O melhor de Salvador

Por  |  0 Comentários


Salvador, na Bahia, é conhecida pelo carnaval animado e pelos trios elétricos que levam alegria à multidão de turistas, mas essa cidade bonita e agitada sempre foi importante historicamente, desde a época do descobrimento, tendo sido a primeira capital do Brasil colônia.

A influência africana está presente na gastronomia, na música e na arquitetura, logicamente, ao lado da portuguesa, por isso é uma cidade ímpar. O bairro do Pelourinho, no centro histórico,  é um verdadeiro museu a céu aberto, chamado de “joia afro-brasileira”, por sua rica arquitetura colonial portuguesa, com monumentos históricos erguidos a partir do século XVII.

Baía de Todos os Santos 2

Em 1985 foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO por seu maravilhoso conjunto arquitetônico barroco, nele se encontram também inúmeros casarões, igrejas, museus, centros culturais e restaurantes.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos no Pelourinho Foto Roberto PereiraRua Gregorio de Matos no centro historico Foto Roberto Pereira

A Igreja e o Convento de São Francisco, séculos XVII e XVIII, ficam no centro histórico e ambos foram tombados pelo IPHAN. A Igreja de São Francisco é magnífica, uma tonelada de ouro foi utilizada na ornamentação de seu interior, é realmente impressionante.  Essa igreja foi classificada como uma das  Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo.

Igreja de São Francisco Foto Roberto PereiraAltar ornamentado com folhas de ouro Igreja de São Francisco Foto Roberto Pereira

O famoso Olodum, bloco afro-brasileiro, anima os foliões no carnaval, mas também defende e luta pelos direitos dos negros e marginalizados. Existe o bloco do Olodum mirim, composto por crianças que ensaiam durante o ano todo ao som do toque do tambor, é encantador ver  essas crianças, na maior alegria, saindo  pelas ruas do Pelourinho.

Olodum mirim Foto Roberto Pereira

Salvador é dividida em Cidade Alta, a maior e mais moderna parte da cidade, e Cidade Baixa, parte litorânea, junto à baía de Todos os Santos, elas são ligadas ou por vias urbanas ou pelo famoso Elevador Lacerda. Bem próximo à saída do Elevador, na parte Baixa, fica  o Mercado Modelo, uma atração turística muito visitada, cheia de lojas de artesanato e lembranças da Bahia.

Elevador Lacerda e baia de Todos os Santos Foto Roberto PereiraMercado Modelo Foto Roberto Pereira

Na parte baixa também está a Marina Bahia, com ótimos restaurantes, como o Lafayette, especializado em culinária mediterrânea e o Soho, cozinha oriental, além disso o local tem um espetacular pôr do sol. Imperdível!

Por do sol na baia de Todos os Santos Foto Roberto PereiraMarina Foto Roberto Pereira

Ficamos hospedados perto do Pelourinho, no primeiro hotel histórico de luxo no Brasil, o Hotel Pestana Convento do Carmo, no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, numa localização excelente, o que nos permitia passear a pé por todo o centro histórico. Construído em 1586 para ser o Convento das Carmelitas, passou por uma primorosa restauração antes de se tornar esse maravilhoso 5 estrelas.

Patio interno do Hotel Convento do Carmo Foto Roberto PereiraInterior do Hotel Convento do Carmo Foto Roberto PereiraHotel Convento do Carmo Salvador Foto Roberto Pereira

É requintado e cheio de obras de arte, com serviço perfeito, mas não snob, por isso nos sentíamos tão à vontade nesse hotel. Conhecemos inclusive uma uma das mais belas sacristias do mundo, a da Igreja do Carmo que fica no mesmo conjunto do Convento, a sacristia era fechada ao  público, mas os hóspedes do hotel podiam conhecê-la, acompanhados por um funcionário.

Sacristia Convento do Carmo Foto Roberto PereiraCristo atado a coluna escultura de O Cabra  negro escravo sacristia da Igreja do Carmo Foto Roberto Pereira

Foi muito tranquilo passear por Salvador, pois não era época de carnaval. Após o café da manhã, saíamos para explorar a cidade, quando íamos para lugares mais distantes, pedíamos ao concierge que providenciasse um táxi para ficar a nossa  disposição, combinávamos o preço previamente para não ter problemas, sendo assim também conhecemos belos locais mais afastados.

Salvador tem praias famosas, como a de Itapuã, banhada pelo oceano Atlântico, preferida pelos moradores e cantada nos versos de Vinicius de Moraes:  “Tarde em Itapuã”…  Beber água de coco, olhar o mar e ouvir essa música, realmente não tem preço!

Praia de Itapuã Foto Roberto PereiraFarol de Itapuã Foto Roberto Pereira

Outra praia muito bonita é a praia da Barra, com água transparente e calma, é ideal para nadar, evite conhecê-la no fim de semana porque fica muito cheia.

Praia da Barra Foto Roberto Pereira

Visitamos o Forte de Santo Antônio da Barra que fica no largo do Farol da Barra, logo na entrada da baía de Todos os Santos. Foi o primeiro forte do Brasil, atualmente  abriga o Museu Náutico da Bahia, que mostra as conquistas náuticas portuguesas pelo mundo, vale a pena ir até lá, pois além de ter um bom acervo, tem uma bela vista.

Forte Santo Antônio da Barra e seu farol Foto Roberto Pereira

Fomos à lagoa do Abaeté, de águas escuras e cercada por dunas de areias brancas, alguns consideram uma área muito deserta, mas tem seus encantos e gostamos de conhecer este lugar. Na região da lagoa fica a Casa da Música, que conta a história da música baiana, foi interessante o passeio.

Lagoa do Abaete Foto Roberto Pereira

Há uma festa muito tradicional, marcada pelo sincretismo religioso, que acontece desde 1754 na Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, a igreja das famosas fitinhas do Bonfim: na segunda quinta feira de janeiro, as mulheres vestidas de baiana fazem a lavagem da escadaria da igreja, com vassouras e jarros com água de cheiro, atrás vem o bloco Filhos de Gandhi e, depois, uma multidão de fiéis, todos com roupas brancas, a cor de Oxalá.

Perto da Igreja do Bonfim fica a igrejinha de Nossa Senhora do Monte Serrat e o Forte Monte Serrat, de 1583, na Ponta do Humaitá. A vista é muito bonita e o lugar merece ser visitado.

Igreja de N Sra do Monte Serrat Foto Roberto PereiraForte Monte Serrat na Ponta de Humaitá Foto Roberto Pereira

Enfim, foram dias  maravilhosos em que aproveitamos o melhor de Salvador, pois com tantas atrações turísticas fica impossível conhecer todas, contudo posso afirmar: Vá a Salvador e você vai querer voltar! Se quiser mais dicas dessa linda e animada cidade, consulte as agências de viagem que a Inesquecível Casamento recomenda no Guia de Fornecedores e terá uma lista de boas opções para fazer uma bela viagem.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Casada, mãe de três filhos e avó-coruja de seis netos. Formada em Português Latim, Línguas e Literaturas pela UERJ, gosta de descobrir novas culturas e viajar mundo afora. Organizada, sabe planejar meticulosamente cada roteiro para usufruir do melhor a um custo justo. Com o passaporte carimbado, ela compartilha aqui suas experiências.