Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Casando na crise

Por  |  0 Comentários


Momentos de crise podem ser vistos sob duas óticas: a negativa, que te paralisa e adia seus melhores sonhos, ou como uma oportunidade de priorizar o que realmente importa em sua festa de casamento.

Vivemos hoje um dos momentos político e econômico mais delicados da história recente do Brasil. A cada dia que passa estamos mais cercados de incertezas quanto aos rumos do país. Nesse cenário, planejar um casamento com seis meses, um ano ou até mesmo um ano e meio de antecedência se transformou em uma tarefa muito difícil. Bate aquele desespero e a primeira coisa que vem à cabeça dos noivos é: “Vou ter que cancelar a minha festa!”. Depois de muita conversa, vem a decisão de manter a comemoração e cortar custos. O primeiro passo é reduzir a lista de convidados. Logo em seguida, costuma-se fazer uma pesquisa aprofundada para buscar opções mais baratas de todos os serviços. Mas será que esse é mesmo o melhor caminho? Muita calma nessa hora! Nesse momento, a palavra mais importante é prioridade.

Sempre vale lembrar que é na crise que surgem as melhores oportunidades. No Japão, por exemplo, o ideograma de crise tem o mesmo significado de oportunidade. Portanto, cabe a você interpretar e enxergar se o que está acontecendo é uma crise ou uma chance de priorizar o que realmente importa na sua festa de casamento. O ideal é que os noivos façam um exercício de reflexão e analisem juntos quais serviços mais combinam com os seus sonhos e necessidades. Isso pode – e provavelmente irá – mudar completamente o orçamento final de sua recepção.

Recentemente eu fiz uma festa no Paraná, decorada por um mestre na arte de fazer festas espetaculares e inesquecíveis. Ele optou por utilizar flores de plástico e o resultado foi uma festa chique e luxuosa, um espetáculo de tão linda! Em outra comemoração algum tempo depois, desta vez em Santa Catarina, os convidados chegaram da cerimônia e foram recepcionados com um jantar maravilhoso, mas – ao contrário do que costuma acontecer – não houve coquetel. Nos dois casos a economia foi significativa e as festas não deixaram de ser um verdadeiro sucesso.

Se está começando a planejar sua festa de casamento, liste suas prioridades e invista no que é realmente importante para vocês. Depois, trabalhe o seu orçamento para comportar o tamanho do seu sonho. Para um DJ com tantos anos de experiência no mercado de eventos, nada mais importante do que uma pista de dança bombando – com noivos e convidados se acabando de tanto dançar, para receber de volta o carinho e a boa energia de uma festa inesquecível. As fotos, é claro, eternizam esses momentos. Bebida gelada, boa comida, ar condicionado e uma boa decoração também fazem parte dessa equação. E lógico, uma festa linda é sempre um colírio para os olhos. No final, as prioridades conjuntas do casal é que realmente importam!

Se você quiser falar diretamente comigo para trocar alguma ideia, meus contatos estão no meu site.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de três filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!