Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Tomar, a cidade dos mistérios e das lendas

Por  |  0 Comentários


Saiba mais sobre esse histórica cidade no interior de Portugal e planeje sua viagem

Tomar, a cidade do Convento de Cristo e da Ordem dos Cavaleiros Templários, encantadora e romântica cidade no centro de Portugal, está apenas a duas horas de trem de Lisboa ou pouco mais de uma hora pela autoestrada A1. Quando decidimos nos hospedar em Tomar, pensamos apenas em como seria conveniente já acordarmos nela. Tinha lido que nesta antiga cidadezinha a atração principal é o Castelo e o Convento de Cristo, do século XII, erguido pela Ordem dos Templários da qual o nosso conhecido Pedro Álvares Cabral fazia parte, diz-se também que a Maçonaria tem ligação com esta Ordem,  não sei se esta informação tem fundamento.

Rua Serpa Pinto, com a vista do Castelo dos Templarios no alto em Tomar Foto Roberto Pereira

Sua história é tão enriquecida com lendas e mistérios que tornam a cidade ainda mais interessante para os turistas: As terras de Tomar foram doadas à Ordem dos Templários, pelo rei Afonso Henriques. Esta ordem foi fundada pelos cavaleiros templários no século XII para proteger os cristãos que iam em peregrinação a Jerusalém, durante a Idade Média, com o tempo se tornou muito poderosa. Em 1160 iniciou-se a construção do castelo e do convento em Tomar e o lugar ficou sendo a sede dos Templários em Portugal. Ao longo dos séculos o lugar foi modificado e grandes transformações foram feitas.

Escritores como o escocês Walter Scott, com o seu livro Ivanhoé, ou o talentoso italiano Umberto Eco, com O Pêndulo de Foucault, ou o americano Dan Brown com o famoso livro Código da Vinci, que também foi sucesso como filme, ficaram fascinados com a história da Ordem e se inspiraram nela para escreverem seus livros. Filmes também foram feitos baseados nos Templários:  Indiana Jones e Última Cruzada, assim como vídeo games: Broken Sword e Assassin’s Creed.

Castelo e Fortaleza dos Templários em Tomar Foto Roberto PereiraCastelo dos Templários em Tomar Foto Roberto Pereira

A Charola é o centro do mosteiro do século XVII. Seu desenho segue a Rotunda do Santo Sepulcro, é belíssima e mostra toda a riqueza da Ordem. Mais uma vez fomos surpreendidos pela diversidade de estilos arquitetônicos, pela riqueza da Charola e pela magnífica estrutura do castelo e do Convento que dominam a cidade do alto da montanha.

Charola no Mosteiro de Tomar Foto Roberto PereiraO grande claustro do Mosteiro dos Templários em Tomar Foto Roberto Pereira

Lá embaixo, ao pé da montanha, fica a velha cidade de Tomar, fundada pelos monges cavaleiros, às margens do rio Nabão. Salgueiros e flores derramam-se pelos muros do Parque do Mouchão e ruazinhas estreitas distribuem-se em um quadrilátero. Numa delas encontramos o pequeno Museu Luso Hebraico de Abraham Zacuto, que fica numa das mais antigas sinagogas de Portugal (1430) usada para culto pela última vez em 1497, quando D. Manuel baniu todos os judeus que se recusaram a se converter ao cristianismo. A partir de então o local foi prisão, celeiro e depósito, até ser transformado neste pequeno museu. Confesso que fiquei emocionada ao visitá-lo, pois faz parte da minha história: um dos meus bisavôs era judeu de país árabe!

Museu Luso Hebraico de Abraham Zacuto em Tomar Foto Roberto Pereira

A animada rua Serpa Pinto termina na Praça da República onde se encontra a igreja gótica de São João Baptista, construída nos fins do século XV, a bela porta em estilo manuelino, a torre octogonal, o púlpito de pedra e quadros do século XVI fazem com que seja obrigatório visitá-la. Na Praça da República, de quatro em quatro anos no início de julho, acontece a Festa dos Tabuleiros, um festival de origem pagã, a próxima será em 2019, é tão popular que atrai quase meio milhão de pessoas!

 Igreja Gótica de São João Baptista em Tomar Foto Roberto Pereira

Nas aldeias e vilas do interior de Portugal, às vezes vemos coisas que nos remetem ao passado, como a lojinha da foto em que o dono, no meio dos objetos à venda, expõe sua coleção de rádios e máquinas de costura.

Lojinha em Tomar Foto Roberto Pereira

Poderíamos conhecer a cidade em  apenas um dia, mas gostamos de visitar tudo com calma, pois além de nos permitir explorar detalhadamente os pontos turísticos e ao Roberto fotografar sem pressa, aproveitamos sempre para relaxar nos hotéis confortáveis em que nos hospedamos. Em Tomar ficamos no Hotel dos Templários, no centro histórico, rodeado por magníficos jardins e debruçado sobre o rio Nabão.

Entrada do Hotel dos Templarios em Tomar Foto Roberto Pereira

Seduzida pela aura deste lugar, fico com os versos do poeta português Luís Ribeiro, apaixonado por Tomar:

“Sede dos Cavaleiros Templários
Dona do Convento, dos Pegões
És Terra com enorme História
E dona de muitos corações.”

Se você quiser fazer um tour por Portugal, incluindo Tomar e outras vilas, para aproveitar ao máximo este encantador e romântico país, consulte as agências de viagem e hotéis que a Inesquecível Casamento recomenda no Guia de Fornecedores e peça um roteiro personalizado, para você.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Casada, mãe de três filhos e avó-coruja de seis netos. Formada em Português Latim, Línguas e Literaturas pela UERJ, gosta de descobrir novas culturas e viajar mundo afora. Organizada, sabe planejar meticulosamente cada roteiro para usufruir do melhor a um custo justo. Com o passaporte carimbado, ela compartilha aqui suas experiências.