Afinal, fotos dos convidados atrapalham os fotógrafos?

Por  |  0 Comentários


Registrar um casamento é criar uma bela recordação de um sonho tão esperado, que por meio de fotos ou filmagens guardarão momentos inesquecíveis, possibilitando fazer com que as pessoas voltem, de alguma forma, àquele momento tão especial por meio de uma linda memória.

É preciso sempre estar atento para não perder nenhum detalhe, os fotógrafos profissionais estão ligados em tudo, eternizando todos os momentos com sensibilidade e expertise. No entanto, hoje em dia, estamos vivendo a era de selfies e stories, no qual todos querem registrar tudo e a todo momento. O famoso imediatismo proporcionado pelas redes sociais.

Devido à essa nova realidade, é normal ter aquele convidado que quer postar tudo o que acontece. Para garantir a foto perfeita às vezes até entram na frente do fotógrafo sem querer ou até mesmo pedem a ajuda dele para registrar o momento.

E qual a opinião dos profissionais de fotografia sobre essas situações? Conversamos com Aszmann, Sabrina Vasconcelos e Ricky Arruda para entendermos melhor sobre o assunto.

Cada um apresenta uma visão desse cenário, o fotógrafo Ricky Arruda, comenta que o momento atual está atrelado ao ato de mostrar o que está sendo feito. As pessoas vão aos shows, praias, cerimônias e querem filmar e fotografar,  “mas em um casamento, você sempre ou quase sempre tem profissionais que são contratados para filmarem ou fotografarem. Profissionais têm câmera, expertise, conhecimento, eles sabem o que estão fazendo e, portanto, terão obviamente uma fotografia muito melhor do que aquela tirada pelos convidados”, finaliza.

Na mesma linha de pensamento, Aszmann ressalta que os fotógrafos estão ali para registrar todos os momentos e o ideal seria os convidados assistirem ao casamento.

Para Sabrina Vasconcelos, essa é uma situação delicada, “afinal, as pessoas querem registrar, guardar, manter viva a memória de tudo o que é extraordinário que ocorre na vida delas”, além disso, “a tecnologia nos proporciona isso de uma forma muito fácil, o que dificulta é saber o limite que extrapola o bom senso”, complementa.

“Alguns momentos do casamento são muito importantes, como a entrada e saída dos noivos, o beijo”, diz Ricky Arruda, e nessas horas os convidados precisam se conter, para não invadirem a área destinada aos fotógrafos.

É necessário ter jogo de cintura para contornar esses imprevistos, as vezes um passinho para o lado, pedir licença para o convidado, até funciona, entretanto, podem acorrer  atos inesperados, como o que aconteceu com Aszmann. Ele nos conta, que uma vez na saída dos noivos da igreja, na hora da foto do beijo, um convidado colocou o celular na frente para fotografar o casal e foi necessário que ele pedisse aos noivos que repetisse a cena para fazer a foto sem o celular do convidado.

Algo parecido também aconteceu com Ricky, bem na hora de registrar a entrada das damas de honra na igreja, a mãe de umas delas entrou na sua frente com um celular e ficou ali filmando, porém, ele teve uma ideia criativa para resolver a situação. “Só falei assim baixinho no ouvido da mãe dela: olha, faz essa foto bem feita porque eu vou precisar dela pro álbum, ela percebeu que estava na minha frente e saiu naquele minuto”.


Leia mais

+ Os drinks originais de maior sucesso nos casamentos

bg-divisoria

+ Os mais badalados estilistas de Brasília

bg-divisoria

+ O que escrever no convite de casamento?

 


Sendo assim, alertar aos noivos sobre esses possíveis acontecimentos é necessário. Segundo Sabrina, muitos casais não imaginam que algum convidado desavisado possa vir a interferir o fotógrafo durante o seu trabalho, até serem questionados sobre isso. “Certamente as pessoas não fazem por mal. Mas tem cenas, momentos, que são de grande relevância e não se repetem e a expectativa dos noivos sempre é muito grande sobre eles. No mais, tudo é alegria e festa!”.

Outro ponto que merece atenção é a privacidade dos noivos. De acordo com Ricky, “isso vai muito do perfil, muitos casais adoram publicar e ter tudo”. Porém, Aszmann ressalta que “os convidados podem pegar ângulos diferentes e momentos interessantes, o que agrada aos noivos”.

Para Sabrina, “alguns casais criam até hashtags para postarem suas fotos nas redes sociais e vibram com toda a publicidade do momento. Outros noivos são mais reservados, em alguns casos até pedem aos fotógrafos e convidados que não divulguem as fotos ou vídeos”.

Todo casamento possui lindas histórias de amor, mas também contém episódios que proporcionam ótimas gargalhadas, segundo nossos entrevistados acontecimentos divertidos é o que não falta.

Quando se quer fazer a foto ideal vale tudo. A Sabrina, por exemplo, já teve o caso de uma tia que, na busca do melhor ângulo, acabou se esticando tanto que atravessou o muro de flores da decoração, e detalhe: bem na hora que as portas da igreja se abriam para a entrada da noiva!

Para os fotógrafos, os registos dos convidados não atrapalham, são parte dessa nova realidade. O importante é se adaptar e fazer dar certo sempre!! Conforme Ricky, “hoje o fotografo profissional tem que, além de fotografar, editar e entregar, precisa também postar essa foto rapidamente e compreender que outros convidados e outras pessoas vão postar também. Não deve ficar batendo de frente com os convidados e nem com essa postura que é uma realidade atual e que está aí, firme e forte”.

Veja agora os cliques desses profissionais!

Aszmann

Foto: Aszmann
Make: Thai Medeiros

Sabrina Vasconcelos

Ricky Arruda

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr