10 perguntas para fazer ao dj de casamento

Por  |  0 Comentários


Na hora de contratar o fotógrafo vocês podem olhar os álbuns, sites, blogs. Na hora de contratar bufê, bolo e doces, vocês podem fazer degustação, provar a comida. Na hora de contratar a decoração vocês podem ver fotos, escolher as cores, simular opções na tela do computador, levar imagens pré-selecionadas. Na hora de contratar a maquiagem vocês podem fazer um teste. Mas e na hora de contratar o DJ? Ele é um profissional muito importante para o sucesso da festa e precisa corresponder a expectativa de vocês. Certa vez, ouvi uma frase perfeita sobre o trabalho do DJ: “Ele é a ponta do castelo de cartas. Se ele arrebenta no dia, tudo sai perfeito. Caso contrário, tudo desmorona”.

Mesmo que vocês conheçam o trabalho do DJ, ou mesmo que ele tenha sido muito bem recomendado por alguém que já conheça o seu trabalho, cada festa tem uma história e a reunião com o profissional é sempre importante para que vocês estejam muito seguros. Aqui vão algumas perguntas que podem ajudar na hora de tomar a decisão:

1) É VOCÊ QUE VAI OU SUA EQUIPE?

Existem profissionais que só fazem um evento por dia, como maquiador, fotógrafo e DJ. Também existe a opção de contratar uma empresa com vários DJs. Caso vocês decidam pela primeira opção, essa pergunta é fundamental.

2) VOCÊ JÁ TRABALHOU NO LOCAL ESCOLHIDO PARA O NOSSO CASAMENTO?

É importante o DJ conhecer bem o espaço, o local da pista de dança, aonde precisa ser sonorizado, a burocracia exigida, horários para entrada e saída do equipamento, etc. Caso ele não conheça o local, é importante agendar uma visita técnica para ver todos os detalhes.

3) LUZ DE PISTA, UMA DAS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES.

Quase todas as noivas perguntam sobre luz de pista. Eu prefiro deixar o projeto de luz com o profissional da decoração. Assim ele contrata apenas uma empresa para ficar responsável pela luz decorativa e também pela luz da pista de dança. Atualmente as pistas de dança tem uma grande importância na festa, com projetos espetaculares, buscando um grande clima de balada!

4) QUAL EQUIPAMENTO VOCÊ USA?

Na minha opinião, a qualidade do equipamento está diretamente ligada ao sucesso do trabalho do DJ. Quando o equipamento tem boa qualidade e potência, o som fica limpo e não precisa de tanto volume quanto um som de qualidade discutível. Algumas casas de festa obrigam o DJ a trabalhar com sua própria estrutura de som. Eu não aceito. Seria o mesmo que obrigar um fotógrafo a usar outras câmeras e lentes, ou obrigar um cerimonial a trabalhar com recepcionistas de outra equipe. Além de um equipamento próprio de ponta, eu ainda investi num grande diferencial que é a tela de touch screen, espetacular, que faz toda diferença na festa!

5) ALGUM SISTEMA DE SEGURANÇA?

Ter um equipamento de ponta custa muito caro e muitos DJs preferem alugar o equipamento de som. Eu acho um risco enorme, principalmente quando ocorre algum problema durante a festa. Basicamente, o som para e até que consigam resolver o problema a festa já terminou. Eu trabalho com um sistema de som que permite resolver os possíveis problemas num curto espaço de tempo, sem que ninguém perceba.

6) NÓS PODEMOS VER VOCÊ TOCANDO EM ALGUMA FESTA?

Muitas noivas perguntam, mas a resposta, infelizmente mas de maneira educada, é não. Fazer uma lista de convidados é sempre muito difícil, muitas vezes deixamos de convidar pessoas queridas e cada convidado presente na festa tem um custo. Levar clientes no evento sem convite é indelicado e ainda tem a questão do custo para os noivos.

7) NÓS PODEMOS SUGERIR MÚSICAS?

Não só podem como devem! Eu entendo que o trabalho de um DJ especializado em festas de casamento seja fazer a melhor festa do mundo, uma noite inesquecível e deixar os noivos muito felizes é o princípio básico do nosso trabalho.

8) OS CONVIDADOS TAMBÉM PODEM PEDIR MÚSICAS?

Os DJs que trabalham em boates não gostam de receber pedidos durante suas apresentações, mas os DJs especializados em festas de casamento estão acostumados a receber diversos pedidos durante as festas. Cabe ao profissional avaliar o pedido, entender se está de acordo com o que foi combinado com os noivos e decidir o melhor momento para tocar a música.

9) COM QUANTO TEMPO DE ANTECEDÊNCIA NÓS PRECISAMOS CONFIRMAR A SUA CONTRATAÇÃO?

Uma das muitas dicas do cerimonialista Roberto Cohen em suas palestras é priorizar a contratação dos profissionais “do dia”, aqueles que só fazem um evento por data. Façam a reunião e se estiverem seguros, peçam logo o contrato para confirmar a data. O contrato é um instrumento importante para ambas as partes, profissional contratado e cliente. Mas, caso decidam pela contratação de outro profissional é sempre elegante mandar uma mensagem agradecendo o encontro e abrindo mão da data.

10) COMO FUNCIONA A SUA PROPOSTA?

Certifiquem-se do que está incluído na proposta. Alguns profissionais cobram por hora extra. A proposta para eventos fora do seu estado ou da sua cidade costumam incluir passagens aéreas, traslados, hotéis, alimentação básica, equipamento básico, etc.

É sempre importante formalizar um contrato com as informações básicas, tais como: data, horário, local da festa, valor, forma de pagamento, extras, etc.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de quatro filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!