Como está seu relacionamento em tempos de quarentena?

Por  |  0 Comentários


Estamos vivendo um momento no mínimo diferente, ou se quisermos encontrar uma outra definição, podemos dizer que são tempos incertos, difíceis e inusitados para algumas gerações. Mas, então, como está o seu relacionamento na quarentena?

Sendo realista, otimista e nem um pouco alarmista, ousaria dizer que são tempos de reflexão, questionamentos e avaliação de nossas vidas, valores e prioridades.

Sabe aquele abraço que não demos no nosso amor, amigo, familiar ou colega de trabalho, em um momento que estávamos muito ocupados com nossos afazeres particulares, aquele sorriso de aceitação e aquela palavra que não trocamos com o vizinho, pois isso nos atrasaria para chegar no primeiro compromisso do dia?

Todas essas pequenas coisas fariam neste momento uma enorme diferença em nossas vidas, se pudéssemos voltar no tempo e fazê-las,pois estamos carentes de carinho, de abraços, de sorrisos, de convívio social.

Neste momento muitos sonhos foram adiados, aquela viagem sonhada há um ano, a comemoração do seu aniversário e os casamentos que estavam sendo aguardados há anos e agora tiveram que ser adiados pois o improvável aconteceu. E a pergunta que deixo para refletirmos hoje é: Como lidar com o improvável?

O confinamento ou isolamento social nos torna mais ansiosos, impacientes, algumas pessoas ficam deprimidas passivas, outras agressivas, outras comem compulsivamente e tantos outros sintomas brotam a partir do momento em que nos deparamos com a incerteza, a solidão, o medo e a confusão de informações que chegam como uma avalanche e se contradizem o tempo todo.

Olhamos para o nosso lado e vemos nosso(a) companheiro(a) assistindo a todos os noticiários do mundo por horas, ou dormindo longamente para justamente não se conectar com as duras notícias;passamos a conviver 24 horas com alguém que antes, víamos intensamente no final de semana ou convivíamos diariamente nos intervalos que as viagens e compromissos do trabalho permitiam, não é mesmo? Mas e agora, como está sendo esse convívio que já se encaminha para a terceira semana? É nesta “prova de fogo” que vamos entender o verdadeiro sentido dos nossos votos no dia do casamento e vamos lembrar da palavra generosidade que a Celebrante insistiu em repetir várias vezes durante a cerimônia.

O momento é de união, compreensão, planejamento para a realização dos sonhos que foram adiados e que vão acontecer em outro momento. O que vocês estão fazendo neste tempo livre? Muitos estão trabalhando remoto, através da maravilhosa tecnologia que nos permite conexão com o mundo inteiro, reuniões, e encontros sociais com os amigos, todos pela internet.  Mas a rotina mudou, não saímos mais correndo sem tomar café por causa da hora apertada, não chegamos tardíssimo porque o voo atrasou e ficamos no aeroporto aguardando o próximo, não saímos para jantar com os amigos, nem para aquele jantar romântico quando festejaríamos nosso aniversário de casamento.


Leia mais

+ Conversas importantes para se ter antes de casar

bg-divisoria

+ Casamos, e agora?

bg-divisoria

+ O que escrever no convite de casamento?

 


A rotina mudou, estamos literalmente aprendendo a viver sem várias atividades que para muitos seria impensado viver sem, estamos convivendo com nosso lado inseguro e sem verdades absolutas, estamos aflitos por resolver questões que já não dependem somente de nossas decisões.

Está tudo diferente. A preocupação com o próximo, a crise econômica que bate na porta de cada um de nós, de formas diferentes, mas com a mesma força,a incerteza sobre quando poderemos retomar nossa rotina, e qual a melhor data para remarcarmos nossos sonhos e compromissos.

Quantas coisas novas e impensadas vivenciamos nos últimos quinze dias e ainda não sabemos como será o amanhã. Mas uma certeza nos acompanha, tudo isso vai passar!Por isso, nossa sugestão é que vocês desenvolvam sua nova rotina com os calls de trabalho, os exercícios físicos para a sua saúde física e mental, descubram seu talento na cozinha inventando e reinventando receitas, planejem com mais tempo os detalhes do casamento, da renovação de votos, do batizado, pensem na elaboração e reafirmação dos votos, já que neste momento a emoção está à flor da pele, e vocês terão mais tempo de colocar no papel, na tela do computador ou do telefone todos os seus sentimentos e o que gostariam que o outro soubesse naquele instante, quando finalmente acontecer.Planejem aquela viagem dos sonhos, os filhos que terão juntos, a casa que pretendem construir e assim sua energia se voltará para coisas positivas. A forma como pensamos reflete diretamente no que fazemos ou somos. Quanto mais vibrações positivas e felizes vocês emanarem, mais se fortalecerão como casal, como parceiros, amigos e companheiros de vida.

Se vocês já têm filhos, encontrem uma rotina para eles também. Lógico que a falta da creche, escola, atividades esportivas e culturais demandarão mais esforço de vocês e muitas vezes a paciência vai encurtar, neste momento um deverá ser o esteio do outro, o ponto de apoio, as mãos firmes que vão se amparar e dar a eles a firmeza e segurança que precisam.

Aproveitem para planejar a celebração da vida em família, quando todos aqueles que amamos e são importantes para nós estarão juntos em um momento de muitos abraços, beijos e calorosas declarações de carinho e felicidade por todos terem passado por essa fase difícil e vencido juntos.

Lembrem-se disso: Tudo passa! Isso também vai passar!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Ela é apaixonada por casamentos. Adora compartilhar as histórias de amor que conta e encanta. Sua formação em direito e os muitos anos de exercício do magistério superior consolidaram sua forma de se expressar, e como ela costuma dizer, seu maior legado é a Palavra. Escrever e falar sobre o amor é sua vocação, com muita emoção, sempre!