Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Munique: um paraíso alemão

Por  |  0 Comentários


Munique, na Alemanha, é uma ótima opção para quem procura destinos aconchegantes e históricos. Conheça essa bela cidade!

Era um dia ensolarado de inverno e Munique sorria. De uma forma diferente como o faz nos meses de verão, mas igualmente encantadora. Flanar por suas ruas e parques tem um quê de brisa suave em qualquer época do ano. É sempre de harmonia o clima por este importante centro urbano no sudoeste da Alemanha. Tanto que às vezes parece tratar-se de uma cidade pequena e mal lembramos que a capital do estado da Baviera é a terceira mais populosa do país, apenas atrás de Berlim e de Hamburgo.

Rica e cosmopolita, Munique não tem aquele ar underground-vanguardista da capital alemã, mas está longe de ter parado no tempo. Pelo contrário: o conservadíssimo centro histórico respira energia e tudo ao redor tem um quê contemporâneo fascinante. Os museus, de uma forma geral, são uma ótima pedida e os do complexo Pinakothek, em particular, imperdíveis. Arte, arquitetura e design da modernidade para cá são os destaques, além dos belos jardins que circundam todos os cantos da cidade e cruzarão o seu caminho aonde quer que vocês vão.

Aliás, caminhar é a melhor opção para explorar Munique. Alugar uma bicicleta também não é uma má ideia e, quando cansar, conte com um sistema público de transporte com a melhor eficiência alemã. Para melhor planejar seus dias por aqui, opte por um hotel bem central, que te permita conhecer tudo sem grandes deslocamentos. Minha dica é o Mandarin Oriental, Munique, a menor propriedade do grupo asiático com apenas 73 quartos. O prédio é em si já é uma tração turística, super charmosos em uma esquina tranquila, ao lado da icônica cervejaria Hofbräuhaus. Há outras menores para se conhecer por perto, vale pedir uma dica mais local ao concierge.

Os quartos do MO são ultra confortáveis e com dois chamegos campeões: piso do banheiro aquecido e frigobar com cervejas cortesia repostas diariamente. Os mimos não param por aí: além de todas as comodidades tecnológicas habituais de um hotel cinco-estrelas, o serviço é um grande chamariz aqui. Nunca vi alemães tão sorridentes, uma simpatia aliás bem característica dessa parte do país. Deve ser efeito do belo cenário que envolve Munique. É só olhar em volta para entender…

Ainda dentro do hotel, não deixe de curtir pelo menos uma noite o bar 31, no extremo à esquerda de quem adentra o elegante lobby. No segundo andar está uma joia rara: o excepcional Matuhisa, restaurante fine-dining do celebrado chef Nobu Matsuhisa. Não há experiência gastronômica japonesa que se compare neste canto da Europa. Assim como é sem paralelos a vista 360º da cidade que se tem desde o terraço do hotel, com todo aquele casario e as torres de igrejas e outros edifícios de cair o queixo. Nos meses mais quentes funciona ali um lounge-bar que a partir deste 2018 também servirá refeições e certamente será o próximo hot spot local.

E uma dica final: passear sem pressa de mãos dadas pelo Englisch Garten, o Central Park de Munique. Amplo, agradável e cheio de cantinhos para parar, aprecisar a natureza e a companhia ao lado. Mesmo nos meses mais frios ele acolhe com carinho e nos mais quentes se transforma no grande coração da cidade, para onde todos convergem durante todo o dia.

Reservas: 0800 891 7538, mandarinoriental.com/munich ou seu agente de viagem

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Atuo no mercado de turismo de alto padrão há mais de 25 anos e no comando da agência Xmart, compartilho sugestões de roteiros românticos por hoteis e destinos mais exclusivos do mundo para uma inesquecível viagem a dois.