Londres, cidade majestosa

Por  |  4 Comentários


Sempre sonhou em conhecer Londres? Confira dicas do que você não pode deixar de fazer na terra da Rainha!

A primeira vez que fui a Londres fiquei maravilhada com o encontro de mil cidades em uma só, ao longo dos anos isso  se confirmou ainda mais: Londres é para tudo e todos.

Londres Foto Roberto Pereira

Costumam dizer: “Londres é cara para nós, brasileiros!” É verdade, mas você também poderá curtir a cidade gastando pouco ou quase nada, como passear pelas ruas, de dia ou de noite, admirando as fachadas vitorianas, com certeza será sempre um prazer.

Rua em Londres Foto Roberto Pereira

Anoitecendo em Londres Foto Roberto Pereira

Londres tem o metrô mais antigo do mundo, andar no Tube, como os londrinos o chamam, é a maneira mais rápida e prática de se locomover pela cidade. Sempre compramos o Oyster Travelcard, porque não há limites de viagem em metrô, ônibus ou trem em toda Londres e tem passes de 1, 2, 3 e 6 dias.

Underground ou Tube ou Metro Foto Roberto Pereira

Uma das coisas que estão à disposição para se conhecer esta cidade de maneira divertida e agradável, são as bicicletas que podem ser alugadas por dia por apenas 2 Libras, assim você se movimenta por Londres e aproveita para se exercitar. Se quiser informações detalhadas basta entrar no site Transport for London.

Numa rua em Londres Foto Roberto Pereira

Mas Londres também é para os ricos…  Harrods London  é uma loja de departamento de luxo, muito bonita, no bairro de Knightsbridge, que ocupa um enorme quarteirão e tem 330 departamentos, um verdadeiro templo de consumo. Há produtos de preços razoáveis e outros caríssimos, como a garrafa de champagne Louis Roederer Cristal Gold, edição limitada de 2002, por £18.000,00!!!  Passear na Harrods não custa nada e é um programa muito bom.

Harrods London Foto Roberto Pereira

Amo os parques de Londres, há sempre o que fazer neles, como caminhar, relaxar pegando sol, fazer piqueniques, enfim atividades para todos os gostos e idades. Todos são lindos, bem cuidados e alguns têm vistas deslumbrantes. Se tiver sorte de ir num deles quando houver concertos de música, você poderá apreciar o espetáculo sem despender uma libra sequer.

O Hyde Park talvez seja o mais conhecido e visitado pelos turistas e é um dos ícones londrinos. Enorme e bem central, muito arborizado, tem lago,  prado e lindos jardins de rosas. O memorial em homenagem a Diana, Princess of Wales Memorial Fountain, também fica neste belo parque.

Hyde Park Londres Foto Roberto Pereira

Um que acho super agradável e que frequento quando vou a Londres, porque gosto de ficar em hotéis dessa região, é o Regent’s Park. Ele é menor que o Hyde Park, mas também tem jardins de rosas e a maior área para esportes ao ar livre de Londres, para futebol, softball, rugby e críquete, além do Teatro ao Ar Livre.

Trafalgar Square e o Piccadilly Circus são também ícones da cidade, por isso todos os turistas querem conhecer e bater fotos destes lugares. Cinco ruas principais de encontram no centro do Piccadilly Circus: Regent Street, Shaftesbury Avenue, Piccadilly Street, Covent Street e Haymarket.

Piccadilly Circus Foto Roberto Pereira

Trafalgar Square é um dos lugares mais vibrantes no centro de Londres, onde muitos shows acontecem.

Show em Trafalgar Square Foto Roberto Pereira

Você poderá conhecer o interior do Palácio de Buckingham, residência e local de trabalho da Rainha, no site há tudo o que se precisa saber a respeito de visitação. Mas, se não tiver tempo ou interesse para isso, poderá ver a fachada e a troca da guarda da rainha, é interessante e não custa nada.

Troca de Guarda no Buckingham Palace Foto Roberto Pereira

Outro ícone de Londres são os pubs, frequentados por londrinos e turistas, impossível passar por eles e não entrar, nem que seja para beber apenas uma caneca de cerveja… e você nem vai gastar muitas libras nesse programa tão inglês!

Pub em Londres Foto Roberto Pereira

 Interior do pub Foto Roberto Pereira

Pub em Londres

Ir até a famosa rua Abbey Road e conhecer o Abbey Road Studio, para muitos da minha geração, fãs dos Beatles, era um sonho. Hoje em dia não se pode visitar o estúdio, mas atravessar  a rua, como os Beatles na famosa foto, é permitido…  sendo assim não resisti: fotografei pai, filho e netos!

