Turbinando o Hip Hop

Por  |  0 Comentários


DJ André Werneck comenta sobre a volta do sucesso do Hip Hop para pistas de dança em festas casamento

No início dos anos 2000 o som que fazia a mulherada descer até o chão nas festas de casamento era o Hip Hop. Músicas como “Promiscuous” da Nelly Furtado e “Last night” do P. Diddy, também conhecido como Sean Combs ou Puff Daddy.

O som black fazia as pistas bombarem com uma mistura de R&B e Hip Hop. Foi nessa época que brilharam nomes como Pussycat Dolls, Beyoncé, Ja Rule, Ne-Yo, Nelly, Akon, FloRida, Usher, Kelly Rowland (ex integrante do grupo Destiny’s Child), Rihanna, Eminem, Sean Kingston, Outkast e Black Eyed Peas, que também misturou um pouco de pop na fórmula mágica do sucesso.

Como tinha música boa nessa época, não é verdade? Ainda tinha uma galera forte do Hip Hop: 50 Cent, Lil John, Busta Rhymes, Kanye West, T-Pain e Snoop Dogg. Esse último é de uma geração anterior, que também colocou todo mundo pra dançar: Soul II Soul, TLC, En Vogue, Destiny’s Child, Salt-N-Pepa, Naughty by Nature, DJ Jazzy Jeff & The Fresh Prince, Bone Thugs-N-Harmony, 2 Pac, Dr. Dre, Notorious B.I.G., DMX, SWV, De La Soul, Coolio, Shaggy, Tag Team, Fugees, Montell Jordan, Run DMC, Cypress Hill, House of Pain, Arrested Development, Public Enemy e, logicamente, Michael Jackson. Esses são apenas alguns astros black que emplacaram super hits nas pistas.

O retorno da música Dance às pistas

Se o Hip Hop atual não fazia o mesmo sucesso nas pistas, veio a pandemia e tudo mudou. Sem pista para tocar e testar as produções, os DJs passaram a lançar suas novas músicas em Lives e a música acabou ficando mais “cool”. Em mais de um ano de Lives, muita coisa aconteceu, muita coisa mudou e a música Dance acabou achando novos caminhos.

Aos poucos algumas pistas foram reabrindo e outras nunca fecharam. O Brazilian Bass Brazooka acabou conquistando os gringos e ganhou o nome Slap House. Um dos novos queridinhos do momento é a dupla Watzgood, que tem uma pegada Slap House com elementos de R&B, o que traz uma certa leveza ao som. Isso virou uma tendência e outros produtores começaram a seguir a proposta deles, trazendo vocais e elementos do R&B para o Slap House.

Essa tendência acabou gerando uma nova leva de regravações de músicas black dos anos 90 e 2000 com essa pegada. Esse som caiu nas graças da mulherada, assim como o hip hop no início dos anos 2000. A grande maioria dessas músicas ainda estão sendo lançadas em versões bootleg (não oficiais).

Os hits que os DJ já estão comentando

“Promiscuous” – JØRD & Watzgood Bootleg. Clássico dos anos 2000 numa versão House turbinada para as pistas, com produção do DJ Jord e da dupla Watzgood. Próximo lançamento do Jord será um remix de “Wonderful” do Ja Rule.

“Last Night” – MOSE UK feat. Holly Ellison. Esse é o remake do P. Diddy feat. Keyshia Cole produzido pela dupla inglesa MOSE UK, do consagrado DJ Lee Morrison. A primeira versão era um bootleg remix com vocal original da Keyshia Cole. Com o enorme sucesso, eles voltaram ao estúdio, gravaram vocal com a cantora Holly Ellison e lançaram oficialmente em todas as plataformas.

“I Don’t Wanna Know” (Bruno Motta Bootie) – Mario Winans. A gravação original tem participação do P. Dissy e um sample de “Boadicea” da Enya ao fundo. Essa versão remix do Bruno Motta é um House que não vai deixar ninguém parado!

“Don’t Cha” – Mosimann. Mais uma produção desse DJ francês para explodir as pistas dos casamentos!

“Thong Song” (Patch Safari) – SISQ’O. Um remix house mais clássico desse Hip Hop que bombou em 1999.

“Low” (Dor Halevi Remix) – Flo Rida feat. T-Pain. Essa música é demais! Mais um remix turbinado para bombar as festas de casamento!

“Sings” (Zuffo House Remix) – Snoop Dogg feat. Justin Timberland. Grande sucesso de 2004, do rapper Snoop Dogg com participações de Justin Timberlake e Charlie Wilson, que ficou conhecido como cantor da banda Gap Band. Esse remix é muito bom!

“Let Me Love You” (Duda Santtos Remix) – Calvo. Em 2004, Mario foi para a posição #1 da Billboard com a canção “Let Me Love You”. Aí o DJ alemão Calvo lançou um remake e o DJ carioca Duda Santtos lançou um novo remix.

“Without Me” (Rogerson Remix) – Eminem. Versão turbinada para as pistas de outro grande sucesso do Hip Hop!

“Party Up” (Kealen Remix) – DMX. Mais um clássico do Hip Hop turbinado para explodir uma pista de dança!

“No Scrubs” (LBMR Revision) – TLC. Essa é uma das músicas dessa época que mais ganhou remixes e remakes. Já teve uma boa versão do South Royson e outra do Calvo com remix do Jolyon Petch. Mas essa versão parece um pouco com os remixes do Purple Disco Machine. 

“Give It To Me” – Matt Sassari. Original do produtor Timbaland com participações especiais de Nelly Furtado e Justin Timberlake, lançada em 2007. Esse remake está na 5ª posição da lista de novas apostas no Beat Port, o portal que é uma referência para os DJs. Vale conferir!

Quase todas essas dicas são versões bootleg, lançadas pelos DJs e produtores sem as devidas autorizações de regravação das gravadoras e editoras, mas você pode encontrar todas essas músicas no YouTube e, se curtir, poderá pedir pro DJ tocar no seu casamento. São novas versões turbinadas de músicas que você conhece e certamente trarão boas lembranças na hora que tocar. A música tem esse poder.

Boa festa!!!



avatar

DJ expert há 30 anos e pai de quatro filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!