Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Músicas do passado: de volta ao futuro

Por  |  0 Comentários


Voltar ao passado nunca esteve tão na moda como atualmente diante do sucesso estrondoso de Vingadores Ultimato. Mas, independente do filme, nunca se regravou tantas músicas do passado como agora.

Qual é a pista que resiste ao remix sensacional do DJ Jopin para Anunciação, do Alceu Valença? E o que dizer do remix de Ai ai ai da Vanessa da Mata que ganhou uma versão matadora dos duos Felguk e Cat Dealers? Para entender esse sucesso, a gente precisa voltar um pouco no tempo.

Nos anos 70 e 90, regravar sucessos era uma prática comum. Nos anos 80, muito se criou e pouco se regravou. Durante muitos anos, os DJs bombavam as pistas das festas de casamento com hits internacionais. O som nacional sempre funcionava bem, mas ficava restrito ao funk, axé, sertanejo universitário, forró, pop-rock nacional representado por Lulu Santos, Jota Quest e Skank. Mas volta e meia surgia alguma música mais dançante ou um remix bacana que se misturava com os hits internacionais. Foi assim com “Já sei namorar” dos Tribalistas e “Ai ai ai” da Vanessa da Mata, que ganhou um remix do DeepLick. O mesmo DJ e produtor que acertou em cheio no remix de Oração, da Banda Mais Bonita da Cidade.  A dupla JetLag também arrebentou com o remix de Trem bala da Ana Vilela, mas eles já haviam regravado Uma noite e meia, sucesso da Marina Lima nos anos 80, com a cantora Thaeme, da dupla sertaneja Thame e Thiago. Foi aí que tudo começou a se misturar.

Diretamente do Mato Grosso, surge o DJ Lukas Ruiz Hespanhol, que começou a fazer barulho com a sua música eletrônica. De repente você conhece ele por Vintage Culture. Ele começou a produzir remixes próprios para tocar em suas apresentações e volta e meia lançava algo diferente, como o remix de Beth Balanço do Barão Vermelho. Ao mesmo tempo, na terra da música sertaneja, surgia um DJ que hoje é considerado um dos melhores do mundo. Alok Achkar Peres Petrillo, ou simplesmente Alok. Tudo começou com apresentações de psy trance, ao lado de seu irmão gêmeo Bhaskar. Com 19 anos ele decidiu largar a faculdade e foi pra Londres fazer um curso de DJ e produtor musical. Quando retornou ao Brasil, em 2010, passou a tocar house music, mas usando um BPM (batidas por minuto) mais lento com elementos diferentes e surgiu assim o Brazilian Bass. Enquanto isso, Calvin Harris, Avicii e David Guetta mandavam nas pistas de dança do planeta. O sucesso da dupla Vintage Culture e Alok foi enorme e puxou o surgimento de uma nova geração de produtores super talentosos, como Cat Dealers, KVSH (leia-se Kush), Bruno Martini e uma infinidade de nomes.

Essa galera tem seus 20 e poucos anos e o som que marcou a vida deles surgiu nos anos 90 e início dos anos 2000. O conceito do remix também mudou. Enquanto até os anos 2000 o remix era uma ferramenta de marketing importantíssimo para as gravadoras conseguirem fazer a música tocar mais, a partir dos anos 2000 as gravadoras perderam força e cada Dj/produtor passou a lançar suas músicas para divulgar o seu trabalho, o seu som. O Brazilian Bass foi conquistando o público, foi ganhando cada vez mais espaço nos festivais de música eletrônica e cada um começou a produzir os seus hits. E aí chegou um momento que o funk, o sertanejo e até o forró começaram a se misturar com a música eletrônica. Os noivos também começaram a curtir essas músicas e o Brazilian Bass chegou com força total nas festas de casamento. 

Hoje em dia, virou realidade bombar uma pista com músicas nacionais. São músicas que todo mundo adora cantar de olhos fechados e mãos pro alto. Exatamente por isso eu preparei uma playlist só com remixes e remakes de músicas nacionais que certamente irão explodir a pista da sua festa de casamento. Não foi fácil selecionar apenas 20 músicas. Algumas não estão disponíveis nas plataformas digitais, como o Spotify e itunes, mas a maioria você vai encontrar. Em breve eu faço uma playlist especial, só com remakes e remixes internacionais. Vamos lá:

01-  ANUNCIAÇÃO (Jopin Remix) – ALCEU VALENÇA. Curioso que Jopin é uma mistura dos nomes do José Pinteiro, natural de Pernambuco e que atua como DJ na empresa de Wesley Safadão.

02-  AI AI AI (Felguk e Cat Dealers Remix) – VANESSA DA MATA. Segunda geração de remix dessa música que virou um dos maiores sucessos da cantora.

03-  NÃO ME DEIXE SÓ – TALKING DIRTY & KRAFT feat. JULIA ASSUNÇÃO. Outro grande sucesso da Vanessa da Mata. Na época do lançamento, a música ganhou um remix Drum’N Bass que fez muito sucesso. Agora é a vez desse remake explodir nas pistas com essa versão Deep.

04-  SORRI SOU REI – KVSH & Natiruts. A banda de reggae de Brasilia Natiruts se uniu ao DJ mineiro Luciano Ferreira, mais conhecido como KVSH, um dos principais nomes do Brazilian Bass. Um dos grandes hits do momento nas festas de casamento!

05-  MEU ABRIGO (Mauricio Cury Bootleg Remix) – MELIM. O trio de irmãos de Niterói foi uma das revelações de 2018 e essa baladinha virou uma das músicas do ano. Agora foi turbinada pelo Maurício Cury, DJ do Paraná que é a sensação das pista no momento. Provavelmente você não vai encontrar esse remix, já que é um Bootleg, ou seja, uma versão não oficial. Só no meu Poscast, disponível no iTunes, Spotify e também no meu site.

06-  NÃO QUERO DINHEIRO – MAKE U SWEAT & JETLAG MUSIC feat. TIAGO ABRAVANEL. Clássico do Tim Maia que dispensa comentários.

07-  VELHA INFÂNCIA (Bruno Martini Remix) – TRIBALISTAS. Remix produzido por um dos grandes nomes das pistas.

08-  SÓ ZUEIRA – 2BEATS & DANNY. Um dos grandes clássicos do funk com uma pegada eletrônica do Mauricio Cury. Colab do projeto 2Beats com Danny, que tem o Baile mais concorrido das festas de casamento e toca um saxofone espetacular!

09-  ORAÇÃO (DeepLick Remix) – A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE. Clássico de festa de casamento. Já contei a história por trás do sucesso dessa música aqui na coluna.

10-  TEMPOS MODERNOS – MAKE U SWEAT & LULU SANTOS. Clássico do Lulu.

11-  TEMPO PERDIDO – DANNE, ANICIO & VIP CODE. Remake desse clássico da Legião Urbana.

12-  FELICIDADE – ANDRE SARATE, CAPU feat. SERGINHO MOAH. Remake desse sucesso do Seu Jorge.

13-  MALANDRAGEM – DUX, RALK, TAKE ME OUT, RAPHAEL CAPELÃO, BRENO ROCHA. Quem não conhece esse mega hit da Cássia Eller?

14-  O SOL – VITOR KLEY. Mega hit de 2018, essa música ganhou vários remixes mas eu gosto muito de dois: Diskover & Ralk Remix e Dubdogz Remix. É bom se ligar na música nova do artista, Adrenalizando que já ganhou um remix matador do DeepDelic & Renato Edde. Vai estourar e não vai demorar!

15-  BEM MELHOR (KVSH Remix) – LAGUM. Música Pop que fez sucesso em 2018 e gahou uma versão turbinada pelo KVSH. Ele de novo!

16-  EVA – BRO2BRO. O duo de irmãos lançou esse remake do Umberto Tozzi que ganhou uma versão do Radio Taxi e depois da Banda Eva, se tornando um verdadeiro hit na voz de Ivete Sangalo. Eu gosto muito!

17-  BANHO DE CHEIRO (2k19 Remix) – ELBA RAMALHO & MAKE HAPPY. Versão para as pistas desse clássico do frevo que virou o maior sucesso da Elba.

18-  PALCO – TONI GARRIDO, RODRIGO MUNHOZ, DANNY DEE. Grande sucesso do Gilberto Gil.

19-  BUM BUM TAM TAM – MC FIOTI. Um grande sucesso do funk que estourou no exterior com muito marketing e bons remixes. Primeiro o MC Fioti ganhou um Colab de responsa com J Balvin, Stefflon Don, Future & Juan Magán. Depois veio a versão do Jason DeRulo e em seguida lançaram os remixes de grandes nomes das pistas, como David Guetta, Jonas Blue e Jax Jones.

20-  A última vaga eu deixei em branco porque vem novidade boa por aí! Pouca gente sabe mas eu lancei o primeiro CD do MC Sapão pelo meu selo Seven Music. Como ele nos deixou, surgiu a idéia de reunir dois amigos querido numa homenagem especial. Ao lado do Buchecha e do Danny (Baile do Danny) nós vamos lançar uma versão atual e super dançante de Eu sei dançar. O projeto gráfico do CD foi criado pela designer Eugenia Guerrera que hoje é um dos grandes nomes da decoração de festas no Rio de Janeiro. Descanse em paz, querido Sapão!

 


Curtiu essa matéria? Veja outras AQUI!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de quatro filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!