Abbey Road Foto Hilma Pereira

Quem estudou inglês na infância já cantou a musiquinha: “London Bridge Is Falling Down”, feita para  a mais antiga ponte de Londres, a letra é conhecida desde o século XVII e a melodia,  final do século XIX. Fiquei surpresa com a descoberta de que a canção não se referia à Tower Bridge, também um dos ícones de Londresa ponte mais famosa e mais fotografada  de Londres, que só foi construída em 1894.

Tower Bridge Foto Roberto Pereira

Na Torre de Londres, um “castelo-fortaleza” de 1066são guardadas as Jóias da Coroa, é um passeio que começa pelo exterior da Torre, passa pelo Portão dos Traidores, pelo local das execuções, onde Ana Bolena, uma das seis esposas do rei Henrique VIII, foi executada em 1536 e no final chega-se à Casa das Jóias, onde ficam os tesouros da Coroa inglesa.

Torre de Londres e o guarda da Coroa Foto Roberto Pereira

Notting Hill é um bairro eclético, onde você encontra restaurantes famosos, galerias de arte, teatros, livrarias, lojas, feira de antiguidade… Quem viu a comédia romântica Notting Hill, com Julia Roberts e Hugo Grant, vai gostar de entrar e dar uma olhada na livraria em que várias cenas foram filmadas.

The Notting Hill Bookshop Foto Roberto Pereira

O Covent Garden é um famoso mercado que vende de tudo: antiguidades, artes, lembranças e até comida. O primeiro foi construído em 1654, depois, em 1904, foi reconstruído e em 1998, restaurado.

Covent Garden Foto Roberto Pereira

Big Ben na verdade é o sino que fica na torre do relógio do Parlamento inglês, mas todos se referem ao relógio na torre como Big Ben, conhecido no mundo inteiro como um dos símbolos de Londres, assim como os famosos ônibus vermelhos de dois andares ou as cabines telefônicas vermelhas.

Big Ben e red bus Foto Roberto Pereira

E os museus de Londres? São tantos que é impossível ir a todos, mesmo para quem está  sempre viajando para Londres a passeio ou a trabalho, mas alguns considero imperioso conhecer como o Museu Britânico (entrada grátis) com mais de sete milhões de objetos do mundo inteiro, mostrando a história da cultura humana desde o início até o presente. Em 2000 foi inaugurada a Great Court, no espaço central do museu, ficou muito bonito.

Great Court British Museum Foto Roberto Pereira

National Gallery (entrada grátis), outro museu imperdível, localizado na Trafalgar Square, valeria a visita só pelo tamanho e imponência, mas seu acervo riquíssimo faz dele um dos melhores do mundo, com mais de 2300 obras de Da Vinci, Botticelli, Monet, Michelangelo, Caravaggio, Van Gogh, Cézanne, Rembrandt e outros.

Victoria & Albert Museum (V&A) (entrada grátis) é o maior museu de arte e design, do mundo, sua coleção permanente tem mais de 4,5 milhões de objetos  que remonta a 5.000 anos de criatividade.

Tate Britain e Tate Modern  (entrada grátis) são outros dois imperdíveis museus, o primeiro exibe o melhor da arte britânica e o segundo tem exposições temporárias de arte moderna e contemporânea.

Tate Modern Foto Roberto Pereira

Burlington House abriga tanto a  Royal Academy of Arts como a Linnean Society of London, agradecemos ao Dr Keith Maybury e sua mulher Sara Maybury, prima inglesa do Roberto, o convite para conhecermos coleções excepcionais dessas duas instituições.

A Royal Academy of Artsfundada em 1768, exibe anualmente, há mais de 200 anos, a Summer Exhibition, essa exposição é aberta para todos os que quiserem se inscrever: “uma plataforma única para artistas emergentes e já estabelecidos mostrarem seus trabalhos para um público internacional.”

Summer Exhibition 2015 Foto Roberto Pereira

Linnean Society of London é uma sociedade científica dedicada à taxonomia, fundada em 1788, a mais antiga do mundo. São mais de 9000 espécies de insetos e mais de 3000 espécies de conchas. Foi um privilégio conhecer parte dessa coleção, pois não é aberta ao público em geral.

Linnean Society of London Foto Roberto Pereira

Todas as vezes que deixei Londres saí com gostinho de “quero mais”, por isso pretendo voltar muitas vezes a esta cidade sensacional que alia a tradição ao contemporâneo e nos deixa completamente fascinados por ela.

Consulte as agências de viagem e hotéis que a Inesquecível Casamento recomenda no Guia de Fornecedores, para escolher o melhor para seu roteiro em Londres.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Casada, mãe de três filhos e avó-coruja de seis netos. Formada em Português Latim, Línguas e Literaturas pela UERJ, gosta de descobrir novas culturas e viajar mundo afora. Organizada, sabe planejar meticulosamente cada roteiro para usufruir do melhor a um custo justo. Com o passaporte carimbado, ela compartilha aqui suas experiências.