10 inspirações no Paraná para dizer o tão sonhado “sim”!

Por  |  0 Comentários


“Sim, eu aceito!”. Falar essa frase pode ser o sonho de muitas pessoas. E a gente sabe que depois de tanta espera, o dia em que este sonho se realiza tem que ser no mínimo PERFEITO.

Ainda está planejando o seu casamento? Então confira esses 10 casamentos no Paraná e se inspire!  <3

Laysa & Jonathan – Espaço Hípica

Laysa e Jonathan se conheceram quando crianças graças à amizade entre os avós que trabalhavam juntos e depois começaram a frequentar a mesma igreja. Após alguns anos sem se ver, Laysa e Jonathan se reencontraram na mesma igreja de antigamente e passaram a manter contato como amigos.

O tempo foi passando e a amizade foi crescendo, até que em fevereiro de 2014, durante o baile de formatura de Jonathan, surgiu a oportunidade que eles precisavam. Durante a valsa, o juiz disse à biotecnologista o que estava sentindo e que gostaria de conhecê-la melhor. Ela, por sua vez, aceitou.

Para o pedido de casamento, Jonathan planejou tudo. Fez um jantar em comemoração à aprovação em um concurso público e convidou várias pessoas, inclusive da família de Laysa. No meio do jantar, então, ele fez vários agradecimentos para as pessoas mais importantes da vida dele e, propositalmente, deixou a namorada por último. Quando foi agradecê-la, chamou para ir para frente, junto dele, e após algumas palavras, se ajoelhou, sacou o anel de noivado do bolso e perguntou: “quer casar comigo?”. Ela, ainda emocionada com a surpresa, disse “sim!”.

Karoline & Fernando – Indra Catering

Os advogados, Karoline Menegatti, 31, e Fernando Vieira Dal-Prá, 31, se conheceram no trabalho e depois de cinco anos de namoro decidiram unir suas vidas para sempre. “O pedido de casamento não foi surpresa, conversamos muito sobre o assunto e sobre como e quando gostaríamos de começar os preparativos”, conta a noiva.

Foi depois de adotarem a Phoebe, mascotinha do casal, que suas vidas mudaram para sempre. “Ela é uma cachorrinha cheia de personalidade que encheu nossas vidas de alegrias e nos ensinou muito sobre amar, cuidar e respeitar. Nossa relação ficou gigante depois da chegada dela”, acrescenta Karoline.

Ela não queria fazer festa, mas era o sonho de Fernando. “Eu brincava que o Fernando era a noiva da relação de tanto que ele sonhava com isso. Mas depois que me convenci, fiquei deslumbrada e apaixonada por cada etapa da preparação e nenhum único detalhe passou desapercebido por mim”, afirma a noiva que amou ver o rosto de cada uma das pessoas que ama no dia do casamento.

Monica & Guilherme – Moinho Vermelho

Amigos desde a infância, a designer de interiores, Monica Taborda Cavalheiro Tavares, 24, e o auxiliar de escritório, Guilherme Jaloto Baniogli, 23, sempre dividiram jantares de família, festas e celebrações. Não demorou muito para perceberam que ali existia mais que uma amizade e foi aí que Guilherme pediu permissão para o pai da moça para oficializar o compromisso. Desde então se passaram oito anos de um namoro cheio de cumplicidade e segurança.

“Eu sempre disse para o Gui que se ele fosse me pedir em casamento eu queria algo só nós dois e sem frescura, então em um dia ele inventou uma viagem e me pediu em casamento no meio da estrada, sem eu jamais imaginar”, relembra a noiva, sobre um dos momentos mais marcantes de sua vida.

Tranquilo, responsável e trabalhador, o noivo se preocupa muito em cuidar da amada, não é à toa que busca realizar todos os seus desejos! Para o dia do casamento não foi diferente programaram tudo com um ano de antecedência para que o grande dia fosse inesquecível. “Estávamos ansiosos para que o dia do casamento chegasse, mas nossas expectativas foram superadas, estava mais incrível do que imaginávamos! Não faria nenhuma escolha diferente, para mim estava perfeito”, relembra Monica.

