Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Dicas para DJ de casamento! O que você precisa saber para entrar nesse mercado

Por  |  0 Comentários


Eu costumo receber muitas mensagens de DJs iniciantes ou de profissionais interessados em trabalhar no mercado de eventos, principalmente com festas de casamento. Vou transformar essas perguntas em dicas para os DJs, torcendo para que as noivas também curtam conhecer melhor o trabalho do profissional que vai comandar o som da sua festa.

Antes de mais nada, a gente precisa entender o que é um DJ profissional. Você deve ter algum amigo (ou até o próprio noivo) que adora jogar futebol. Ele é chamado de peladeiro – o cara que gosta de jogar pelada com os amigos. Normalmente ele tem um trabalho e encara o futebol como uma diversão. Já o jogador profissional dorme e acorda cedo todos os dias, treina diariamente com sol ou chuva, faz academia, toma vitaminas, se concentra para o jogo, etc. Tudo acompanhado por profissionais. Com o DJ é a mesma coisa.

Tem aqueles que encaram o trabalho com uma diversão e tem os que trabalham duro e se dedicam a fundo para esse trabalho. Estamos vivendo um momento de muitas transformações e hoje em dia é muito comum ver um blogueiro que também é designer virar o promoter de uma festa e também fazer o som. Esse é o chamado genérico. Você conhece algum profissional de cerimonial de ponta com outra profissão ou hobby? Conhece algum profissional de fotografia de ponta que dedica parte do seu dia a outras atividades? O profissional precisa amar o seu trabalho e se dedicar a isso. Só assim ele será feliz! Essa é a primeira dica que eu posso dar.


Muita gente pensa que o trabalho do DJ é só chegar no evento e tocar música. Será?


A festa de casamento é um evento único, sem chance de se repetir. Portanto, não há espaço para qualquer tipo de erro. E, nesse caso, o erro não é apenas tocar uma música que não faz parte da playlist. Existe uma lista enorme de cuidados básicos que o profissional precisa tomar para que tudo saia perfeito no grande dia. Mas existem três passos muito importantes.

Tudo começa no primeiro contato, quando o cliente solicita um orçamento. É muito importante ter uma proposta bem redigida, com tudo muito claro e sem deixar nenhuma dúvida. Essa proposta precisa ter data, local, nome do cliente, valor, forma de pagamento, o que está incluído e até o que não está incluído. O cliente recebeu e gostou da proposta? O próximo passo importante é ter um contrato simples e objetivo, que significa segurança para as duas partes, contratante e contratado.

Contrato assinado, é hora de marcar uma reunião para começar a conversar sobre a música da festa. Aonde se reunir? Como se vestir? Como conduzir uma reunião? Essa é uma tarefa que o DJ iniciante só vai aprender com o tempo. Cada um do seu jeito. O mais importante no primeiro contato é entender a proposta da festa, entender o que os noivos desejam e, principalmente, o que os noivos não querem de jeito nenhum. Esses três passos formam o pacote básico do atendimento.

Ao longo dos anos eu trabalhei com alguns assistentes e criei algumas regras que passam por uma proposta única que é sempre enviada junto de um filme que faz um breve resumo da minha carreira. Eu tive a sorte de trabalhar para diversos advogados e meu contrato acabou sendo revisado por alguns dos melhores profissionais do país. Minha equipe de montagem trabalha uniformizada, padronizada.

Para fazer parte da minha equipe, o DJ precisa estar 100% comprometido com o trabalho e não pode, em hipótese alguma, fazer algumas coisas como por exemplo, beber ou azarar alguma convidada. Não existe possibilidade de se atrasar para qualquer reunião ou não trabalhar no “meu aniversário”, “aniversário da minha namorada/noiva/esposa”, Natal, Réveillon, etc.

Uma boa dica é: chegue sempre meia hora mais cedo. Outro ponto muito importante: o DJ que escolheu trabalhar com festas de casamento precisa conhecer e estar aberto a tocar todos os tipos e estilos de música. Hoje em dia os DJs estão cada vez mais segmentados em seus estilos: deep, house, música eletrônica, hip hop, funk, etc. Para trabalhar no mercado de casamentos o DJ precisa ter conhecimento de tudo! Anos 60, 70, 80, 90, 2000, deep, hip hop, samba, rock… tudo!

De uma maneira geral, as pessoas estão se vestindo com um estilo cada vez mais informal. Há alguns anos ninguém estaria elegante de tênis e camiseta. Hoje em dia tudo mudou. Mas eu continuo acreditando no clássico e festa de casamento combina com terno e gravata.

Normalmente eu tento deixar tudo alinhado e definido até duas semanas antes do casamento. A ansiedade costuma surgir na reta final e quanto menos preocupação e tomada de decisão, melhor. Procure fazer contato regular e marque quantas reuniões forem necessárias para que a sua cliente fique segura. Uma regra é certeira. Noiva tranquila aproveita muito a festa e noiva tensa não relaxa para curtir a festa. Faça todo o possível para tranquilizar a sua cliente!

Eu sempre monto uma planilha com tudo que os noivos pediram, sugiro a criação de um grupo de WhatsApp com as madrinhas mais animadas (porque nada é tão importante para bombar uma pista como as madrinhas) e depois organizo as músicas por estilos. Dou um grande destaque para as músicas dos momentos importantes e que merecem destaque, como entrada dos noivos, corte do bolo e brindes, dança do casal, buquê, etc.

As músicas muito importantes para o casal também merecem destaque. Dessa maneira, fica mais fácil a visualização. Aí o casal decide se corta ou e inclui algo, sempre desperta alguma lembrança. Uma vez aprovada, a tarefa seguinte é criar uma pasta com todas as músicas da lista. Também costumo criar sub pastas com as músicas da cerimônia religiosa, momentos importantes, pedidos especiais, etc. Tudo para evitar surpresas ou qualquer esquecimento no grande dia. Nunca é demais repetir, não há espaço para erros.

Chegou o grande dia! O som está montado e já foi testado. O equipamento foi conferido e está separado. Headphones, microfone, pen drives, HDs, computador, carregador, etc. Chegou a hora de fazer o que você mais gosta e se divertir muito trabalhando! Viu, você também pode se divertir, mas para isso é preciso trabalhar muito!

Quer sugerir o tema da próxima coluna? Escreva aqui nos comentários e conta para a gente o que você quer ler

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de três filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!