Baixe
aqui
seu
E-BOOK
x

Trend Alert! Os hits que vão bombar no verão de 2018

Por  |  0 Comentários


As apostas foram lançadas! No juri 5 Djs (e amigos meus) e o resultado: uma playlist de 26 músicas para casamento que prometem agitar as pistas em 2018

Vem chegando o verão, o calor no coração…

Está chegando mais um verão e inspirado na letra de um grande sucesso de Marina Lima nos anos 80 (que esse ano ganhou uma nova versão para as pistas do projeto JetLag) eu vou seguir a tradição dessa coluna: tentar adivinhar qual será o hit do próximo verão. Ano passado apostei todas minhas fichas no reggaeton e acertei em cheio! (lembra do post No ritmo do reggaeton). Mas não vou enfrentar essa difícil tarefa sozinho, mais uma vez convoquei um supertime de DJs do Rio, São Paulo e Curitiba para tentar desvendar esse mistério.

ROBERTO REGO – CURITIBA

Começando com esse profissional que eu respeito muito e sempre faz alguma observação muito interessante. Dessa vez não foi diferente, ele abordou um tema muito importante: “cada vez mais as festas estão mais jovens e as músicas para os convidados da idade dos pais estão diminuindo, tanto no estilo Cheek to Cheek como no set de Disco Music. Com isso, as pistas tem demorado um pouco mais para pegar fogo. Como hoje quase todos os lugares tem limitação de horário, muitas vezes a festa só explode de verdade na reta final”. Eu concordo plenamente com ele e cheguei a conversar com outros DJs sobre o assunto.

No quesito apostas para o verão de 2018, Roberto destaca que em Curitiba existe uma mistura de estilos, já que alguns casais amam a música eletrônica do Warung e outros são frequentadores do Woods Bar e não abrem mão do sertanejo universitário. Ainda tem aqueles que são fãs de funk. “O sertanejo continua com força no sul e sempre tem muitos lançamentos. O funk está cada dia com mais espaço nas festas e as parcerias com o sertanejo expandiu seus horizontes”, completa Roberto.

Ele segue apostando no “Brazilian Bass” do Alok e sua turma, assim como nas músicas cantadas em português produzidas para as pistas, como Puro êxtase – KVSH (leia-se Kush) feat. Noone. Outras apostas são: What about us da Pink na versão do produtor inglês Charlie Lane e Havana da Camila Cabello (ex-integrante do grupo Fifth Harmony) – dependendo da festa ela toca a gravação original ou a remix e super dançante do Danny Dove. “São músicas que tocam forte no rádio e o DJ tem que usar uma versão que combine com o perfil dos anfitriões da festa” ressalta. Pra fechar, Roberto destacou que ainda vamos ouvir muitos hits latinos do reggaeton nas pistas e que ainda vai aparecer o “Lepo Lepo” da vez.

RODRIGO SETTA – RIO DE JANEIRO

Estreante no time, o DJ Rodrigo Setta, da Rastropop participa pela primeira do nosso “bolão” de hits. Ele também aposta suas fichas em Havana da Camila Cabello, na versão original, mantendo o clima sensual de Cuba. No Pop, a sua escolha é Perfect do Ed Sheeran, na versão remix do Robin Schulz que tem uma levada Deep House. Aliás, esse segmento da House Music virou uma realidade nas pistas. Rodrigo também indica o remake do Coldplay The scientist, com produção assinada pela dupla brasileira Joy Corporation. Já no segmento alternativo, ele destaca  Feel it still da banda Portugal. The Man – essa música foi considerada o grande Crossover Rock do ano pela Billboard.

Agora vamos para as apostas nacionais! Ele destacou quatro músicas: Sede pra te ver do KVSH, Breno Rocha e Breno Miranda, que já toca forte nas festas de casamento; a nova música do Latino Na rebolada; Encaixa do MC Kevinho com participação do Leo Santana e o rapper 1Kilo com Deixe-me ir, tanto na versão do Kiko Franco e Woak Remix como na versão Ghostt & A Liga Remix.

IGOR CUNHA – SÃO PAULO

Direto a São Paulo, vamos buscar as dicas do super DJ Igor Cunha, um dos profissionais mais requisitados para festas no país e no exterior. Na parte Pop, Igor aposta no grande vencedor do X Factor, a banda Rak-Su com a música Dimelo. Eles já estão no Top 10 do Reino Unido e virou “música do Natal” nos Clubs. É a reflexo da vibe latina que dominou o mundo em 2017. Quando a gente poderia imaginar músicas em espanhol fazendo tanto sucesso na Inglaterra?

Já na parte House, ele acredita que 17 do MK vai fazer muito sucesso. A música já está no Top 10 do Reino Unido e vários DJs brasileiros já incluíram em seus sets. Para quem curte Dance Music, uma informação bacana: MK é o DJ americano Marc Kinchen, que produziu remixes de Push the feeling on do Nightcrawlers, em 1995. Para fechar a lista, Igor segue apostando em Cola do CamelPhat feat. Elderbrok, o hit do verão europeu em 2017. “A música ganhou alguns remixes bacana e acho que continua tocando por mais uns 4 ou 5 meses com sucesso”revela.

