casamento, porque dependendo dessas informações, essa média pode variar e muito. Um bom profissional deve se preocupar em atender de forma correta, para que não sobre demais – em excesso, além de desperdício, acaba onerando mais ao cliente desnecessariamente.

Cuidado com a cultura do “se tiver muitos doces, diminua o bolo”. Essa decisão deve implicar na quantidade de convidados e também no quanto a família gosta de bolo. Às vezes ela faz mais questão dele do que dos próprios doces em si.

A média de valores é muito variável. Um de cinco andares clássico não pode ser cobrado como um de cinco andares floral. Os trabalhos, acabamentos e a horas de execução são bastante diferentes.

E se o orçamento apertar… Não exagere na altura e na quantidade de flores em açúcar. Aqueles que são mais clean e clássicos ficam tão bonitos quanto e possuem um valor bem mais em conta.

  • SOBRE A FIGURA DO BOLO NA FESTA

O momento ideal do corte é assim que os noivos chegam à recepção. Nessa hora vocês ainda estão com maquiagem e roupa impecáveis, além de ser um momento que chama a atenção de todos os convidados.

É essencial alinhar com o bufê a melhor forma de cortá-lo. Isso determina a quantidade de fatias a serem servidas. Um corte mal feito pode deixar alguns convidados sem um pedaço.

Bolo x sobremesa. Não é necessário servir os dois, mas ter mais de uma opção para agradar uma quantidade maior de convidados é sempre uma boa pedida.

Bolo de casamento por Vera Naves: bolo floral - Foto Gouveia & Roenick Photo Art

  • SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ANO

As apostas máximas para 2018. Aqueles modernos, que tragam detalhes da decoração ou da identidade visual do projeto, flores de açúcar e pintura à mão, e o visual retrô também desponta como uma boa opção. Só tomem cuidado para que não pareça ter sido feito no século passado – bolo clássico não precisa ter cara de velho. Muito pelo contrário!

E aí, ajudamos com a escolha do bolo de casamento, né? Agora arrasem na escolha!


CRÉDITOS

1, 6, 8 e 11. Prime Foto Cinema | 2. Coleção de Memórias Fotografia | 3 e 4. Estúdio Maria Célia Siqueira | 5, 7, 9, 10 e 12. Gouveia & Roenick Photo Art

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


ic indica

avatar

Uma sagitariana que tem a alegria como dom. É carioca, jornalista, tem 20 poucos anos e adora ser chamada de Duda. Como uma amante incurável de sorrisos e amores, espera que seu grande dia seja repleto deles. E que, assim como ela, você se torne uma multiplicadora fiel dessa dupla!