Luciana & Eduardo – Espaço Klaine

Aquele namoro de escola que começou aos 15 anos, evoluiu para apresentar para a família, passou por muitos momentos incríveis, e chegou, enfim, ao altar. Foi aos 17 anos que Luciana Hammerschmidt e Eduardo Wagner Wolff, ambos 24, oficializaram a relação na frente da família dela. A publicitária entregou para a gente que se apaixonou pela educação e bondade do engenheiro, que, por sua vez, também se encantou pelo coração dela.

Por cinco anos, viveram momentos que só o amor verdadeiro pode proporcionar e colecionaram mais um, ainda mais lindo, com o pedido de casamento em dezembro de 2017. Luciana estava estudando por um mês na Inglaterra, e durante esse período, ele estava organizando o pedido de casamento com a ajuda da irmã dela, da mãe dele e de uma tia dele. De volta ao Brasil, rolou um convite para jantar e, até aí, ela não desconfiou de nada.

Quando ela achou que estavam indo para um restaurante, ele a levou até o apartamento dela, que na época estava vazio, pois ainda morava com os seus pais. Ao chegar, o local estava todo decorado com velas, fotos deles e uma mesa de jantar. Ali, onde começariam o resto da história do casal, ele fez o pedido. A resposta não poderia ser diferente de um claro e sincero sim!

Celise & Vinicius – Castelo do Batel

Os aplicativos de relacionamento que nos perdoem, mas a tendência do momento é começar aquele flerte sútil pelo Instagram. Foi assim que a advogada Celise da Silva Beltrão, 25, e o empresário Vinicius Bentz Cocchieri, 27, acabaram se conhecendo. Antes mesmo de trocarem a primeira DM, parecia que todo mundo já sabia que eles eram feitos um para o outro. Primeiro uma colega da noiva falou dele e ela, que não é boba nem nada, começou a seguir o moço. Depois uma colega de trabalho dele falou para a mãe da noiva, após ver uma foto dela, o quanto achava que eles combinavam. “Tudo isso me intrigou e quando contei para uma amiga ela imediatamente pegou meu celular e mandou um “oi” para ele no Instagram. A partir daí nossa história começou”, relembra Celise.

Eles começaram a sair, ficar e sem querer, querendo acabaram namorando. O pedido de casamento veio como ela sempre sonhou, mas foi uma surpresa incrível! “Nesse dia, eu tinha cancelado todos os meus compromissos porque estava com um pouco de dor de cabeça e passei o dia em casa. No fim da tarde, ele me mandou uma mensagem dizendo que estava mal, com dor nos rins, e que queria que eu levasse ele no médico. Saí correndo de casa na mesma hora, de roupa de academia e sem sequer passar um batom. Quando cheguei, liguei avisando, e ele pediu que eu subisse e encontrasse ele no quarto dele, para ajudá-lo a descer as escadas. Como ele sabia que eu queria estar bonita no dia que fosse pedida em casamento, deixou um vestido cor-de-rosa em cima da cama dele, com um bilhete escrito “Dress me” (guardo esse bilhete até hoje). Logo que vesti, comecei a ouvir ele cantar e tocar a nossa música Perfect do Ed Sheeran, e quando cheguei na sala que ele estava vi as flores e as luzes”, conta a noiva que terminou o dia com o tão esperado SIM!