CHRISTOVAM NEUMANN –  SÃO PAULO

Ainda na terra da garou eu conversei com o DJ Christovam Neumann, que se especializou em Deep House e comanda o programa na Balada Jovem Pan. Christovam aposta nos hits Brazooka produzidos pelo Bruno Martini, como Road com participação de Timbaland e With me com o vocal de Zeeba. Vale lembrar que Bruno Martini junto de Alok e Zeeba foram os responsáveis pelo mega hit Hear me now, uma das músicas mais tocadas em 2017. Outras duas apostas são Na rebolada do Latino e o remake para as pistas de Que país é esse com vocal da Luka. Quem lembra de To nem aí?

MARCOS MAMEDE – RIO DE JANEIRO

Na minha opinião, um dos melhores DJs para festas de casamento. Assim como outros DJs, Mamede destacou Havana da Camila Cabello como um dos grandes hits do verão. Grande amante da Disco Music, ele também destaca os remixes 2017 da maravilhosa Ain’t no mountain high enough de Diana Ross, tanto na versão remix do Erik Kupper quanto na do Stonebridge. Para fechar a lista ele indica o remake do Alok para Big jet plane, que foi lançada em 2010 pela dupla australiana Angus and Julia Stone.

AGORA CHEGOU A VEZ DE FALAR DAS MINHAS APOSTAS

Eu acredito que as produções nacionais com vocal em português vão fazer muito sucesso nas pistas. Uma das músicas que eu mais aposto para virar o hit da hora nas festas de casamento (e substituir “Oração” no coração das noivas) é O amor existe (Meu amor) da dupla SELVA, dos produtores Pe Lu e Brian Cohen, com participação do MAR ABERTO.

Outra que deve bombar nas pistas é o remix do Alok para Pelados em Santos dos Mamonas Assassinas. Sem esquecer do remake de Não quero dinheiro, clássico do Tim Maia com produção dos DJs do Make U Sweat e do JetLag, com vocal do Tiago Abravanel. Ficou atual e bem legal! A música brasileira nunca esteve tão presente nas pistas (isso foi o tema da coluna há alguns meses) e o funk paulista segue cada vez mais forte!

Os MCs paulistas Kevinho e Livinho são os novos ídolos do funk ao lado do carioca de Duque de Caixas MC G15. A música Bum bum tam tam do paulista MC Fioti foi uma das músicas mais tocadas esse ano no país e em outubro ganhou um remix do Jason DeRulo. Agora, a música ganhou uma nova versão com as participações de J Balvin (astro do reggaeton e dono do mega hit Mi gente), Future (rapper americano), Stefflon Don (rapper britânica) e do produtor espanhol Juan Magán. Essa versão tem tudo para ser um dos hits do verão ao lado de Rabiola do Kevinho, Troféu do ano do MC Nando DK & Jerry Smith feat. DJ Cassula e Encaixa mais uma do Kevinho com participação do Léo Santana.

Hoje o público gosta da mistura de gêneros na mesma música e prova disso é que Anitta já lançou músicas de diversos estilos: funk, dance, reggaeton, etc. Nego do Borel também segue pelo mesmo caminho. Tudo virou Pop. Fechando a lista nacional, o rapper e fenômeno 1Kilo, um Rap acústico que explodiu nas pistas com os remixes de Deixe ir. Eu gosto muito de duas versões, LIVA Remix e Everyonne Remix.

Agora chegou a hora de apostar nos hits gringos. Havana da Camila Cabello virou quase uma unanimidade entre os DJs. A música tem vários remixes, mas eu gosto mesmo da gravação original, bem sensual e diferente de tudo que está tocando. A última música cubana com essa pegada pop que explodiu de verdade foi Represent do Orishas, em 2000.

Depois de um tempo sumido, Avicii voltou com tudo e acho que Without you (Merk & Kremont Remix) será um dos hits das pistas no verão. Também gosto muito de outras cinco músicas: Katchi – Ofenbach & Nick Waterhouse, tanto a versão original quanto o remix do Denis First; Road – Bruno Martini & Timbaland, que lembra um pouco Wake me up do Avicii; Don’t want you back – Bakermat feat. Kiesza, Feel it still – Portugal. The Man e para fechar a lista um hit do reggaeton, MAYORES – BECKY G feat. BAD BUNNY.

Nessa reta final do ano eu retomei meus projetos de produtor musical e espero emplacar alguns hits durante o ano de 2018. O primeiro projeto é um remake de Let’s twist again, clássicos dos anos 60 com Chubby Checker, com o artista Moroni que ganhou uma pegada mais pop e bem atual.

Agora é esperar pela nova música da Pabllo Vittar e pelo hit do Carnaval em Salvador?


CRÉDITOS: 1. Rodrigo Sack  |  2. Ivan Dybas  |  3. Marcos Samerson  |  4. Leandro Rodrigues  |  5. Arquivo Pessoal  |  6. Azsmann  |  7. VRebel

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de três filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!