Baixe
aqui
seu
E-BOOK
x

Chantilly e seu Château

Por  |  0 Comentários


Em pouco tempo de viagem partindo de Paris é possível contemplar o charmoso Château de Chantilly e todos os encantos dessa cidade. Descubra o que te espera por lá!

A pequena Chantilly, cidade a 40 km ao norte de Paris, consegue reunir natureza, cultura, equitação, diversão e gastronomia, tudo isto numa área de 17 Km². É um lugar pitoresco e agradável para se passar uns dias, apesar disso muitos turistas preferem pegar o trem pela manhã na Gare du Nord, em Paris, descer 25 minutos depois na estação Chantilly e no final do dia retornar a Paris.

Nós preferimos ficar dois dias em Chantilly para visitar calmamente as atrações e aproveitar a tranquilidade da pequena e romântica cidade  para relaxar.

Uma rua em Chantilly Foto Roberto PereiraA calma de Chantilly Foto Roberto Pereira

Há histórias interessantes a respeito desta cidade como a invenção do delicioso “creme de chantilly”, criação do chef François Vatel que trabalhou para Louis II de Bourbon, o Grande Condé, no Château de Chantilly, por isso resolveu batizar o creme inventado por ele com o nome do lugar. Logicamente os sorvetes, cafés e chocolates vêm com creme de chantilly, aliás o melhor que já provei!

Em séculos passados eram conhecidas e apreciadas as rendas francesas, principalmente as produzidas em Chantilly e Valenciennes, com técnica de agulha, essas cidades acabaram dando nome aos diversos tipos de renda que até hoje são usadas pelos estilistas.

Nosso primeiro passeio foi ao Château de Chantilly, residência dos príncipes de Condé, primos dos reis de França, séculos XVII ao XIX. Atualmente o Grand e Petit Palais, que formavam o Castelo de Chantilly, formam o Musée Condé, que faz parte da lista dos mais bonitos castelos da França, portanto não deixe de visitá-lo se for à Chantilly.

Chegando ao castelo de Chantilly Foto Roberto PereiraInterior do Château Chantilly Foto Roberto Pereira

Lindo e imponente, como costumam ser os Châteaux na França, o de Chantilly abriga no seu interior uma bela coleção de obras de pintores famosos, como: Raphaël, Fra Angelico,  Delacroix e outros, assim também como obras de pintores orientais, fotografias antigas, mobiliário dos séculos passados, sendo as peças mais valiosas a cômoda do rei Louis XVI que ficava em Versailles e um canapé e cadeiras que pertenceram a rainha Marie-Antoinette.

Um dos salões do Museu Condé Château du Chantilly Foto Roberto PereiraGaleria de quadros no Museu Condé Château Chantilly Foto Roberto PereiraMadona, de Raphael, Museu Condé, Chantilly, Foto Roberto PereiraBiblioteca do Château du Chantilly Foto Roberto PereiraCapela no Museu Condé, Château de Chantilly Foto Roberto Pereira

Ao redor do Château está o lindo parque do castelo de Chantilly, com três estilos de jardim: o francês, do século XVII, o anglo-chinês, do final do século XVIII e o inglês do século XIX.

Um dos jardins no Domínio de Chantilly Foto Roberto Pereira

Chantilly é o centro da equitação francesa, por isso a cidade é chamada de “capital das corridas de cavalo”, são cerca de 3000 cavalos treinados no que é o  maior centro de ensino de cavalos de corrida. A grande “saison” social acontece em julho com as corridas, nas quais os melhores jóqueis da França e seus cavalos disputam os famosos troféus Prix du Jockey Club e Prix de Diane-Hermés.

Visitamos as magníficas cavalariças, as Grandes Ecuriesantigas cocheiras dos príncipes de Condé, onde hoje fica o Musée du Cheval com um pequeno acervo de objetos de montaria, fotos, curiosidades sobre cavalos, carruagem e charrete. No local diariamente são apresentados espetáculos equestres, os turistas se encantam com as coreografias originais dentro de um cenário majestoso.

Museu do Cavalo em Chantilly Foto Roberto PereiraMuseu do Cavalo em Chantilly Foto Roberto PereiraTreinadora na Grandes Ecuries Foto Roberto PereiraApresentação equestre em Chantilly Foto Roberto Pereira

Escolhemos ficar no antigo chalé de caça do Duque d’Aumale, hoje o encantador Hôtel Relais d’Aumale, no centro da floresta de Chantilly, apenas a 5 minutos do castelo. Neste aprazível local fazíamos caminhadas depois do jantar e tivemos a sorte de apreciar uma noite de lua cheia.

Salão e bar do Relais d'Aumale Foto Roberto Pereira Hôtel Relais d'Aumale Foto Roberto PereiraNoite de lua cheia em Chantilly Foto Roberto Pereira

Chantilly é perfeito para uma romântica viagem, cidade ideal para se descansar após os dias agitados passados em Paris. Amamos ficar os últimos dias neste lugar, antes de nossa volta para o Brasil.

Se você quiser conhecer esta e outras cidades pelo mundo e quiser assessoria de expert em viagens, consulte a lista das agências de viagem e hotéis que a Inesquecível Casamento recomenda no Guia de Fornecedores e peça um roteiro personalizado, para você.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Casada, mãe de três filhos e avó-coruja de seis netos. Formada em Português Latim, Línguas e Literaturas pela UERJ, gosta de descobrir novas culturas e viajar mundo afora. Organizada, sabe planejar meticulosamente cada roteiro para usufruir do melhor a um custo justo. Com o passaporte carimbado, ela compartilha aqui suas experiências.