Bruna & Gabriel – Castelo do Batel 

Pode ter sido a brisa que transforma o ar em uma atmosfera mais leve. Ou o barulho das ondas quebrando na beira do mar. Ou, ainda, o azul das águas que deixa todo e qualquer ambiente mais bonito. Independentemente das características ou circunstâncias, um fato não podemos negar: o de que Bruna Katchan Januário, 27, e Gabriel Martinez Massa, 35, estavam no lugar certo, na hora certa e fazendo a coisa certa quando se conheceram. Obra do destino ou não, escolheram a mesma praia, no mesmo feriado, para descansarem… E se soubessem que dali sairia a certeza de que encontraram o amor da vida, com certeza teriam feito essa escolha antes. Porque a conexão ali foi tão grande que não demorou muito até o empresário resolver, com um jantar romântico e o coração cheio de amor, pedir a administradora em namoro – e, depois de sua resposta, darem início a melhor fase de suas vidas.

Dali em diante Bruna e Gabriel foram irremediavelmente felizes. Tanto que quando o amor não coube mais no peito e transbordou, veio o pequeno Noah para completar o sentimento e provar que eles eram sim uma família (quase) perfeita. O único detalhe que faltava para excluir a palavra de vez dessa frase era um sonho antigo que ambos nutriam: o de subir ao altar juntos. E assim foi feito, com direito a pedido surpresa e tudo! “No dia do meu aniversário, ele organizou um jantar em um restaurante para me pedir em casamento, mas acabou esquecendo as alianças na hora de sair, o que o deixou bastante nervoso, porque queria voltar rápido para buscar, e a mim bastante confusa, sem entender o que estava acontecendo. Mas no fim tudo deu certo, pois logo que chegamos em casa ele correu para pegar a caixinha escondida e fez o pedido, que foi perfeito e, no fim das contas, a nossa cara”, relembra a (agora) senhora Massa, feliz da vida por ter casado com o amor da sua vida, também conhecido como o cara mais bondoso e companheiro que conhece.

Camila & Felipe – Camboa Hotéis

Quem nunca ficou com aquele friozinho na barriga, aquele receio de dar o primeiro passo para sair da friendzone e perder o amigo para sempre? Nada melhor do que se apaixonar pelo seu melhor amigo, mas o medo de nunca mais a amizade voltar a ser a mesma às vezes fala mais alto. Ainda bem que Camila Rodrigues, 28, e Felipe Andreoli, 30, tiveram coragem de ir além e se deixaram viver o sentimento que estavam tendo um pelo outro.

A fisioterapeuta e o engenheiro já eram amigos desde a época da faculdade. Embora a galera que andavam com os dois sempre falassem que eles tinham tudo para serem um casal, ambos levavam na brincadeira. Em 2012, eles perceberam que o fato de serem amigos só fortaleceria o namoro deles, então botaram todas as fichas nesse relacionamento e chegaram juntos ao altar para celebrar terem se apaixonado pelo(a) seu melhor amigo(a).

Fernanda & Amauri – Recanto Graça e Paz

Fernanda Maria da Silveira, 32, e Amauri Said Filho, 29, se conheceram em uma balada de rock, mas só começaram a conversar de fato depois que, milagrosamente, o analista de sistemas encontrou a advogada e (quase) psicóloga no Facebook e logo engatou em uma conversa. Naquele momento eles poderiam não saber, mas tamanho esforço dele mudaria suas vidas para sempre! Porque, de forma leve e sem muitas formalidades – não houve nem pedido de namoro, por exemplo! –, ele se tornou o cara especial que faz tudo para arrancar gargalhadas dela; e ela? Ah, ela se tornou a menina-mulher da sua vida, aquela capaz de arrancar sorrisos dele até quando está dormindo!

Então qual a novidade se falarmos que o rumo desse casal era, sem sombra de dúvidas, o altar? Nenhuma! Almas gêmeas que só, protagonizaram um pedido de casamento, depois de dois anos de namoro, com direito a surpresas e muita emoção. “Saímos para comemorar o aniversário de namoro, e quando chegamos na nossa casa, ela estava totalmente decorada com balões em forma de coração, velas e pétalas de rosas”, relembra Fernanda. É que ao lado de uma amiga deles, Amauri preparou todos os mínimos detalhes – inclusive a forma como queria ser lembrado pelo amor da sua vida na hora de pedi-la em casamento. E não é que, dentre tantos sinônimos de “inesquecível”, “sim, eu aceito” foram as palavras (perfeitas) escolhidas por ela?!

