Belém do Pará, a porta da Amazônia

Por  |  14 Comentários


A cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará, ou apenas Belém é a mais bonita e simpática cidade da região norte do Brasil. Seu povo é muito hospitaleiro, suas comidas típicas, deliciosas, suas praças, encantadoras! Com clima equatorial, é quente e úmida, chovendo frequentemente, mas isso não impede que seja muito agradável e divertido fazer turismo nessa cidade.

Quem já foi a Portugal e chega a Belém vê traços da colonização portuguesa espalhados pela cidade, nas fachadas de azulejos das casas antigas, nos prédios públicos, na Catedral da Sé, no bairro chamado Cidade Velha, afinal  foi um português, Francisco Caldeira Castelo Branco, em 1616,  que fundou o Forte do Presépio, atualmente chamado de Forte do Castelo, que deu origem à cidade de Belém.

Forte do Castelo Foto Roberto PereiraForte do Castelo Foto Roberto Pereira

O Espaço São José Liberto é uma atração turística imperdível! Em 1749  os frades de Nossa Senhora da Piedade construíram o convento de São José. Anos depois foi ocupado por olaria, quartel, depósito de pólvora, hospital, cadeia pública e presídio. No século passado, fizeram um anexo que abrigou até presos políticos. Em 1980 foi restaurado e passou a ser o Espaço São José Liberto, além da Capela, tem o Museu de Gemas do Pará, o Polo Joalheiro, a Casa do Artesão.

Polo Joalheiro Foto Roberto PereiraPolo Joalheiro Museu de Gemas  Foto Roberto Pereira

Acima uma foto do único jardim gemológico do Brasil. Todo o espaço é muito lindo e considero obrigatória a visita para quem for a Belém.

A bonita Casa das Onze Janelas, no século XVIII, foi residência de um rico senhor de engenho, atualmente é um centro cultural situado na área histórica de Belém, como fica perto das outras atrações turísticas e tem uma linda vista, não custa conhecer.

Casa das Onze Janelas Foto Roberto Pereira

Outro local que não pode deixar de ser visitado é a Estação das Docas, o antigo porto fluvial foi transformado num complexo turístico que reúne gastronomia, lazer e moda, à beira da baía do Guajará.

Estaçao das Docas Foto Roberto PereiraEstaçao das Docas Foto Roberto Pereira

Saindo da Estação das Docas fomos andando e admirando a bela “cidade das mangueiras” como Belém era chamada antigamente, porque suas calçadas eram cheias de mangueiras. Vimos casa muito antigas e prédios públicos muito bonitos.

Cia das Docas CDP Foto Roberto PereiraFachadas antigas Foto Roberto Pereira

Caminhando fomos até à praça da República, no centro da cidade, porém a mais bonita praça de Belém, na minha opinião, uma das mais lindas do mundo, é a praça de Batista Campos.

Praca da Republica Foto Roberto PereiraPraca de Batista Campos Foto de Roberto Pereira

Visitamos a Catedral Metropolitana de Belém, a Catedral da Sé, de 1749, é muito bonita , não deixe de conhecê-la, assim como o museu de Arte Sacra, que fica na Igreja de Santo Alexandre.

Catedral da Se Foto Roberto PereiraInterior da Catedral da Se Foto Roberto PereiraMuseu de Arte Sacra Foto Roberto Pereira

A época áurea de Belém foi no Ciclo da Borracha, quando a região amazônica muito se desenvolveu com a exploração da borracha. O dinheiro circulava sem parar, levando prosperidade à cidade.

O belo Teatro da Paz, de 1878, inspirado no Scalla de Milão, foi construído nessa época.

Teatro da Paz Foto Roberto Pereira

Fomos conhecer o lindo Mangal das Garças chamado por muitos de “santuário ecológico”, lá passamos o dia. Esse parque, construído numa área alagada da cidade, à beira do rio Guamá, transformou-se num dos mais lindos locais da cidade. Roberto não se cansou de tirar fotos!

Vista da torre do Mangal das Garcas  Foto Roberto PereiraMangal das Garças Foto Roberto Pereira

Numa área de 40.000 metros quadrados, fomos ao borboletário, ao viveiro de pássaros, ao museu e à torre e lá de cima apreciamos a beleza da baía de Guajará. Almoçamos no maravilhoso restaurante Manjar das Garças.

Mangal das Garcas Foto Roberto PereiraRestaurante Manjar das Garcas Foto Roberto Pereira

Há mais de dois séculos há uma festa religiosa em Belém que é famosa no mundo inteiro e reúne milhões de pessoas, o Círio de Nazaré, na qual os paraenses homenageiam a sua padroeira numa das mais belas procissões do Brasil e do mundo, que sai da Catedral de Belém e vai até a Praça Santuário de Nazaré, na Basílica de Nazaré a imagem carregada na procissão fica durante 15 dias sendo venerada  pelos devotos.

Santuario de N Sra Nazare Foto Roberto PereiraInterior da Basilica de Nazare Foto Roberto Pereira

O Mercado do Ver o Peso também é muito famoso. Atração turística considerada a maior feira ao ar livre da América e um dos mercados públicos mais antigos do Brasil. Nele você encontra os maravilhosos frutos da região, dos quais fazem doces e sorvetes que são verdadeiros “manjar dos deuses”: cupuaçu, bacuri, graviola, açaí… “quem vai ao Pará, parou, bebeu açaí, ficou”… e também todos os ingredientes usados para fazer os deliciosos pratos típicos do Pará, como pato no tucupi, tacacá, maniçoba, vatapá e caruru paraenses (que não são iguais ao baiano), pirarucu, caranguejo e muito mais.

Mercado do Ver o Peso visto do rio Guama Foto Roberto PereiraBalaios com acai Foto Roberto PereiraArtesanato paraense Foto Roberto Pereira

Há bons hotéis: Crowne Plaza, o Atrium Hotel Quinta De Pedras, Hotel Regente e outros, assim como excelentes restaurantes em Belém, como o já citado Manjar das Garças, mas inesquecível mesmo foi almoçar no restaurante rural Terra do Meio, o local é maravilhoso e a comida da melhor qualidade, fica a 15 minutos de Belém, num parque ecológico – “Enfim, é a Terra do Meio. Um lugar para ser feliz.”

Restaurante Rural Terra do Meio  Foto Roberto PereiraTerra do Meio Foto Roberto Pereira

Passeando pela cidade, vimos que Belém é atualmente uma metrópole que cresceu muito e isso faz com que haja bônus e ônus das grandes cidades, mas continua encantadora, com inúmeras atrações turísticas, enfim um lindo local para lua de mel.

Belém espera por você, especialmente nesse ano de 2016 em que a cidade está comemorando seus 400 anos. Parabéns bela cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará.

Para tornar sua viagem a Belém ainda melhor, consultem as agências de viagem que a Inesquecível Casamento recomenda no Guia de Fornecedores e terão uma lista de boas opções para fazerem uma bela viagem.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Casada, mãe de três filhos e avó-coruja de seis netos. Formada em Português Latim, Línguas e Literaturas pela UERJ, gosta de descobrir novas culturas e viajar mundo afora. Organizada, sabe planejar meticulosamente cada roteiro para usufruir do melhor a um custo justo. Com o passaporte carimbado, ela compartilha aqui suas experiências.