Regina & Cristóvão – Salão Nápoli – Restaurante Madalosso

A consultora de projetos sociais, Regina Riba, 35, e o trader, Cristovão Pawlik, 39, se cadastraram no site Par Perfeito, há 15 anos, em busca de conhecer sua cara metade, um companheiro para a vida e encontrar o amor. E não é que em setembro de 2004, entre centenas de mensagens e e-mails Regina acessou o perfil de Cristóvão e começou uma conversa. “Após dias de conversas, mesmo sem ter passado nenhuma foto para ele, descobri que residíamos na mesma cidade e éramos quase vizinhos. Surpresos, marcamos o primeiro encontro. Naquele momento os destinos estavam se unindo! Foi uma caminhada cheia de emoções, diferentes fases, amadurecimento e crescimento nestes anos de namoro”, revela a noiva.

O pedido de casamento veio já no primeiro ano de namoro, mas pela dinâmica de vida que cada um levava, a comemoração acabou ficando para depois. Com famílias de origem majoritariamente polonesas, que vieram ao Brasil na Segunda Guerra Mundial na esperança de viver dias melhores e certamente enfrentaram corajosamente muitas dificuldades. Desde a infância escutavam histórias de superação e também muito divertidas, como os antigos casamentos poloneses que duravam 5 dias.

“Fazer uma festa de casamento é o sonho da grande maioria das pessoas que namoram e desejam constituir uma família, contudo, nem sempre é possível, considerando diferentes fatores que envolvem a organização de um evento. Planejamos durante esses últimos anos a festa, com a ajuda do cerimonial Rodrigo Ono e decidimos juntos cada item do grande dia, e uma coisa não poderia faltar: música e dança polonesa para animar a festa. Até a banda contratada – “Anauê”, aprendeu a tocar e cantar em polonês para atender nosso desejo, juntamente com o Grupo Wisla que fez uma pequena apresentação e depois dançaram com os convidados. Foi a parte mais divertida da festa. Uma forma de prestar homenagem aos ancestrais com muito amor e diversão”, relembra a noiva.

Larissa & Marcos – Espaço Belvedere

O amor da educadora, Larissa Belluzzo Henche, 27, e do engenheiro químico, Marcos Coloniezi Oliveira, 28, subiu a serra! Eles se conheceram em uma chácara de amigos em comum em Morretes e quando voltaram a capital paranaense o noivo mandou uma mensagem para Larissa dizendo que gostaria que ela fizesse parte de sua vida, independente da forma. O primeiro beijo foi um grande marco na vida do casal, naquele dia Marcos havia feito uma oração e pedido para que a vontade de Deus fosse feita. “Quando finalmente o beijo aconteceu, ele se emocionou muito e disse que estava muito feliz, pois tinha certeza de que eu era a mulher de sua vida”, relembra a noiva.

Mesmo morando juntos há algum tempo os noivos sonhavam com um casamento ao ar livre, sempre uma aposta em Curitiba, conhecida pelas mudanças bruscas no tempo. Mas no dia do casamento estava perfeito, amanheceu nublado, mas saiu um sol forte durante toda a festa até o anoitecer, e de brinde quando caiu à noite com uma super lua cheia, que nasceu imensa sobre a represa do Passaúna, no Espaço Belvedere. “O toque de cada momento foi marcante, mas o brinde com água foi o mais, ali pudemos expressar a nossa gratidão por todos os presentes e apresentar com palavras o que aquela festa e aquela união significava para nós. Tudo na festa estava perfeito e com a nossa cara, a sensação de dever cumprido, ver o nosso projeto, as nossas escolhas de cada detalhe e cada fornecedor foi gratificante”, conclui Larissa.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr